Resenha: O que o sol faz com as flores

Oi, Leitores!!!

Desde que li Outros Jeitos de Usar a Boca, fiquei completamente encantada pela escrita da Rupi Kaur. Então quando vi que tinha mais um lançamento dela, decidi comprá-lo, só não tinha previsto demorar tanto para iniciar a leitura. Mas estou aqui para me redimir.
Esse livro traz poemas sobre crescimento e curas, ancestralidade e honrar as raízes, expatriação e o amadurecimento até encontrar um lar dentro de você.

O livro é dividido em cinco partes (murchar, cair, enraizar, crescer e florescer) e a cada poema e ilustração da Rupi, vamos percebendo o que o amor significa.
você partiu
e eu ainda te queria
mas eu merecia alguém
que quisesse ficar
A cada poema pude me identificar, sem empática com sentimentos e fui analisando como cada um deles me atingia. Uma leitura carregada de sentimentos, lembranças, decepções, mas também de renovação e renascimento.
foi quando desisti de procurar uma casa dentro das pessoas
e ergui a fundação de uma casa dentro de mim mesma 
que descobri que as raízes mais profundas
são aquelas entre o corpo e a mente
que decidem viver como um
 Como na leitura do primeiro livro dela, vivi uma experiência única durante a leitura, me identifiquei com muitos poemas, como se ela tivesse colocado no papel os sentimentos e situações que vivi.

As ilustrações continuam belas e cheias de representatividade. Um livro que merece ser lido e relido muitas vezes, que toda mulher deveria ler e conhecer.

Da mesma autora de outros jeitos de usar a boca, best-seller com mais de 100 mil exemplares vendidos no Brasil.
o que o sol faz com as flores é uma coletânea de poemas arrebatadores sobre crescimento e cura. ancestralidade e honrar as raízes. expatriação e o amadurecimento até encontrar um lar dentro de você.
organizado em cinco capítulos e ilustrado por Rupi Kaur, o livro percorre uma extraordinária jornada dividida em murchar, cair, enraizar, crescer, florescer. uma celebração do amor em todas as suas formas.
Lido em: Janeiro de 2019
Título: O que o sol faz com as flores
Autora: Rupi Kaur
Editora: Planeta
Gênero: Poemas/Poesia
Ano: 2018
Páginas: 256
Adicione no Skoob | Compre: Amazon
Continue lendo

Resenha: Para Você

Oi, Leitores!!!

Esses dias as leituras estão fluindo super bem e hoje estou trazendo para você a minha opinião sobre o livro Para Você.

Ele foi a minha segunda escolha do Desafio dos Ig´s Irmãos e foi uma escolha super acertada. 


Neste livro, vamos encontrar três contos e o que eles trazem em comum é o fato de serem três histórias de amor, cada uma a sua maneira, com algumas perdas, mas muita superação e recomeços.
O primeiro conto se chama Toque Minha Alma e foi escrito pela dupla Jane Harvey-Berrick e Stuart Reardon, a parceria deu super certo em Imbatível e ainda teremos muitas histórias dos dois juntos. Aqui conhecemos Ben Richards, um jovem jogador de rugby, que conquistou muitas coisas e poderia até dizer que tem tudo, mas o principal que é a saúde do seu irmão. Quando conhece Bruna, uma das fisioterapeutas do time, ele descobre o amor e através dessa relação descobrirá como pode durar por toda a vida.

Em Caixa de Mensagens da Paola Scott, vamos conhecer Antonela, uma menina órfã que apesar de todos os sofrimentos que passou é cheia de amor e o que mais deseja é ter uma família para compartilhar este sentimento. Muito disso é devido a uma mensagem de Natal que recebeu quando ainda era criança.
Papai Noel não esqueceu o seu presente. É que demora preparar algo especial para uma menina linda como você.
Estagiando em uma agência de publicidade, acaba participando de uma brincadeira de caixa de mensagens, que também lhe inspirou para desenvolver o projeto de uma campanha. Com as mensagens trocadas, o que ela menos esperava é que isso despertasse lembranças  e sentimentos, fazendo com que dores do passado ressurgissem. Mas também, o surgimento de um homem que parece compreender profundamente a sua dor.

E por último temos, O Futuro que nos Roubaram da Sofia Silva, nos apresentará a Andrew e Mia numa história cheia de dores, medos e insegurança, mas com um amor tão profundo e puro que me deixou sem ar.  Mia perdeu o filho há dois anos e ele era o melhor amigo de Andrew. Cada um deles reagiu de uma forma diferente a esta perda, ela se fechou em seu próprio mundo e Andrew foi embora da cidade. Dois anos ele volta, para cumprir uma promessa, em meio a segredos e histórias mal contadas, eles curam as suas almas.

As três histórias são carregadas de muitas emoções, me vi completamente envolvida em cada uma delas, vivenciei junto com os personagens os seus melhores sentimentos e as suas dores. Cada autor, com seu jeito, conseguiu aquecer o meu coração e me emocionar.

Jane e Stu mais uma vez me envolveram no mundo do rugby, com cenas de amor maravilhosas e a demonstração do amor em sua forma mais pura.

Paola Scott conseguiu arrancar algumas lágrimas minhas com um fechamento de história tão lindo. e nos lembrando da importância de termos sempre por perto as pessoas que amamos. E Sofia Silva, mais uma vez, me deixou sem ar e ao mesmo tempo acalentou o meu coração, terminei a história com os olhos marejados e lágrimas derramadas, desejando um final, mas tendo também tendo a certeza de que muito ainda irá acontecer.

Três histórias que merecem ser conhecidas, em um livro com uma diagramação e edição belíssimas, uma leitura doce e comovente.
Neste livro você será envolvido por temas emocionantes, que farão seu coração acelerar. Dando início à antologia, os autores Jane Harvey-Berrick e Stuart Reardon trazem uma história que tocará sua alma. Paola Scott oferece uma caixa de mensagens que fará você suspirar a cada página. Encerrando, Sofia Silva mostrará um casal que teve seu futuro roubado.
Os contos são sobre amores, perdas e superações, e relatam o quanto presentes podem fazer a diferença nas nossas vidas. Apaixone-se por estas histórias que foram escritas para você!
Lido em: Janeiro de 2019
Título: Para Você
Autora: Jane Harvey-Berrick, Paola Scott, Sofia Silva, Stuart Reardon
Editora: The Gift Box
Gênero: Romance/Contos
Ano: 2018
Páginas: 342
Adicione no Skoob | Compre: The Gift Box
Continue lendo

Novidades Literárias #27 Cherish Books

Oi, Leitores!!!

No ano passado contei a vocês sobre a Cherish Books Br e que a partir de janeiro deste ano elas começariam a lançar seus livros e isso aconteceu, Destinos do Amor chegou e conquistou muitos corações.

Mas hoje não vim falar sobre isso, mas sim sobre a nova autora que terá seu livro lançado ainda no primeiro semestre. Vamos conhecê-la?
Trish McCallan nasceu em Eugene, Oregon e cresceu no Estado de Washington, onde começou a elaborar histórias ainda muito jovem. Seus primeiros livros foram ilustrados em giz de cera, encadernados com fios vermelhos e vendidos por um níquel em sua barraca de limonada. Trish cresceu e conquistou um diploma de bacharel em literatura inglesa com especialização em escrita criativa da Western Washington University. Trabalhou como contadora e especialista em recursos humanos antes de finalmente largar seu emprego para escrever em período integral.
Forged in Fire, o primeiro livro da série Red Hot SEALs, surgiu após uma maratona de leitura e uma garrafa de Nyquil que despertou a fagulha de um sonho vívido. Ela mora hoje no leste de Washington. Sendo uma ávida amante de animais, ela atualmente compartilha sua casa com quatro golden retrievers, uma mistura de labrador preto e dois gatos. 



Vamos conhecer o livro a ser publicado?

Série Bound By 
LAÇOS DE SEDUÇÃO ocorre várias semanas antes dos eventos em Forged in Ash. Também não faz parte do arco de quatro livros que se estende na série Red-Hot SEALs. Bound by Seduction é um romance contemporâneo curto que se concentra no romance entre dois dos personagens secundários de Forged in Ash. 

Confiram a capa (provisória) e sinopse.

Uma mulher à espreita ...
Após três anos de luto, a viúva Demi Barnes está pronta para outro relacionamento ‒ um puramente físico. Um que não envolva seu coração, que não interfira em sua vida nem que manche o amor que ela ainda carrega por seu amado marido. Aiden Winchester, o irmão de sua melhor amiga, se encaixa no projeto. Ativo dentro do programa SEAL de elite, ele raramente está em casa, e sua carreira perigosa afastará de Demi o medo de que ele parta seu coração fragilizado.

Fora isso, seu corpo longilíneo e musculoso, suas feições esculpidas e uma bunda deliciosa precisam ser levados em consideração, porque provocam uma série de formigamentos, calafrios e colapsos hormonais sempre que está por perto. O problema? Aiden mal sabe que ela existe.

Um SEAL em uma missão...
Aiden Winchester quis Demi Barnes no momento em que sua irmã os apresentou, mas ela era casada e fora dos limites. Depois da morte do marido, ele controlou seu desejo e esperou que se abrisse emocionalmente. Mas quando descobre que a mulher pela qual anseia há cinco longos anos está prestes a embarcar em uma aventura com outra pessoa, ele se vê a todo vapor. O único homem que Demi levará para a cama ¬será ele. E não será uma aventura de curto prazo.

Uma sedução de dois gumes…No campo de batalha do desejo, cada vantagem conta, então, quando um persistente admirador se torna um perseguidor, Aiden aproveita a oportunidade para se aproximar de Demi sob o disfarce de proteção. Os dois se enfrentam em uma batalha com o coração ‒ mas quando a paixão se acalma e os lençóis esfriam, será que a conexão deles se mostrará fugaz ou permanente?

E aí, curtiram? Eu estou bem curiosa... Fiquem de olho nos próximos lançamentos da editora, pois serão muitas histórias incríveis! 
Continue lendo

Resenha: Vox

Oi, Leitores!

Quando recebi esse livro na Caixa Skoob "Mulheres" fiquei super empolgada, acreditava que a leitura iria me trazer muitas reflexões e acertei nisso, poderia ter sido uma leitura mais rápida se não tivesse parado para refletir, respirar e digerir algumas coisas.

E escolhi ele como meu primeiro livro do Desafio dos Ig´s Irmãos.

Este livro é considerado uma distopia atual e sua proposta é falar de empoderamento e luta feminina.
Imagine, você mulher, viver em um mundo onde você só pudesse falar 100 palavras por dia, não poderia ter nenhuma profissão e o seu único papel seria cuidar da casa, dos filhos e do seu marido. Você não poderia ler livros, acessar internet e nem mesmo receber as correspondências em sua própria casa.
Virei uma mulher de poucas palavras.
Conseguiu imaginar? Extremamente cruel não? Pois é neste mundo que a Dra. Jean McClellan passará a viver após o decreto do governo. Ela não consegue acreditar que algo assim aconteceu e inicialmente vive em negação, até presenciar fatos contra quem não cumpre aquilo que foi decretado, despertando para realidade e ela nem imagina que isso é apenas o começo.
É das coisas pequenas que mais sinto falta: porta-lápis nos cantos de cada cômodo, cadernos enfiados entre livros de receitas, a lista de compras no quadro da parede ao lado do armário de temperos. Até os velhos ímãs de geladeira com poemas, com os quais Steven costumava inventar frases ridículas no dialeto ítalo-americano, morrendo de rir. Tudo se foi, se foi, se foi. Como minha conta de e-mail. 
Durante a leitura vamos acompanhar a vida de Jean, seu passado e seu presente, podendo compreender como tudo começou, como ela se comportava diante dos primeiros acontecimentos, quais eram suas lutas e prioridades. E com isso também vamos entender muitos dos seus sentimentos, medos e revoltas.

São justamente nessas passagens que começo a refletir, fico pensando em como me comportaria se eu estivesse no lugar de Jean, quais seriam as minhas escolhas, quais seriam as minhas lutas. É difícil imaginar como seria um mundo assim, mas quando fui conhecendo como as coisas aconteceram até chegar naquele ponto, pensava "será que é mesmo tão difícil algo assim acontecer?".
E é assim que perco a voz pela segunda vez. Com um estalo que parece uma bomba.
Uma certeza Jean tem, ela não quer aquele mundo para seus filhos, onde as meninas vão para escola aprender como ser uma esposa e mãe, onde os meninos podem estudar, ir pra faculdade e só eles podem tomar decisões.

Jean se vê perdida, mas em algum momento uma oportunidade surge e é aqui que ela decide lutar por ela, por sua filha e por todas as mulheres silenciadas.

A leitura foi muito boa para mim, adoro ler livros que me fazem refletir, que me ensinam algo novo, que mexe com os meus sentimentos. Vox me proporcionou exatamente isso. O início da leitura foi mais demorado, justamente por causa dessas reflexões, mas depois da página 200 mais ou menos, eu precisava saber no que iria resultar tudo o que Jean estava fazendo e aí só consegui parar realmente quando cheguei ao fim.

Confesso que não consegui enxergar este livro como uma distopia, não sei dizer se isso é bom ou se isso é ruim, de verdade. Pois, diariamente percebo que muitos querem calar ou podar as mulheres e eles nem precisam de um decreto para isso. Mas ao mesmo tempo, percebo o quanto as mulheres tem si conscientizado sobre o nosso papel na sociedade e as lutas que enfrentamos, ainda não chegamos lá, mas uma certeza precisamos ter, nunca irão nos calar.

Um livro com grandes reflexões, que acredito que poderia ter se aprofundado um pouco mais em algumas discussões, mas que com certeza tem uma contribuição positiva.


Uma distopia atual, próxima dos dias de hoje, sobre empoderamento e luta feminina.
O SILÊNCIO PODE SER ENSURDECEDOR #100PALAVRAS
O governo decreta que as mulheres só podem falar 100 palavras por dia. A Dra. Jean McClellan está em negação. Ela não acredita que isso esteja acontecendo de verdade.
Esse é só o começo...
Em pouco tempo, as mulheres também são impedidas de trabalhar e os professores não ensinam mais as meninas a ler e escrever. Antes, cada pessoa falava em média 16 mil palavras por dia, mas agora as mulheres só têm 100 palavras para se fazer ouvir.
...mas não é o fim.
Lutando por si mesma, sua filha e todas as mulheres silenciadas, Jean vai reivindicar sua voz.

Lido em: Janeiro de 2019
Título: Vox
Autora: Christina Dalchr
Editora: Arqueiro
Gênero: Distopia/Ficção
Ano: 2018
Páginas: 320
Adicione no Skoob | Compre: Amazon
Continue lendo

Resenha: Eu posso te ouvir

Oi, Leitores!

Descobri a escrita da Cristina Valori no ano passado quando li Notas de Amor e fiquei completamente apaixonada pela forma como ela conduz a história. 

Quando ela me mostrou esse conto, fiquei reflexiva e muito emocionada durante a leitura, eu meio que já passei por uma situação como a da Carolina e talvez isso é que tenha feito com que me identificasse com a história.
Carolina é uma estudante de enfermagem que está estagiando em um hospital e se tem uma coisa que ela ama fazer é conversar, ela não consegue simplesmente cuidar do paciente e sair, ela gosta de conversar, criar laços e assim acredita que consegue levar um pouco de conforto a elas.

A única filha, ela ajuda sua mãe nas encomendas de bolos e doces com sua especialidade que é o brigadeiro e ainda trabalha de garçonete em um restaurante e acredite, lá ela também ama conversar e é justamente o fato de ser ignorada por um cliente que faz com que ela fique intrigada e aí ela fica curiosa demais em saber quem é esse rapaz e porque ele a ignora assim.

E é essa vontade louca que faz com que ela se envolva em uma pequena confusão, mas no final o objetivo principal aconteceu, ela consegue se aproximar do cliente misterioso.

A partir daqui, teremos um mundo de descobertas, conhecimento, empatia, compreensão e amor... Muito amor!!! Todo esse romance deve ser vivenciado de forma única, então manterei meus dedinhos bem quietos e não vou contar nadinha a vocês.

Mas posso dizer que este conto te fará suspirar, emocionar e se apaixonar. A Cris tem uma característica incrível como autora, ela consegue trazer leveza aos problemas, tornando a leitura doce e emocionante.
Uma leitura que pode ser realizada em um dia fresquinho e feliz acompanhada de sua bebida preferida e finalizada com o brigadeiro do sonhos.
Fazia parte da personalidade de Carolina conversar até a exaustão ou, ainda, permitir que a curiosidade assumisse o controle. No entanto, a garçonete se depara com um cliente indiferente às suas qualidades, se vê totalmente envolvida pelo mistério que o homem representava.
Uma confusão doce e divertida de como o amor pode te surpreender e ultrapassar obstáculos intransponíveis à primeira vista. Ouça tudo que seu coração diz, ele sempre dá os sinais certos.
Lido em: Janeiro de 2019
Título: Eu posso te ouvir
Autora: Cristina Valori
Gênero: Romance/Nacional
Ano: 2018
Páginas: 137
Adicione no Skoob | Compre: Amazon
Continue lendo