Resenha: Lady Daphne - Singles Ladies #3

Oi, Leitores!!!

Você viram recentemente a resenha de Lady Anne e hoje estou aqui para contar a vocês sobre mais uma das amigas que estão na Convenção de Romance de Época.
Daphne é uma chef de cozinha, que está meio perdida sobre o rumo que dará em sua vida. Ela terminou recentemente um relacionamento, mas a grande questão não é só isso, ele também era seu sócio em um restaurante e quando tudo acabou entre eles, ele fez questão de se tornar o único dono do local.

Então, estar na convenção com as suas amigas é uma forma de recarregar as energias. Isso a deixa muito feliz, mesmo com o excesso de ligações e mensagens do Brian (o ex!). Outra coisa que ela não contava era conhecer Paul, o sommelier do restaurante do hotel, eles se aproximaram depois dele escutar ela elogiando a escolha do vinho no jantar da convenção e achar que aquele era o momento ideal para conhecer a ruiva mais bela do salão.

Os dois são bem humorados e essa é uma das coisas que o conectam de imediato, mas além disso existem outras coisas. Os dois gostam de ser diretos e sinceros, o que ajuda na comunicação entre eles, mas nada impedirá que ruídos aconteçam nessa comunicação, aliada ao ressurgimento do ex e questões profissionais.

A escrita da autora continua leve e fluída neste terceiro livro, mas neste, devido ao perfil dos personagens, traz uma leveza e humor diferenciado. O livro é tão gostoso que você lê tranquilamente em um único dia, justamente o que aconteceu comigo... Sem contar que ele é perfeito para as amantes de um belo romance.

Recém saída de um relacionamento longo com o sócio num restaurante de sucesso, a chef Daphne vê na convenção de romance de época do Hotel Eden a chance de se reaproximar das amigas e esquecer que está solteira e desempregada pela primeira vez em anos.

Lido em: Março de 2020
Título: Lady Daphne #3 
Autora: A. J Ventura
Gênero: Romance/Nacional
Ano: 2019
Páginas: 179
Adicione no Skoob | Compre: Amazon
*E-book disponibilizado pela autora*
Continue lendo

Resenha: Um lugar bem longe daqui

Oi, Leitores!!!

Ganhei esse livro de minha mãe no ano passado e quando ela me entregou o livro me disse "li só a biografia da autora, achei tão interessante que acho impossível ela não ter escrito algo incrível" e vou já dizer a vocês que mainha está certíssima, eu leio até a lista de supermercado dessa mulher a partir de agora.

Quando Neyla me propôs lermos esse livro da #LCBaianas de março, super topei e foi uma experiência incrível.
Kya viveu uma vida de abandonos, um atrás do outro, viu sua mãe, irmãos e pai a deixarem para traz, com isso ela fez do brejo a sua vida e por isso era conhecida como "Menina do Brejo" por todos de Barkley Cove. A primeira vez que foi abandonada, ela tinha apenas 6 anos e aqui já surgiu a minha compaixão e empatia.

Ela fez destes abandonos a sua força, cuidou de si mesma sozinha, conquistando o pão de cada dia e se apaixonando cada vez mais por tudo que o brejo lhe oferecia. Aprendeu sobre como tudo funcionava ali, sobre os animais e tinha um amor em particular pelas gaivotas.

Kya encontrou algumas pessoas que a ajudaram, mas muito mais pessoas que a trataram como uma escória e aqui ela aprendeu como a sociedade funciona, doeu muito, mas chegou um momento que ela deixou de se importar ou ao menos tentou não se importar, o seu amor pelo barracão que morava e tudo o que o cercava era muito maior.

Das pessoas que se aproximaram, dois rapazes mexeram com seu coração e aqui ela aprendeu o que é amor, traição e outro tipo de abandono. Todas as alegrias e dores vividas foram moldando quem Kya é e isto foi colocado em jogo quando um destes rapazes apareceu morto de forma misteriosa e todas as acusações voltaram para a Menina do Brejo, aquela que nem deveria existir, muito menos coabitar o mesmo lugar que eles.

A escrita do livro é maravilhosa, a autora foi alternando a história entre passado e presente, mas isso não causa nenhum tipo de confusão, os períodos são bem identificados e essa alternância é primordial para entendermos (ou não) tudo o que está acontecendo.

Esse livro me tocou de uma forma tão profunda e me fez refletir muito sobre o quanto ainda nos rendemos aos pré-conceitos, concebendo quem é alguém apenas pela sua aparência, o que veste ou onde mora. Simplesmente silenciamos diversas pessoas sem ao menos darmos a ela a oportunidade de se mostrar e esse livro mostra isso claramente. 

A história tem diversas reviravoltas, me causou dor, lágrimas e muitas reflexões. Nada me preparou para o desenrolar dos fatos e muito menos para seu final. Hoje, depois de ter lido e assimilado a história, percebo que a escritora nos deu algumas dicas durante a leitura, mas acredito que as emoções não me permitiram perceber nenhuma delas.

Esse é o tipo de livro necessário, que todos deveriam ler e só agora entendo o porquê de tanto sucesso, é impossível passar imune por este livro. Desejo profundamente que a Intrínseca traga mais livros dela para o Brasil.

Esse é o tipo de livro que você DEVE ler! Acredite em mim! 


Por anos, boatos sobre Kya Clark, a “Menina do Brejo”, assombraram Barkley Cove, uma calma cidade costeira da Carolina do Norte. Ela, no entanto, não é o que todos dizem. Sensata e inteligente, Kya sobreviveu por anos sozinha no pântano que chama de lar, tendo as gaivotas como amigas e a areia como professora. Abandonada pela mãe, que não conseguiu suportar o marido abusivo e alcoólatra, e depois pelos irmãos, a menina viveu algum tempo na companhia negligente e por vezes brutal do pai, que acabou também por deixá-la.
Anos depois, quando dois jovens da cidade ficam intrigados com sua beleza selvagem, Kya se permite experimentar uma nova vida — até que o impensável acontece e um deles é encontrado morto.
Ao mesmo tempo uma ode à natureza, um emocionante romance de formação e uma surpreendente história de mistério, Um Lugar Bem Longe Daqui relembra que somos moldados pela criança que fomos um dia e que estamos todos sujeitos à beleza e à violência dos segredos que a natureza guarda.
A obra foi incluída no clube de livros de Reese Witherspoon, que posteriormente adquiriu os direitos de adaptação cinematográfica e vai produzir o filme com a Fox 2000.

Lido em: Março de 2020
Título: Um lugar bem longe daqui
Autora: Delia Owens
Editora: Intrínseca
Gênero: Drama/Ficção
Ano: 2019
Páginas: 336
Adicione no Skoob | Compre: Amazon
Continue lendo

Resenha: As Lições da Dama Escarlate

Oi, Leitores!!

Quando li Uma Proposta Indecente, fiquei apaixonada pela escrita da Emma Wildes, então quando soube que a Cherish Books ia lançar mais um livro dela, fiquei muito feliz e estava cheia de expectativas por essas histórias.
Brianna é a nova duquesa e Rolthven, ela se apaixonou por ele e quando foi pedida em casamento ficou muito feliz. O duque a considerava uma candidata a esposa perfeita. Então este casamento foi perfeito para os dois. Porém, depois de alguns meses de casados, ela esperava que seriam mais companheiros, que teriam mais momentos juntos. Ela encontrou um livro, que talvez fosse a solução para que ficassem mais próximos, um livro que foi tirado de circulação pela sociedade: "O Conselhos de lady Rothburg – lições de uma cortesã?".
Em nossa sociedade é perfeitamente aceitável que ele não me ame. Não é, no entanto, aceitável para mim.
Brianna passou a ter atitudes que não coincidiam com a sua inocência e mesmo gostando das atitudes da esposa, Colton se sentia desconfortável, afinal quem ele era estava de certa forma o colocando em questão.
Ele só esperava que se apaixonar por sua esposa não fosse o pior erro de sua vida. 
Essa mudança de Brianna irá trazer muitas consequências, algumas boas, outras ruins e no final o que iria prevalecer? Isso, você só saberá lendo!

Emma Wildes mantem uma característica que acho maravilhosa, pois além da história de Brianna e Colton, um outro casal surgirá e ele também terá influências do livro. Aqui temos Rebecca, uma jovem elegível que está em sua segunda temporada, pois na primeira ela se apaixonou e nenhuma das propostas que ela recebeu foram suficientes. A questão é que ela se apaixonou por um homem que não tem nenhuma simpatia do pai, sem contar que Robert nunca a havia notado, mas isso mudará.
Ele podia não querer cortejar ninguém, podia não desejar casamento, mas simplesmente não conseguia tirar Rebecca Marston da cabeça. Ele a queria.
Essa é uma autora que entrou para o hall das minhas favoritas de romance de época. Primeiro, por nos trazer dois romances em um livro, de uma forma que os dois se tornam interessantes, sem deixar pontas soltas ou acelerar desnecessariamente. Segundo, amo a sua escrita e o ritmo que ela estabelece na história. Terceiro, os seus personagens possuem um carisma e personalidades únicos. Quarto, suas histórias me envolvem por completo, me curam de qualquer ressaca e sempre deixam um gostinho de quero mais. 

Se você é uma apaixonada por romance de época e ainda não leu nada da Emma Wildes, só te pergunto: está esperando o que??? 

Nenhuma dama de verdade deveria ter lições de uma dama escarlate... A nova esposa do duque de Rolthven, Brianna, é a perfeita noiva aristocrática. Então, o que a sociedade diria se a visse com uma cópia de "O Conselhos de lady Rothburg – lições de uma cortesã?"
Quando sua esposa inocente de repente se torna uma mulher fogosa no quarto, o próprio Duque fica realmente impressionado com seus poderes de sedução. Seguir o conselho de uma cortesã pode levar a problemas, mas pode levar também ao maior desejo de Brianna: conquistar o amor do marido.

Lido em: Março de 2020
Título: As Lições da Dama Escarlate
Autora: Emma Wildes
Editora: Cherish Books Br
Gênero: Romance
Ano: 2020
Páginas: 336
Adicione no Skoob | Compre: Amazon
*E-book cedido pela Editora em parceria*
Continue lendo

Resenha: Um plano quase perfeito

Oi, Leitores!!!

Durante a Bienal do Livro do Rio, pude conhecer essas duas autoras super divertidas e foi impossível não querer apoiar essas moças incríveis comprando o primeiro livro delas. Além disso, sou doida por um chick lit, então não perderia essa oportunidade.
Alice estudou moda e seu grande sonho sempre foi ter seu próprio negócio, porém depois de uma situação complicada, ela achou melhor trabalhar em algum ateliê e quem sabe um dia ela não realizava esse seu sonho.

O ateliê em que trabalha é de vestidos de noiva e ela estava completamente apaixonada pelo vestido que estavam trabalhando e a sua curiosidade em saber como seria vesti-lo a meteu na maior confusão da sua vida.

Ela decidiu vestir para saber como uma mulher se sentiria com aquele vestido que parecia muito mais uma pedra preciosa, só que ela não esperava que a sua chefe chegasse mais cedo e para piorar, ela não conseguia abrir o vestido. Em um ato desesperado, saiu pelas portas dos fundos e mais uma loucura acontece, quando estava pedindo ajuda a um rapaz, eles acabaram sendo sequestrados.

Eduardo já tinha achado aquela mulher vestida de noiva mega louca, ela só o estava atrapalhando já que estava atrasado, mas aqueles dois homens dando voz de sequestro, o deixou atordoado. De início, ele achou que ela fazia parte do time dos criminosos, mas logo depois se deu conta de que ela era vítima como ele.

A pergunta que não quer calar é: como eles vão se livrar desta situação?

Os caminhos tortos da vida uniram duas pessoas completamente diferentes em uma situação super adversa e eles precisavam se preparar para enfrentá-la. Para isto eles precisam criar um plano perfeito para a fuga para se salvarem.

Essa fuga irá nos garantir cenas inacreditáveis, super divertidas e rodeadas de confusões. Alice e Eduardo são duas criaturas incríveis, mas também teimosas. E teimosia só gera mais confusão e drama!!

A história é super divertida, não conseguimos perceber que ele é escrito por duas pessoas, mesmo tendo capítulos narrados de forma alternada pela Alice e pelo Eduardo. A escrita é bem gostosa e com certeza elas iniciaram a carreira com um bom livro, super indicado para aqueles dias que queremos rir de qualquer besteira e claro dar uns suspiros de amor.

As cenas são bem loucas e isso só mostra o quanto elas podem ser criativas e bem divertidas, por vezes pensava "não é possível que isso está acontecendo!!!!". Acho que vai ser bem difícil você não dar ao menos uma risada com essa história e justamente por ter me divertido tanto que já quero mais dessas duas louquinhas!

O livro já abre as portas para a próxima história delas que é Operação quase perfeita que conta a história de um personagem secundário deste livro.

Alice trabalha em um famoso ateliê de vestidos de noivas. Sua vida é bastante tranquila e ela tinha um sonho: ter sua própria loja. Mas como nada em sua vida acontece de acordo com os planos, tudo muda quando um dia ela deixa sua curiosidade vencer e se mete na maior confusão de sua vida.
Eduardo está atrasado e em conflito quando é obrigado a resgatar uma maluca correndo pela rua vestida de noiva. Ele só não imaginava que seu mundo seria virado de cabeça para baixo, quando o destino resolve juntá-los.
De forma surpreendente e divertida a vida desses dois estranhos, tão diferentes, será interligada. Resta saber se eles estarão preparados para abandonar seus planos tão bem pensados e seguir novos planos (quase) perfeitos.

Lido em: Março de 2020
Título: Um plano quase perfeito
Autora: Bruna Mazzali e Erika Leonardo
Editora: The Gift Box
Gênero: Romance/Chick Lit/Nacional
Ano: 2019
Páginas: 155
Adicione no Skoob | Compre: Amazon
Continue lendo

Resenha: Sr. Daniels

Oi, Leitores!!


Eu adoro um romance com drama e sei que a Brittainy C Chery é craque neste estilo literário, muita gente sempre me falou mega bem desse livro e estava com ele aqui encalhado na estante, então decidi que estava mais do que na hora de lê-lo. Mas nada me preparou para tudo o que esse livro oferece!!
Ashlyn acabou de perder a sua irmã gêmea para a leucemia, ela não faz ideia de como será viver sem a sua melhor amiga, sem uma parte dela, mas nada do que imaginou está próximo das mudanças que vão acontecer na sua vida.

A mãe decidiu que ela deveria ir morar com o pai, com quem mal conviveu. Então agora, além de lidar com a ausência de Gabi, ela terá que conviver com o pai e sua nova família. Durante a viagem de trem para seu novo destino, ela carrega consigo poucos pertences e uma caixa cheia de cartas deixadas por sua irmã.

Lá na estação, ela se depara com Daniel e algo nele faz com que ela se conecte com ele. Eles conversam e ele acaba a convidando para ir ver a sua banda, ela ama música e irá para o show, lá descobre que além do amor pela música, eles tem um outro amor em comum, Shakespeare.

Conhecer Daniel, faz com que ela perceba que as coisas podem não ser tão ruins quanto ela imagina, além disso, ela consegue ter uma relação super bacana com com Hailey e Ryan, filhos da esposa do seu pai. Ela sente saudades de Gabi todos os dias, por vezes sente como se ela estivesse ao lado dela e as cartas que a irmã deixou, aquecem seu coração. Tudo isso faz com que ela crie um grande sentimento de esperança de ter uma vida boa e feliz.

As aulas em uma nova escola, onde o pai é diretor, a está assustando, afinal é mais um processo de adaptação, de novidades, mas o que mais a choca é descobrir que o garoto dos olhos azuis que a encantou é o Sr. Daniels, seu novo professor de inglês. Mas o choque não é apenas para ela, Daniel também não consegue acreditar nessa piada do destino.

Como manter tudo o que eles construíram em segredo? Até quando eles vão conseguir esconder o que vivem? Como eles podem se dedicar a resolver as suas questões pessoais com mais um problema na vida deles?
Eu amava quão distante estávamos, e quão próximos nos sentíamos.
Preciso dizer a vocês, esse é um livro triste, mas não é um livro que nos traz angústia. Não é apenas Ashlyn que sofre com a perda de uma pessoa querida, mas o Daniel também. Os dois vivem dramas difíceis, que mexem com cada uma das decisões que tomam e as coisas ficam complicadas, mais do que eu imaginava e mais do que você pode imaginar lendo essa resenha.

Confesso que uma escolha da autora para mim foi desnecessária, as coisas já estavam ruins e esse fato só piorou, sabe? Acho que a mensagem poderia ser passada, sem mais uma perda, sem causar mais dor. Tanto que larguei o livro por uns dois dias para poder absorver o acontecimento e acalmar meu coração.

O livro consegue ser lindo e incrível na mesma medida que é triste, a cada página eu alternava na minha vontade de abraçar, uma vez Daniel e outra Ashlyn. Durante a leitura, fiz muitas reflexões, chorei e sorri. O final é lindo, o desenvolvimento da história é linda e este com certeza é um livro que super recomendo a leitura.

Depois de perder a irmã gêmea para a leucemia, Ashlyn Jennings vê sua vida mudar completamente. Além de ter de aprender a conviver sem parte de si mesma, ela precisa se adaptar a uma nova rotina. Enviada pela mãe para a casa do pai, com quem mal conviveu até então, ela viaja de trem para Edgewood, Wisconsin, carregando poucos pertences, muitas lembranças e uma caixa misteriosa deixada pela irmã.
Na estação de trem Ashlyn conhece o músico Daniel, um rapaz lindo e gentil, e a atração é imediata. Os dois compartilham não só o amor pela música e por William Shakespeare mas também a dor provocada por perdas irreparáveis. Ao sentir-se esperançosa quanto a sua nova vida, Ashlyn começa o ano letivo na escola onde o pai é diretor. E não consegue acreditar quando descobre, no primeiro dia de aula, que Daniel, o belo músico de olhos azuis com quem já está completamente envolvida, é o Sr. Daniels, seu professor de inglês.
Desorientados, eles precisam manter seu amor em segredo, e são forçados a se ver como dois desconhecidos na escola. E, como se isso já não fosse difícil o bastante, eles ainda precisam tentar de todas as formas superar os antigos problemas e sobreviver a novos e inesperados conflitos.
Lido em: Março de 2020
Título: Sr. Daniels
Autora: Brittainy C Cherry
Editora: Record
Gênero: Romance/Drama/Jovem Adulto
Ano: 2015
Páginas: 322
Adicione no Skoob | Compre: Amazon
Continue lendo