Resenha: Para Onde Ela Foi



Olá pessoal! Como prometido, voltei com a resenha da continuação do Se Eu Ficar. Se não leram o primeiro, esperem terminar pra ler essa resenha, pois contém spoiller!







Meu primeiro impulso não é agarrá-la nem beijá-la. Eu só não quero tocar sua bochecha, ainda corada pela apresentação desta noite. Eu quero atravessar o espaço que nos separa, medido em passos - não em milhas, não em continentes, não em anos -, e acariciar seu rosto com um dedo calejado. Mas eu não posso tocá-la. Esse é um privilégio que me foi tirado.





Quem nunca fez uma promessa desesperada? Quem nunca se dispôs a abrir mão de tudo, em prol de um pedido que vem de dentro do mais profundo canto do ser? Quando Adam rezou, pedindo que Mia fosse salva da morte e acordasse naquele leito mesmo que isso custasse a separação dos dois, ele não imaginou que poderia ser ouvido. A própria Mia, no limbo que se encontrava o ouviu, e seu pedido foi uma das coisas que lhe deu forças para retornar à vida que quase havia sido ceifada junto com as da sua família naquele terrível acidente. Ela acordou e revelou que viu Adam chegar, descreveu o momento e a roupa que ele estava, toda a confusão para que ele conseguisse chegar perto dela na UTI com a ajuda de seus amigos.


Narrado pela perspectiva do Adam, Para Onde Ela Foi conta, em uma noite, tudo que levou à separação de Mia e Adam depois que ela acorda. A recuperação, a superação, a separação, o sucesso. Quando eles se encontram em Nova York três anos depois, praticamente por acaso, eles revivem em uma única noite toda a emoção de estar juntos; o que levou à separação; como são famosos agora fazendo aquilo que mais gostam: música. Uma noite por uma Nova York desconhecida da maioria, mas que Mia conhece bem e quer mostrar para seu grande amor.

Depois dessa noite nada mais será como antes. Eles amadureceram, sofreram, se recuperaram, viveram. Será que o amor que sentiam quando adolescentes pode ter sobrevivido a tudo que passaram? Será que era amor? Preparem-se para se emocionar novamente, chorar novamente, torcer novamente!


Um beijo queridos leitores e até a próxima!

Posts relacionados

2 comentários

  1. Oii!!!

    Eu terminei essa leitura essa semana e quase morri chorando. Tinha lido algo mas nada positivo em resenhas sobe essa história, mas eu posso dizer que gostei dos dois livros. Aguardo um próximo.

    beijos

    http://mundo-restrito.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Eu nunca tinha lindo uma resenha do livro e confesso que estou com um pouco de medo de ler, minha amiga disse que ficou com muuuita raiva da Mia, apesar de ter adorado o livro. Sua opinião sobre a personagem mudou de um livro para o outro?

    http://orelhadapagina.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir