Resenha: Loucamente Sua


Pessoas lindas do meu Brasil, hoje venho apresentar um dos meus queridinhos: Nick
Ops o livro "Loucamente sua", Claro! Mas o personagem é de morrer de amores!



Sinopse: De volta à sua cidadezinha Truly, em Idaho, EUA, a fim de atender ao funeral do seu padrasto Henry, a bela cabeleireira Delaney Shaw é surpreendida com uma cláusula do testamento dele: para receber a sua herança, ela deverá permanecer um ano inteiro na cidade e não ter “contato sexual” algum com o bad boy Nick Allegrezza, filho bastardo de Henry. Acontece que, dez anos antes, ela e Nick viveram uma paixão, e embora ele seja um mulherengo incorrigível, a proximidade de ambos reacende a antiga chama.


Título: Loucamente Sua
Autora: Rachel Gibson
Editora: Jardim dos Livros
Gênero: Romance, chick-lit
Ano: 2012
Páginas: 344




Há muitos anos, Delaney saiu de sua cidade natal. Ela necessitava se distanciar daquela pequena cidade, e mais do que tudo precisava ficar em longe de sua mãe Gwen e do padrasto Henry. Os dois sempre foram rígidos na educação e na vida também de Delaney. Mas essa era apenas uma bela desculpa para ficar longe do Nick Alegrezza, o filho bastardo de Henry. Nick é o cara mais delicioso da cidade, e também o mais marrento (adoro). Um homem lindo de origem basca que virou seu coração do avesso, quando ainda era muito jovem, onde começaram os conflitos rs



"Ele era proibido para ela por toda a vida, e ela foi atraída a ele como um inseto a uma luz. Delaney foi uma boa garota que desejava se libertar, e tudo que ele tinha que fazer era estalar o dedo e dizer quatro palavras. Quatro palavras provocativas de seus lábios mau."


Nick Alegrezza é um homem decidido, um perfeito bad boy... Mas não é nenhum garotinho de 15 ou 18 anos. Ele é um homem, um belo homem. Extremamente sexy, ele e seu irmão, que também é um homem de arrancar suspiros, porém mais centrado do que Nick. Ambos são lindíssimos e deixam paixões por todas as mocinhas da cidade. Podemos dizer quase todas, pois a cidade é um ovo. Uma das sortudas foi Delaney que caiu em seus encantos, mas o conto de fadas acabou quando seu pai cortou todo o barato, pois não queria que ele se envolvesse com sua "irmã" de consideração. E assim a moça resolveu virar-lhe as costas e ir embora da cidade.


Anos depois seu padrasto vem a falecer. Delaney atualmente é cabeleireira e nunca quis voltar para a cidade, muito menos ficar. Seus planos são de prestar rápidas condolências à sua mãe e pegar a mesma estrada que a trouxe para o velório. Mas ficou um pouco mais para a apresentação de um testamento do falecido padrasto, que fora um homem de muitas posses e bem generoso. A surpresa inicia neste instante. Seu padrasto não deixou a herança para sua esposa, mãe de Delaney, e sim para a própria Delaney mas deixou uma exigência que Delaney fique na cidade por um ano se quiser por as mãos na herança, caso contrário, Nick, o filho bastardo, delicioso, encrenqueiro e de poucos amigos, poderá levar a bolada, isto claro, com a condição de os dois não se relacionarem.

Oh Senhor, por que as pessoas tem essas ideias malucas. - nessa hora o livro me prendeu TOTALMENTE.

Para ganhar a fortuna ela é obrigada a ficar um ano na cidade, logo vê que será um ano difícil porque Delaney pegou ódio a cidade, ódio de Nick e de outros moradores. Mas ela precisa do dinheiro. Ela quer montar o seu salão, do jeito que sempre desejou. Então mesmo com tantos poréns ela decide ficar, mas sabe que terá que encarar Nick... Ou melhor, resistir a Nick. Sem poder se envolver, é claro!


"(...), tirou a garrafa da mão dela e a colocou na mesa. O Cantor da pequena banda de blues começou a tocar uma versão lenta e doce de I´ve Been Loving You Too Long enquanto Nick a levava para a pista de dança cheia. Ele a puxou para perto, (...) . Ela tropeçava enquanto tentava manter alguma distância (...), mas suas mãos grandes nas costas dela a mantiveram onde ele a queria."


Para fechar tenho que contar o que mais ano nesse livro:
Sempre que alguém me pergunta um livro romântico e lindo, esse me vem na cabeça

Amo as brigas de Nick e Delaney, as crises de ciúmes e momentos regados a tensão sexual.

Os momento de lembranças do passado são engraçadas.

Apaixonante, divertido, leve ,sensual e romântico.

Marca registrada da grande e espetacular autora, Raquel Gibson. A melhor no gênero chick-lit. Seus livros são sempre voltados para o sexo feminino, são romances leves, divertidos e são o retrato da mulher moderna. Eu AMOOOO a autora! reciso dizer que recomendo um dos meus livros prediletos!


Quero um Nick marrento pra mim!





Encontre-me

Posts relacionados

1 comentários

  1. Adoro este livro <3 Me diverti tanto lendo ele! Adorei sua resenha.
    Ah, já estou te seguindo!

    Beijos, Jac
    http://behind-thewords.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir