Resenha: Asiáticos Podres de Ricos #1

Oi, Leitores!!!

Asiáticos Podres de Ricos foi a minha escolha do Desafio Literário das Baianas do mês de fevereiro, apesar de ter iniciado a leitura dentro do mês, só consegui concluir ela nos primeiros dias do carnaval e hoje estou trazendo a resenha para vocês.

Esse livro está encalhado há um bom tempo na minha estante e finalmente realizei a leitura. Assim que conclui, tive a certeza de que quero continuar os livros da série.
Rachel e Nick já namoram há um tempo, então quando ele a convida para ir a Cingapura nas férias para o casamento do seu melhor amigo e assim conhecer também a sua família, ele meio que percebe que o relacionamento deles está indo para um novo patamar. Ela tinha certeza que se daria bem com a família de Nick, afinal ele é adorável, com certeza a sua família seria como ele.

Mas Rachel é completamente surpreendida ao chegar lá, Nick nunca mencionou coisas sobre a sua família com muitos detalhes e a ausência dessas informações a chocou. A família dele é podre de rica, mas é rica mesmo, moram em casas exuberantes, andam em jatinhos particulares, resumindo, eles ostentam.

Isso fez com que uma avalanche de coisas a atingisse, ela foi alvo de insultos, muito achavam que ela era uma zé ninguém interessada apenas no dinheiro do Nick, mas ela se mantém calada, não compartilhando com o namorado dessas situações e sem o confrontar sobre o fato de ter omitido a realidade da sua família.

Uma das pessoas mais incomodadas com a presença de Rachel, é a mãe de Nick, que muito preocupada com a linhagem da família de Rachel e não sossegará enquanto não descobrir sua história e o que ela realmente quer com seu filho. Ninguém nota, que Rachel estava completamente no escuro sobre as origens e riquezas do namorado, ela será julgada e acreditem passará por maus bocados durante a viagem.

Mas nem tudo é só coisas ruins, Rachel e Nick nos apresentarão o país, a cultura e história do Extremo Oriente de uma forma incrível, vamos conhecer a personalidade incrível da Rachel, a doçura do Nick e vamos nos encantar com alguns dos seus familiares. Eu por exemplo, amo a Astrid e estou louca para conhecer mais da sua história.

É neste ponto, que trago uma sacada, para mim super inteligente, do autor, o livro será narrado por diversos personagens, como Rachel, Nick, Eleanor (mãe do Nick), Astrid, Peik Lin (amiga de Rachel). Isso acaba nos trazendo uma gama de informações e conseguimos desenhar a história de uma forma incrível, amarrando pontos, chegando a algumas conclusões e mesmo assim, sendo surpreendidos.

O autor tem uma escrita deliciosa, o livro é rico em informações (se prepare para as muitas notas de rodapé), com cenas cheias de humor sobre o conflito existente entre os novos ricos e as famílias tradicionais. Um romance delicioso que nos emociona e faz refletir na medida certa, com um ritmo perfeito e que em determinado momento fará com que a gente não queira largar a história.

O livro ganhou uma adaptação para o cinema que eu ainda não consegui assistir, mas prometo que assim que o fizer, venho aqui contar para vocês o que eu achei.
Best-seller internacional que inspirou uma das mais aguardadas adaptações cinematográficas do ano. Quando Rachel Chu chega a Cingapura com o namorado para o casamento de seu melhor amigo, imaginava passar dias tranquilos com uma simpática família. Só que Nick não mencionou alguns detalhes, como o fato de sua família ter muito, muito dinheiro, que ela viajaria mais em jatinhos particulares do que de carro e que caminhar de mãos dadas com um dos solteiros mais ricos da Ásia era como ter um alvo nas costas. Logo, Rachel percebe que não será poupada das fofocas e intrigas. Isso sem falar na mãe de Nick, uma mulher com opiniões bem fortes sobre com quem o filho deve – ou não – se casar. Um passeio pelos cenários mais exclusivos do Extremo Oriente – das luxuosas coberturas de Xangai às ilhas particulares do mar da China Meridional –, Asiáticos Podres de Ricos é uma visão do jet set oriental por dentro. Com seu olhar satírico, Kevin Kwan traça um retrato engraçadíssimo do conflito entre os novos-ricos e as famílias tradicionais em seu romance de estreia, que já fez milhares de leitores chorarem de tanto rir no mundo todo.

Lido em: Março de 2019
Título: Asiáticos Podres de Ricos - Podres de Ricos #1
Autora: Kevin Kwan
Editora: Record
Gênero: Romance/Chick Lit
Ano: 2018
Páginas: 490
Adicione no Skoob | Compre: Amazon


Conheça o segundo livro da série

Sequência do best-seller internacional que conquistou milhões de leitores no mundo todo.
Depois de descobrir que seu lindo namorado, um simples professor de história da Universidade de Nova York, é, na verdade, o herdeiro de uma das famílias mais ricas de Cingapura e de sobreviver a todas as tentativas orquestradas pela mãe dele, a poderosa Eleanor Young, para tentar separá-los, Rachel Chu acha que, agora, está preparada para qualquer coisa. Ah, ela não poderia estar mais enganada... Às vésperas de seu casamento com Nick, ela recebe a visita de um homem que sempre sonhou conhecer: seu próprio pai. Isso acaba arrastando o casal para um mundo capaz de deixar até o herdeiro de uma das maiores fortunas da Ásia de queixo caído.
Em Xangai, eles conhecem a realidade dos novos-ricos, que, ao contrário dos chineses do continente, cuja fortuna vem sendo acumulada e multiplicada ao longo de várias gerações, não têm o menor pudor em ostentar. De uma hora para a outra, viajar de jatinhos particulares pela Ásia não era nada perto do Boeing 747-8i privativo no qual, em vez de quatrocentos assentos, há uma sala de cirurgia equipada com uma UTI e um lago de carpas! Em Namorada Podre de Rica, a aguardada continuação do best-seller que conquistou milhões de fãs no mundo inteiro e que foi adaptado para o cinema, Kevin Kwan narra, com seu humor satírico e perspicaz, uma história onde (quase) nada é inventado e nos faz mergulhar no mundo glamoroso e inacreditável das pessoas mais ricas da China. Skoob| Amazon
Continue lendo

Resenha: Um beijo sob as estrelas

Oi, Leitores!

Essa é a primeira vez que leio algo da Silvia Spadoni e que grata surpresa. Ela acabou de lançar Um beijo sob as estrelas e se você é amante dos romances de época, não pode pensar duas vezes, você precisa ler esse livro. Acredito que você se surpreenderá e vai se apaixonar por esse livro.
Drake Morgan se vê perdendo tudo da noite para o dia, o navio da companhia da sua família queima, seu pai falece, seu futuro noivado não irá acontecer e ainda ficou afundado em dívidas e por saber que o acidente na verdade foi uma sabotagem, ele foge com o objetivo de se reerguer e provar tudo o que aconteceu. Drake só tem um objetivo, a vingança. Ele precisa encontrar o responsável pela sua derrocada.

Annie é um governanta que está em fuga, por ter sido acusada de um assassinato, mas ela não fez nada. Durante a fuga, mas com um desejo imenso de provar sua inocência, seus caminhos irão cruzar com o Drake.

Mesmo os dois vivendo uma situação tão adversa, Drake está disposto a ajudar Annie, mesmo tendo os seus próprios problemas e vingança para ser colocada em prática, ele não entende porque, mas algo o faz querer ajudá-la e ele não é capaz de negar a esse instinto.

Dentro das circunstâncias, algo que os dois precisam aprender é a confiar um no outro, mas essa não é uma tarefa fácil, eles tem muitos motivos para desconfiarem de tudo e todos, mas com o tempo, eles se provam confiáveis e se unem de forma admirável.

A construção da relação deles é incrível, Drake é aquele tipo que te faz suspirar, ao mesmo tempo que é durão, consegue ser doce e gentil. Ele não mediu esforços para ajudar Annie, mas claro que ele impôs algumas regras. Annie é doce, amorosa, de uma bondade genuína, mas de sangue quente, não baixa a cabeça facilmente. Essa combinação de personalidades nos renderá cenas maravilhosas, que mexem com a emoção e nos faz suspirar.
No alto do castelo da popa, com os braços cruzados e as pernas afastadas para manter o equilíbrio, Drake se assemelhava a uma rocha: firme e estável em meio à tempestade comandava o navio como um rei. Um rei pirata!
A escrita da Silvia é envolvente, a forma como ela conduz a história é perfeita, os acontecimento tem um ritmo que só nos faz deixar mais e mais curiosas. Descobrir quem sabotou o Drake e o verdadeiro assassino nos surpreenderá e essa é uma das coisas que nos mantém alerta durante toda a leitura, mas é claro que o sentimento que surge entre Drake e Annie é o que nos envolve durante a leitura. É cada cena, gente!
- Pelos deuses do mar, o que essa garota de cabelos cor de ouro e olhos iluminados está fazendo comigo?
Os personagens tem personalidades fortes, mas ao mesmo tempo eles carregam seus medos e inseguranças, eles também encontram o apoio em outros personagens que também conquistaram meu coração. Em determinado momento, percebemos o quanto eles podem ser meio que cabeça dura e Drake nos concederá algumas cenas finais que a gente vai comemorar mais do que quando o Brasil ganha a Copa do Mundo.
Um romance de época que traz elementos diferentes, que vão nos mostrar um novo mundo, nova maneiras de se viver... Sem contar que ter um homem incrível, que pode ser considerado como um pirata, deixa qualquer pessoa animada né? A leitura me deixou com muita vontade de conhecer mais e mais histórias da autora. Leiam! Tenho certeza que vocês vão se apaixonar.

Drake Morgan está prestes a conquistar o lugar que sempre sonhou na sociedade. Tudo parece perfeito até que um desastre destrói seus sonhos. Abandonado por todos e perseguido por dívidas, ele foge, mas promete voltar para recuperar o que é seu e ter a sua vingança.
Annie é uma jovem em fuga. Envolvida em um homicídio, ela precisa escapar, mesmo sendo inocente. Quis o destino colocá-la no caminho de Drake, um homem que possui o desejo de vingança em suas veias, mas que se torna a sua melhor opção para sobreviver.
Depois de anos, Drake está prestes a se vingar por tudo que passou, porém, o destino tem outros planos para ele.
Colocados frente a frente pelas circunstâncias, Drake e Annie precisarão confiar um no outro para conseguirem o que querem. Mas como confiar em alguém sem saber quem realmente a pessoa é?

Lido em: Março de 2019
Título: Um beijo sob as estrelas #1 - Amores Aventureiros
Autora: Silvia Spadoni
Gênero: Romance
Ano: 2019
Páginas: 304
Livro lançado de forma independente pela Amazon
Adicione no Skoob | Compre: Amazon
*ARC cedido pela Autora em parceria*
Continue lendo

Resenha: Rumo ao Sul

Oi, Leitores!

Hoje é dia de papear sobre Rumo ao Sul, livro lançado recentemente pela Faro Editorial e que promete muitas emoções.

A sua proposta é trazer a tona questões polêmicas como o posicionamento de algumas religiões, o preconceito com homossexuais, mas aqui também fala sobre ressignificação, perdão e fé.
Asher sempre acreditou que fez as melhores escolhas, baseando-se sempre nos ensinamentos de Deus e que também sempre orientou os frequentadores da sua Igreja dentro de todos os preceitos, ele era o pastor da Congregação, respeitado por todos, principalmente por ele ser alguém que sempre apoiou a comunidade, sem medir esforços e sacrifícios.

Porém, ele vem passando por um processo de reflexão, onde se questiona se tudo o que ele acredita é realmente o correto e quando mais uma enchente atinge a sua cidade, todos esses questionamento virão mais do que a tona. 

Tudo isso, após ele ter negado ajuda a um casal gay, que perdeu sua casa e precisava de um teto. Este casal encontrou Justin, filho de Asher, na floresta, após ter saído em busca de seu cachorro que estava perdido. Além disso, eles ajudaram ao pastor a salvar a vida de duas pessoas que estavam sendo levadas pelo rio.

A recusa de Asher foi influenciada pela sua esposa, mas nem por isso ele não tem responsabilidade nessa escolha. Ele sabe que tem e é aqui que as coisas começam a mudar em sua vida, pois negar ajuda a este casal, lhe trará a tona coisas do seu passado, ele recordará da ajuda que negou ao seu irmão Luke, que também era o seu melhor amigo, influenciado pela mãe.

Todos os questionamentos ganharão uma força descomunal dentro de Asher, de forma que ele não consegue mais negar ou deixar para lá e tais questionamentos envolvem desde o seu afastamento do irmão, ao seu casamento, comunidade e sua função de pastor.
Aquilo era uma espécie de oração, ele pensou. Havia muitos tipos de oração e muitos tipos de crença, e talvez um dia ele conseguisse entender todas elas, mas por enquanto não.
Em meio a tudo isso, Asher tomará muitas decisões, confesso que eu me emocionei e muito nesse momento e é por isso que não vou detalhar muito o que vai acontecer, mas de fato, Asher foi do céu ao inferno e demonstrará suas fragilidades, medos e inseguranças.

Um das decisões é que ele quer encontrar o seu irmão, retomar a relação deles, quer tirar de si todo esse medo e realmente mudar, mudar para aquilo que ele percebe que é o certo. Mas ele não irá sozinho, levará Justin junto com ele e vou dizer a vocês. Durante essa viagem, rumo ao sul, Asher sofrerá muitas mudanças, mas quem conquistou meu coração é Justin.

É impressionante como com apenas 8 anos, Justin consegue ter uma visão tão evoluída da vida, a sua fé, a forma como ele percebe a presença de Deus é surpreendente e com certeza são os momentos que me envolveram mais. E muito da mudança de Asher é responsabilidade dele, mas também dos novos amigos que eles farão durante esse período.

A leitura do livro me gerou um misto de emoções, das piores as melhores e eu amo quando um livro além de me causar tudo isto, me faz refletir sobre a vida. Um outro ponto positivo para mim é que durante a leitura pude acompanhar a mudança dos personagens e o fato de o autor ter trazido para a história um quê de realidade, no sentido de "eles se perdoaram e foram felizes para sempre" ou "tudo de ruim que foi feito foi esquecido e apagado", me fez sentir próxima da história, afinal sabemos que esquecer e perdoar não é algo fácil.

O livro é dividido em quatro partes, elas dividem as fases vividas pelo Asher, tanto que quando terminei a leitura da primeira parte, acreditava que derramaria algumas lágrimas, isso não aconteceu, mas não deixei de me emocionar. A escrita do autor é fluida e chegava a ser poética em momentos que o Justin conduz a narrativa. Uma leitura que vale a pena, que nos faz refletir sobre a vida e que retrata de uma forma interessante alguns tipos de manifestação de homofobia.

E se você descobrisse que viveu muito tempo sob perspectivas equivocadas?
E que foi cruel com uma das pessoas que mais amava no mundo?
Essa é a jornada...
Ao sul dos Estados Unidos, numa pequena cidade do Tennessee, o pastor Asher Sharp tem de encarar o seu próprio passado após uma das mais violentas enchentes que aquelas terras já enfrentaram.
Então um casal gay pede abrigo ao pastor após ajuda-lo no socorro a outras pessoas, mas perderam tudo na inundação. Asher se vê diante de um dilema, quer abrigar os dois homens mas encara a recusa de sua esposa. Um fato que vai trazer à tona histórias enterradas de sua própria vida, da rejeição ao seu irmão, que era também seu melhor amigo.
Algo que o faz questionar todos os valores daquela comunidade e tomar atitudes de ruptura, que desencadeiam uma série de outros eventos.
Decidido a encontrar o irmão de quem ele se afastou e nem sabe o paradeiro, desejando salvar o filho de um ambiente asfixiante, ele parte numa viagem rumo ao sul. Um percurso em que toda a sua história é passada à limpo, em meio a belas paisagens, novas amizades e descobrindo um mundo imenso, muito diferente do seu, algo que pôde ensiná-lo sobre as coisas mais profundas da vida.
Lido em: Março de 2019
Título: Rumo ao Sul
Autora: Silas House
Editora: Faro Editorial
Gênero: Romance
Ano: 2019
Páginas: 272
Adicione no Skoob | Compre: Amazon 
*Livro cedido pela Editora em parceria*
Continue lendo

Novidades Literárias #33 - Editora Valentina

Oi, Leitores!!!

A Editora Valentina esse mês está nos trazendo um lançamento de autor nacional e que promete nos tirar da zona de conforto e estou louca para conhecer a história. Tenho certeza de que você também vai amar.

Vamos então conferir a novidade deste mês!

A Contrapartida - Uranio Bonoldi
Adicione no Skoob| Compre na Amazon

“O que poucas pessoas têm em mente é que Cultura, no sentido mais amplo da palavra, não se restringe apenas ao entretenimento. O objetivo maior e primeiro da Cultura é nos transformar em pessoas melhores, agregando novos conhecimentos e percepções sobre nós mesmos, os outros e o entorno em que vivemos – é isso que A Contrapartida faz. A sua leitura nos proporciona uma série de profundas e valiosas reflexões sem, contudo, deixar o entretenimento e o suspense de lado.
Com relação ao suspense, gostaria de fazer uma breve analogia com o mundo do cinema para ser mais claro em minha exposição. Um bom thriller é aquele que nos causa ansiedade para ver a próxima cena e nele os acontecimentos não são óbvios e declarados. Enfim, é o que aconteceu comigo quando li A Contrapartida – eu queria saber o que estava para acontecer na próxima página, de modo a poder ligar os fatos apresentados no livro e ter as respostas às perguntas que a leitura
indiretamente me fazia.
Inevitavelmente, a leitura do livro me remeteu à Hollywood. Quando nos referimos a thrillers, logo vem à mente o nome de Alfred Hitchcock, cuja genialidade se encontrava em entender profundamente a psiquê do ser humano e em criar um estado emocional tão intenso no público, que seus filmes se transformavam imediatamente em sucesso. Essa mesma genialidade foi reproduzida aqui neste livro. O autor conseguiu criar caminhos mentais de condução de nós, leitores, em
um mundo imaginativo de suspense e mistério dignos de um grande blockbuster.”
Lion Andreassa – produtor e diretor de cinema da Lumix Art Films

 E aí, gostaram? Eu amei!
Se você foi do Rio de Janeiro ou São Paulo, ainda poderão ir ao evento de lançamento.
Continue lendo

Resenha: Em Silêncio

Oi, Leitores!!!

Estou aqui olhando para a tela do computador, tentando ajustar os sentimentos em palavras para falar de Em Silêncio para vocês.

Nada, absolutamente nada, me preparou para uma história com tantas emoções e sentimentos. Durante boa parte da leitura sentia que estava com a respiração suspensa. A dor do Killian foi a minha dor e junto com ele também me apaixonei pela Rylle. Uma história de amor comovente, que coloca os personagens diante de escolhas difíceis e que me mostrou o quanto o silêncio pode ser desconfortável, mas também libertador.
Ainda criança, Killian viveu um dos maiores terrores da sua vida e foi neste dia que ele perdeu a sua voz e adquiriu muitas cicatrizes, mas ao conhecer Rylle, pela primeira vez, ele percebeu que sua vida poderia ter luz e significado, além disso acreditou que poderia recuperar a sua própria voz.

Entre desenhos, encontros escondidos e uma forma de comunicação única, eles se tornaram amigos e um amor único surgiu entre eles. E a descoberta do amor foi muito significativa, afinal eles viveram muitas primeiras vezes juntos. 

Mas nada seria tão simples, Killian acreditava que mesmo amando Rylle como amava, ele precisava se encontrar e ele tinha uma escolha a fazer, o passado precisava ficar para trás, pois só assim conseguiria seguir em frente de verdade, mas a pergunta que não cessaria: ele iria enfrentar essa jornada sozinho ou a levaria consigo?

Anos se passaram, escolhas foram feitas, mas uma coisa nunca mudou, o amor que existia entre eles, essa é a certeza que os move e guia!!

É impossível falar da história mais do que eu falei, é impossível descrever o que vocês irão sentir. Esse livro é único, é especial e cada um de nós irá vivenciá-lo de forma diferente, mas posso afirmar, você vai se emocionar e se surpreender mais do que pode cogitar.

A escrita da Leddy Harper é intensa demais, é como se ela abrisse o meu 💗 e infiltrasse lá os sentimentos dos personagens e assim me vi completamente envolvida em tudo o que estava acontecendo. Se você gosta de livros carregados de sentimentos, cheios de reviravoltas e com uma linda história de amor, esse livro é para você.

Uma história maravilhosa, confesso que não imaginava que fosse me envolver tanto nela! Até metade do livro, pouco sentia meu coração bater, acho que ele parou desde que entendi a dor do Killian. Depois da metade do livro só imaginava "a fase libertadora chegou, ele vai recuperar a sua voz" e com isso fui pura emoção, muitos ciscos nos olhos e muitas lágrimas.
Rylle e Killan tiraram meu ar, mas aqueceram meu coração na mesma proporção com um amor leal, puro, genuíno e doce.


Quando criança, Killian Foster sobreviveu ao inimaginável. Mudo e cheio de cicatrizes, ele passa a maior parte do tempo sozinho, com seu caderno de desenhos, na floresta atrás da casa de sua tia.
Até que surge Rylee Anderson...
Quando Rylee vê Killian pulando a cerca da casa ao lado, ela o segue, despreparada para o garoto que encontra e para a relação que se desdobraria nos próximos sete anos.
Ou o silêncio que se seguiria.

Lutando entre o ódio de seu passado e a promessa de seu futuro, Killian deve fazer escolhas que poderiam afetar mais do que apenas ele. Opções que testariam o limiar entre o certo e o errado. Decisões que poderiam romper o vínculo com o único amor que conheceu.
Ódio ou amor.
Vingança ou perdão.
Silêncio ou sua própria voz.

Lido em: Janeiro de 2019
Título: Em Silêncio
Autora: Leddy Harper
Editora: Cherish Books Br
Gênero: Drama/Romance
Ano: 2019
Páginas: 351
Adicione no Skoob | Compre: Amazon
*ARC cedido pela Editora em parceria*

Continue lendo