Resenha: Marley & Eu – Livro X Filme


Oi, Leitores!!!

Bem... hoje eu quero trazer algo um pouquinho diferente para vocês. Um dos filmes mais deliciosos de cachorro! Ahhh seu lindo!



Então vou contar um “causo” primeiro...


Há alguns anos atrás, quando eu não gostava de ler, confesso que eu até tentava com diversos livros, mas quando paro pra pensar em algum livro que eu comecei e milagrosamente eu terminei, me vem a memória o livro Marley e Eu. Lembro que o filme já tinha saído e eu estava louca pra assistir. Mas não estava no cinema e nem passava na sessão da tarde. (abafa que na época internet era discada, e eu não poderia nem sonhar em carregar filme na net... tão pouco locar na locadora, enfim).


Foi ai que eu decidi ler o livro. Peguei meu cofrinho e juntei as moedinhas e comprei o livro. Me lembro que ainda foi na revista da Avon. 


Ao ler tive a seguinte impressão.



Livro

John e Jenny eram jovens, apaixonados e estavam começando a sua vida juntos, sem grandes preocupações, recém casados e pensando em filhos. ,antes de dar um passo grande de ter filhos resolveram criar um cachorro. Ora é quase a mesma coisa, não é?! Seiiii assim levaram o Marley para casa. Tão pequeno e muito rapidamente, se transformou num labrador enorme de 43 quilos. Oh cachorro que deu um trabalho danado: arrombava portas, arranhava paredes, babava nas visitas, comia roupa do varal alheio e abocanhava tudo o que pudesse. Mas, acima de tudo, Marley tinha um coração puro e a sua lealdade era incondicional. Imperdível.

Esse livro simplesmente é para aprender a gostar de ler. Digo mais, aos amantes de cachorro então, é recomendadissimo.






Filme



Tem tempo que eu assisti o filme. Mas eu me recordo que achei lindo. Foi a primeira vez que vi um filme e tinha lido o livro. Fiquei fascinada ao ver cenas que eu já tinha lido. Me encantei com o labrador, não por que essa raça de cachorro é uma das minhas favoritas e meu sonho ter um desse... Nem foi por isso... MENTIRAAAAAA... Isso mais que influenciou. Amei, amei e amei.

Na época eu achei o filme super parecido com o livro. Mas ao reler trechos do livro, e pela vivencia de adorar ler hoje. O livro claro é cheio de detalhes, mas na época eu estava achando tudo tão "maraviLindo" tudo que eu tinha lido estava ali, passando na minha Tv, mas eu fui percebendo que tinha umas coisas que passaram rápidas demais. Mas mesmo assim o filme é emocionante. A historia é bem real ao filme.

E algo que tem em ambos que é bem tocante é o seguinte:




Um cão não precisa de carros modernos, palacetes ou roupas caras. Símbolos de status não significam nada para ele. Um pedaço de madeira encontrado na praia serve. Um cão não julga os outros por sua cor, religião ou classe social, mas por quem são por dentro. Um cão não se importa se você é rico ou pobre, esperto ou não, inteligente ou burro. Se você lhe der seu coração, ele lhe dará o dele — John Grogan

Curiosidades sobre Marley & Eu

Você sabia que....
 1. Foram usados 22 labradores diferentes no papel de Marley?
2. Os pais de Owen Wilson na vida real interpretaram os pais dele no filme? Para a mãe do ator, a parte mais difícil de atuar foi conseguir não chamar o filho pelo nome verdadeiro durante as cenas.
3. Jennifer Aniston nunca tinha lido o livro antes de ler o roteiro e que chegou a rejeitar o convite porque não achava filmes sobre cachorro interessantes?
4. Que o verdadeiro John Groban, autor do livro, aparece no filme durante a cena do treinamento para cachorros como o dono do cocker spaniel?
5. As redações que aparecem no filme realmente foram filmadas no "Sun-Sentinel" e no "Philadelphia Inquirer"?

Espero que tenham gostado.... Em breve, estarei de volta!!!!


Chorei demais!

Encontre-me

Posts relacionados

2 comentários

  1. Respostas
    1. Oiiii, as diferenças não influenciaram no gostar do livro e do filme, só consideramos que algumas passagens foram rápidas no filme, o que de certa forma é normal... Vale a pena conhecer os dois...

      Obrigada pela visita!

      Excluir