Resenha: Clichê

Oi, Leitores!!!

Os livros da Carol Dias são perfeitos para quem ama histórias doces e carregadas de sentimentos. Em Clichê, encontraremos exatamente isso, um romance profundo e cheio de doçura e não posso esquecer de uma bela dose de fofura!
Como o próprio título diz, é um romance clichê, mas a história e seu desenrolar são envolventes e foram capazes de me conquistar e fazer sorrir e acho que é isso o que importa!! 
Descobri que a vida em si nem sempre é algo chato e maçante, mas é clichê. Tudo é clichê.
Marina é uma brasileira que acabou indo para os Estados Unidos para ficar perto da tia, a única familiar que tinha, mas também com o sonhos de encontrar oportunidade dentro da sua área de formação que é a música.

As coisas não são fáceis, os sonhos não se realizam e ela agora está em uma fase péssima. Desempregada e sem um tostão no bolso, mas cansada de trabalhar servindo café. E é justamente por isso, que la não dispensa a oportunidade quando surge uma vaga para trabalhar de babá.

Ao chegar na casa da família Manning, ela fica encantada com o lugar, mas também com as duas crianças que ela irá cuidar. O que ela não esperava é que seu chefe fosse um viúvo lindo e cheio de qualidades.

E qual a primeira coisa que Marina pensa? Que ela não pode ser aquela que viverá o clichê de se apaixonar pelo chefe e eu fiquei pensando "bobinha, acho que vai ser difícil fugir disso".
Esta é minha segunda leitura de um livro da Carol e estou encantada. Clichê é um livro perfeito para quando você deseja uma leitura leve, rápida e fluida.

Com personagens super queridos, vamos ter não só uma história de amor, mas também lições sobre superação, resiliência, descobertas e perdão.

Marina Duarte está no vermelho. Graduada em duas das melhores faculdades públicas do Rio de Janeiro, seu sonho de construir a vida nos Estados Unidos não está funcionando.
Decidiu se mudar para ficar perto da tia, sua única família, mas a crise não está ajudando em nada sua carreira.
Sem saber como pagar as contas do próximo mês, Marina aceita uma vaga de babá na mansão da família Manning. Ela só não podia imaginar que sua vida mudaria completamente, apenas por conhecer duas crianças e um chefe viúvo, maravilhoso, cheiroso e gostoso, que precisa urgentemente de sua ajuda.

Lido em: Maio de 2019
Título: Clichê
Autora: Carol Dias
Editora: The Gift Box
Gênero: Romance
Ano: 2019
Páginas: 252
Adicione no Skoob | Compre: Amazon
Compre: The Gift Box (use o cupom 3leitoras_15)
Continue lendo

Resenha: Uma proposta indecente

Oi, Leitores!!!

Tem histórias que chegam e nos metralham né? Ganham a nossa atenção, torcida e querer bem, num romance de época incrível, Emma Wildes conquistou não só o meu coração, mas de várias outras leitoras.
Se eu pudesse definir esse livro resumidamente seria: Uma aposta, dois libertinos, uma dama e uma proposta.

O Conde de Manderville e seu amigo Duque de Rothay possuem uma fama incrível, além de lindos, carregam a fama de se envolverem com muitas damas, em um dia de alta embriaguez, eles fazem uma aposta para descobrir qual dos dois é o melhor amante e para eles precisam de uma mulher, que se envolva com os dois e dê o seu veredicto.

A cidade está em polvorosa, pois apesar de considerarem um escândalo toda a sociedade quer saber quem será a juíza deste embate e ninguém suspeitará da mulher que decidiu se candidatar para este cargo.

Lady Caroline Wynn é um viúva extremamente séria e fechada, considerada fria por muitas pessoas, mas o que ninguém sabe é que ela viveu um péssimo casamento, uma relação extremamente abusiva  que deixou muitas marcas no seu emocional. Se envolver nesta aposta era a oportunidade perfeita para descobrir se tudo o que o marido afirmava era verdade ou não, principalmente por não desejar um novo casamento.

Lady Winn fará a sua proposta e em troca a única coisa que ela deseja é o anonimato.

Os três tinham certeza que podiam comandar toda a situação, ter os encontros em sigilo absoluto e após isso teriam o veredito, mas com o decorrer da leitura, vamos percebendo a quantidade imensa de máscaras que nossos personagens usam e aqui percebi que eles só mostram a sociedade aquilo que desejam, mas todos são intensos, cheios de sentimentos, mas com mágoas que deixaram marcas enormes.

Serem libertinos ou uma dama fria foi a forma que encontraram para se proteger e no desenrolar da história, apenas uma certeza nos permeia, o amor existe e fugir dele não adianta de muita coisa, apenas posterga o inevitável.

Com personagens cativantes, a autora nos envolve em uma história de amor deliciosa, com altos e baixos, intensa e com situações dramáticas. Uma história que nos conquista já nos primeiros capítulos e nos deixa suspirando assim que lê a última frase.

Eu mais do que recomendo essa leitura e estou mais do que feliz por termos tido esse lançamento no Brasil.


É a maior fofoca da cidade! Em um momento de embriaguez, dois dos maiores libertinos de Londres - o Conde de Manderville e o Duque de Rothay — estabelecem uma aposta pública, onde querem descobrir qual dos dois é o melhor amante. Mas qual mulher bela, inteligente e de discernimento consentiria ir para cama com dois homens e declarar qual deles é o mais hábil em satisfazer seus desejos mais profundos?
Lady Caroline Wynn é a última mulher que qualquer um esperaria que se oferecesse para tal. A jovem e respeitável viúva decidiu manter-se longe de casamentos. Ela pode até não desejar um novo marido, mas seu breve matrimônio deixou algumas dúvidas escandalosas a respeito da intimidade entre casais.
Se o Conde e o Duque concordarem em manter sua identidade em segredo, ela irá decidir qual dos dois é o mais experiente debaixo dos lençóis. Mas para a surpresa de todos, o que começa como uma proposta indecente pode se tornar uma lição surpreendente a respeito do verdadeiro amor.

Lido em: Maio de 2019
Título: Uma proposta indecente
Autora: Emma Wildes
Editora: Cherish Books Br
Gênero: Romance
Ano: 2019
Páginas: 329
Adicione no Skoob | Compre: Amazon
*E-book cedido pela Editora em parceria*
Continue lendo

Resenha: Storm

Oi, Leitores!!!

Vocês já devem ter visto por aqui o quanto sou apaixonada pelos Irmãos Walker... Rainbow e Sunshine conquistaram meu coração, mas o lindo Storm nunca passou desapercebido pelo livro delas  e eu estava super curiosa para ver o que ele iria aprontar. Eu esperava muitas coisas dele, mas nada parecido com o que ele nos mostrou em sua própria história.
Storm cresceu, agora está em Princeton dando o primeiro passo para realizar o seu sonho de ser um grande jogador de futebol americano, por enquanto ele é apenas o reserva do seu cunhado Thomas, mas isso não faz com que ele não se esforce para conquistar o seu espaço.

Quando não está treinando para os jogos ou assistindo as aulas, ele está curtindo a vida (leia-se garotas) e deixando a sua marca registrada na Universidade, mas não achem que ele deixou de ser ciumento e protetor com as irmãs, pois não deixou, mesmo percebendo o quanto os cunhados cuidam delas muito bem.

Tudo está indo super bem até ele ser atropelado pelo furacão Taryn, que mesmo com todo seu jeito introspectivo e tímido, abalou as suas estruturas e mostrou uma nova perspectiva de vida para Storm.

Por mais que ainda fosse mulherengo, percebi o quanto ele já tinha amadurecido, ainda não era o suficiente, mas por muitas vezes fomos percebendo os sinais de mudança e amadurecimento. Eu jurava pra mim que no dia que esse garoto se apaixonasse, ele fosse surtar, mas que nada, quando ele entendeu tudo o que ele sentia, assumiu e correu atrás do que desejava.
- O problema, Taryn, é que não há outro lugar onde eu queira estar. Com aquela simples frase, Thunder Storm conseguiu quebrar um pedaço da muralha que eu tinha erguido contra toda e qualquer possibilidade de não me apaixonar por ele.
Storm leva tudo isso de uma forma muito simples e natural, como se estar com Taryn fosse a coisa certa e a única coisa que ele precisa fazer é estar ao seu lado, lhe oferecendo amor, amizade, companhia e lealdade.

Storm nos mostrou toda o seu altruísmo, bondade e alegria. Ele nos mostra um lado encantador e gentil, uma hombridade que poucos possuem. Tudo o que ele faz por Taryn, por ele e todos que estão ao seu redor tocou meu coração de uma forma profunda e foi aqui que percebi que mesmo com toda aquela vibe hype e nômade dos seus pais, eles criaram filhos incríveis, seres humanos excepcionais.

Mas não ache que ele mudou da água pro vinho não, Storm continua intenso, brincalhão e cheio de ciúmes das irmãs, sem contar a sua forma peculiar de cultuar os seus músculos, ele não perdeu a sua essência, apenas revelou uma nova faceta.
- Você me enche de orgulho, Torm. Você é daquele tipo de pessoa que muita gente só vê a embalagem, o exterior, mas quase não para e foca no que leva no interior. Sua camada de zoeira, gaiatices, pirraças e encheção de saco não poderiam encobrir a pessoa maravilhosa que você é, e sabe... - Ela passou a mão no meu cabelo. — Você é lindo. Puro, na expressão da palavra. 
Taryn é uma garota incrível que vai nos mostrar como se vive apesar de todos os seus problemas, com valores familiares e um jeito doce de ser. Ela causará em Storm uma paixão avassaladora como a força de um trovão. Eles se complementam, se apoiam, mas também farão umas burradas.

Desde que iniciei a leitura, queria que ela fosse lenta, para saborear de forma sutil a despedida destes irmãos, mas Storm é Storm e em determinado momento ele dominou meus dias e não me permitiu fazer nada até chegar a última página.

Além de tudo, ele me mostrou que sonhos podem ser alterados e que não existe problema nisso, afinal o mais importante é estar feliz.
Meu propósito nesse mundo havia sido definido. O futebol era apenas um meio para alcançar as vitórias profissionais e conquistar bens materiais, porque os tesouros maiores dessa vida eu já havia conquistado e faria de tudo para mantê-los.
Para quem já conhece a Martinha, sabe como a escrita dela é leve e divertida e que dos seus romances só podemos aguardar os melhores desfechos. Em Storm, ela ousou, mexendo com a nossa imaginação e assim me fez suspirar mais do que o esperado.

Uma trilogia que se encerra com chave de ouro (mas que podia rolar um conto aí né?), nos contando a história de três irmãos tão diferentes, mas com um sentimento que os une: o amor!
Thunder Storm era único de diversas maneiras. Ele era a expressão da palavra amor em sua mais ampla concepção. Quem tinha a sorte de conhecê-lo, não conseguia sobreviver à tempestade de emoções que ele despertava. 


Storm Walker. Thunder Storm. Seu nome era tão intenso quanto ele próprio. Tinha como meta de vida dificultar a vida das irmãs, ao se promover o protetor da pureza das mesmas. Zeloso, ciumento e dotado de um carisma único, ele era a alegria da festa. Como diziam: Ele era a festa.
Ao entrar na Universidade de Princeton, Storm tentava correr atrás do sonho de se transformar em um grande jogador de futebol americano. A decisão de levar a vida numa boa, sem grandes dramas e problemas o tornavam o típico cara que todos queriam ao redor.
Até que seu caminho se cruzou com o de Taryn. De um singelo gesto de solidariedade surgiu uma paixão devastadora e tão tempestuosa quanto seu nome. Storm já não era o mesmo. E nunca mais seria. Assim como aqueles que tiveram a sorte de cruzar seu caminho.

Lido em: Maio de 2019
Título: Storm
Autora: M. S. Fayes
Editora: Pandorga
Gênero: Romance/Nacional
Ano: 2019
Páginas: 336
Adicione no Skoob | Compre: Amazon

Continue lendo

Resenha: À Distância #1

Oi, Leitores!!!

Alguns livros chegam para nós como presente né? Este foi o caso de À Distância comigo, de forma leve e sutil fui conquistada por Catarina e Sebastian.
Catarina e Sebastian se conheceram meses atrás em Londres, quando ela estava passando uns dias por lá e acabou indo para uma sessão de autógrafos de um autor, o que ela não esperava é que este escritor acabasse dominando seu coração, fazendo com que voltar para casa e para seu novo emprego fosse uma tarefa meio difícil.

Porém, o que poderia ser apenas um romance de férias, vai se tornar mais do que isso, o livro do Sebastian será lançado no Brasil e eles irão se encontrar. Meses sem se ver, mas com troca de muitas mensagens, criando uma conexão e fazendo com que ambos não tivessem mais interesse em ninguém. Assim, um reencontro incrível irá acontecer e Sebastian a pede em namoro.
A distância, ao invés de nos afastar, parece nos unir mais, fazendo com que nos esforcemos para tornar o relacionamento dinâmico.
Agora os dois precisam aprender a lidar com a distância, permitindo que se conheçam cada vez mais, criando um laço não só de paixão, mas de muita confiança. Enquanto eles vão criando esta conexão, nós somos regados com cenas incríveis pelo Skype, trocas de mensagens e e-mails. Lidar com a saudade e com a vontade de um novo encontro mexerá e muito com as emoções destes dois.
Uma coisa é certa: a saudade dói e, como qualquer outro tipo de dor, é suportável desde que possamos visualizar um fim para ela.
O trabalho de ambos não facilitará em nada o próximo encontro programado, teremos algumas brigas e discussões por isso, mas momentos em que fazem as pazes. Porém, o livro do Sebastian está fazendo muito sucesso e isso está ocupando muito do seu tempo. Se um encontro pessoal já estava impossível, os virtuais começam a ficar escassos e isso será um grande problema entre eles.
- Uma vez você me disse que a distância não é só uma questão física, mas emocional também. Que estar perto, não necessariamente é estar junto. 
Os dois acreditavam mesmo que a distância poderia ser superada com o amor que sentiam um pelo outro, mas eles percebem que outros sentimentos irão interferir neste relacionamento: insegurança, ciúmes, saudades e incertezas. E a força deste sentimento irá abalar demais tudo que existe entre eles, tornando a distância apenas mais um detalhe. Eles começam a se questionar e comecei a me fazer o seguinte questionamento: quem vai abrir mão de algo, para que este amor se torne possível?

A escrita da Paola é super leve, envolvente e fluida, por mais que imaginasse como ela conduziria o relacionamento deles, ela não deixou de me surpreender com algumas reviravoltas. Sebastian conseguiu ser mais do que eu esperava, me arrancou muitos suspiros com as suas declarações... Catarina é uma mulher com quem me identifiquei muito, faria várias loucuras como ela fez, ela é intensa e isso faz com que seja difícil disfarçar sentimentos.

Um livro cheio de muito amor, romance e com pitadas de cenas de nos tirar o fôlego. Com um final bem Sebastian e digno deste casal que aprendeu a superar as dificuldades e estabeleceu conexões profundas, que fizeram com que o amor falasse mais alto.

Uma história de amor incrível que irá aquecer muitos corações!!!!

Nossa vida é onde estamos, Sebastian, ao lado das pessoas que amamos, onde nos sentimos felizes e completos. Sei que posso ter isso com você.

A definição de saudade era atualizada com sucesso a cada dia. 
Deixar Catarina no Brasil após o lançamento do meu livro, foi mais difícil do que eu imaginava. A breve aventura, iniciada há oito meses na viagem daquela tradutora recém-graduada à Londres, tomou uma proporção surpreendente. Carinho, desejo, apego, paixão. Sentimentos que, aliados ao espírito livre da brasileira, traziam à tona um lado meu que eu desconhecia.
A distância era nossa inimiga. O sucesso desejado, porém inusitado da minha última obra, tornou-me conhecido mundialmente, o que me colocava em constantes viagens e compromissos, dificultando cada vez mais nosso relacionamento.
Lidar com o afastamento, ao contrário do que pensamos, não era algo que estávamos preparados. Saudades, ciúmes, impasses, e a incerteza sobre um futuro a dois.
Seria preciso que um de nós renunciasse ao próprio sonho se quiséssemos seguir juntos.
Mas quem cederia?

Lido em: Maio de 2019
Título: À Distância - Irmãos Wood # 1
Autora: Paola Scott
Editora: The Gift Box
Gênero: Romance
Ano: 2018
Páginas: 320
Adicione no Skoob | Compre: Amazon
Compre: The Gift Box (use o cupom 3leitoras_15)
*Livro cedido pela Editora em parceria*
Continue lendo

Resenha: Com os olhos do coração #1

Oi, Leitores! 

Mais um lançamento da Amie Knight pela Cherish Books e quando soube fiquei muito feliz! Afinal, eu me encantei por Destinos de Amor.

Com os olhos do coração é o primeiro livro da série Corações e preciso dizer que essa história mexeu com meu coração, me arrancou algumas lágrimas, muitos sorrisos e suspiros.

Ainsley e Adrian se conheceram quando ainda eram crianças, criaram uma amizade forte e percebemos o quanto ela e Lori, sua prima, foram importantes para ele, afinal Adrian mudou para casa ao lado da delas, depois de sofrer uma perda irreparável.

Os três se tornaram inseparáveis, viveram muitos momentos juntos, compartilharam a amizade e o  amor. Entre momentos, inseguranças, alegrias, medos e diversão, Ainsly e Adrian se veem apaixonados e começam a viver um relacionamento e a gente sente que é um amor para a vida inteira.
Nosso relacionamento apenas solidificou em minha mente o que meu coração já sabia. Ela era o amor da minha vida.
Mas em um dos piores momentos da vida deles, Ainsley decide ir embora, sem se despedir de Adrian, sem explicações, nem mesmo uma carta de despedida. Esse é o momento que paramos de respirar durante a leitura e vivemos a dor deles. Sentimentos de raiva, abandono, traição e mágoa são gigantescos e tomam o lugar do amor, confiança e lealdade que existe entre eles.

Anos se passam, Adrian se acostumou com a dor, a ausência e o vazio, mas agora ela está de volta e ele sente que não sobreviverá a este reencontro. O medo e a insegurança não habitam apenas o coração e cabeça dele, ela não tem ideia de como enfrentar o passado e o olhar de todos aqueles que ela abandonou.
- Sinto muito que nosso amor tenha acabado cedo demais, mas ainda sou muito grata por tudo, porque foi o melhor que poderia receber. E, a partir de agora, vou me lembrar apenas das coisas boas.
Ela sabe que nem de longe é aquela garota que abandonou tudo por não suportar se manter naquele lugar, mas ele, apesar de tudo, consegue ver tudo o que ela esconde, seus olhos não conseguem esconder o que acontece dentro dela.

O reencontro deles não é nada do que esperamos, os dois agem de acordo com suas mágoas e medos, mas o amor faz com que eles repensem suas atitudes e escolhas. Agora é o momento de aprenderem com suas escolhas e de decidirem se querem ou não ouvir seus corações.

Amie Knight mais um vez tocou o meu coração, com a sua escrita envolvente, fluida e carregada de emoções. Os personagens desse livro são apaixonantes e tudo o que eles passam, tocou o meu coração de forma profunda, me tirou muitas lágrimas, mas ao encerrar a leitura senti meu coração aquecido e transbordando de amor.

Se posso dar um conselho a vocês, leiam esse livro, se apaixonem e não esqueçam dos lencinhos de papel! Espero que o segundo volume não demore muito para chegar! 



Ainsley entrou em minha vida trazendo uma enxurrada de cores vibrantes, iluminando meu mundo quando tudo parecia perdido.
Não foram nossas noites tranquilas perto do riacho ou os beijos roubados em campos de algodão que me salvaram.
Foi ela.
Ela foi meu refúgio quando a vida jogou uma tragédia atrás da outra nas minhas costas.
Até que ela me deu o maior golpe.
Agora, o abandono, a traição e a morte obscurecem todos os cantos da minha vida. Raiva e mágoa ardem onde o amor e a confiança um dia viveram.
Mas agora ela está de volta. Claro, ela mudou, mas consigo ver seu interior - com os olhos do coração.

Lido em: Maio de 2019
Título: Com os olhos do coração - Corações #1
Autora: Amie Knight
Editora: Cherish Books Br
Gênero: Romance
Ano: 2019
Páginas: 271
Adicione no Skoob | Compre: Amazon

*E-book cedido pela Editora em parceria*
Continue lendo