Resenha: O Príncipe dos Canalhas



Oi, Leitores!

Vocês já notaram aqui todo o meu amor pela Sarah MacLean e um dia algumas amigas me indicaram a leitura de mais duas autoras, que elas acreditam que iria gostar e uma delas foi a Loretta Chase e já afirmo aqui para vocês, elas estão certíssimas,

Em O Príncipe dos Canalhas, vamos conhecer o lorde Belzebu, o marquês de Dain, Sebastian Ballister.

Há muitos anos atrás, depois de ser abandonado pela mãe (que fugiu com o amante e o deixou para trás), ser rejeitado pelo pai que o colocou em um colégio interno e chegando lá foi completamente humilhado pelos seus colegas de escola e ignorado pelas meninas, precisou aprender a se defender de todas as violências da vida, tornou-se um adolescente frio, calculista e reservado.

Maio Especial Romances de Época: TAG


Oi, gente!!!

Estamos quase no final do nosso mês especial e hoje vamos de Tag, e essa nós vimos no blog Minha Vida Literária e é a cara do nosso especial.

A Mara e a Luana responderam juntas, esperamos que vocês gostem!!!

Vamos lá?


Maio Especial Romance de Época: Autoras Nacionais



Oi, Leitores!!!

E não é apenas os autores internacionais que fazem sucesso com seus romances de época, atualmente muitas autoras nacionais estão publicando nesse gênero literário e é indispensável que neste especial a gente fale sobre elas.

Talvez, como a gente, você não tenha conhecimento de todas elas, então estamos aqui para apresentar alguns autores e seus títulos!

Maio Especial Romances de Época: Top 5 - Os Nossos Queridinhos



Oi, Leitores!!!

Mais um post do nosso Maio Especial dos Romances de Época.

Quem é que não tem um livro queridinho? Uma série apaixonante? Com os livros de época não seria nada de diferente, né?

Decidimos fazer um TOP 5 dos nossos favoritos, que no fim das contas serão 10, pois as nossas leitoras Mara e Luana decidiram contar a vocês o que cada uma delas gosta mais!!

Resenha: Conto - À Primeira vista


"Pipous" do meu Brasil...


Os parceiros da autora Jas Silva foram contemplados pela Editora Astral, com um conto impresso, curtinho, mas muito especial. *_*

Em um papo rápido pude até fazer uma invejinha na autora, pois a mesma ainda não tinha recebido o conto.

Veja que ironia kkkkk

A blogueira Mara Santos que já tinha lido o livro – e resenhado aqui – não leu ainda o mesmo. Portanto (chora sociedade rs) estou aqui pra dizer um pouquinho minha gente, afinal o conto tem apenas 18 páginas.


Vamos lá.


Maio Especial dos Romances de Época: Entre o Passado e o Presente



Oi, Leitores!!!

Dando continuidade ao nosso Maio Especial dos Romances de Época?

Hoje quero papear com vocês sobre um fator que me chamou a atenção quando realizei a leitura de alguns livros ou em bate papo com as amigas leitoras.

Vocês acreditam que podemos discutir/debater/refletir sobre temas atuais que são trazidos a tona nos romances de época?

Pois a resposta é sim, continue a leitura dessa matéria e entenda melhor do que estou falando. Caso não tenha lido algum dos livros listados, você poderá obter algum spoiler, tá avisado e você decide se irá ler sobre ele ou não.

Resenha: Todo mundo vê formigas



Oi, Leitores!!!

Lucky é um adolescente de 15 anos que, por causa de um trabalho da escola, fez uma pergunta considerada indevida e isso complicou mais e mais a sua vida, afinal já fazem 7 anos que Nader MCMillan faz bullying com ele e parece não ter enjoado até o momento, além disto ele tem problemas de relacionamento com seus pais, morre de saudades da avó e ainda tem que lidar com o sentimento de perda do avô Harry que foi para a Guerra do Vietnã e nunca voltou, ele simplesmente desapareceu.

E é no meio de toda essa confusão, ele precisa lidar com seus sentimentos e talvez só não se sinta absolutamente sozinho por ter as formigas.

Resenha: O garoto que eu abandonei



Oi, Leitores!


Quando li o primeiro livro da trilogia Encantados, O garoto dos olhos azuis, e conheci o Ian e a Barbara, achava que os irmãos dela mereciam que a gente conhecesse suas histórias, não fui a única, e para atender ao pedido das suas leitoras a Raiza Varella decidiu escrever sobre eles.

Quando li O garoto que tinha asas achei que seria impossível ter alguém mais lindo, sexy e incrível quanto o Monstro, a história dele e da Anna me emocionou de uma forma maravilhosa e ele já havia ganhado o posto de “o melhor” no meu coração, mas aí O garoto que eu abandonei, o Gustavo, decidiu que esse posto seria só dele e vocês precisam ler essa história, pois tenho certeza de que irão concordar comigo.

Porém, se você não leu os livros anteriores, pode acontecer dessa resenha te fornecer pequenos spoilers.