Entrevista: Adriana Brazil



Oi, meus amores!!!

Nós estamos super felizes por estar realizando mais um bate papo e dessa vez vamos conversar com a autora nacional Adriana Brazil! Afinal, os fãs sempre querem matar a sua curiosidade e saber um pouco mais sobre seus autores preferidos.




Apaixonada pelas artes, Adriana Brazil formou-se em música na tradicional Escola Villa-Lobos do Rio de Janeiro. Cresceu ouvindo as histórias carregadas de fantasia que seu pai contava, tornou-se então amante dos livros logo no início da adolescência, mantendo a literatura brasileira em primazia. Sua paixão pela escrita veio à tona em dezembro de 2009, quando nasceu seu romance Outono de Sonhos, indicado ao prêmio Codex de Ouro 2011 nas categorias Romance e Designer de Capa, como também ao Prêmio Interarte 2012 na categoria Melhores Romances, organizado pela Academia de Letras e Artes de Goiás Velho. A estudante de Letras é também colunista da Revista Cristã. Atualmente, a autora participa dos eventos com o grupo Turnê Literária. Mora no Rio de Janeiro com o esposo Marcio, o filho Lucas e a cachorrinha Kiara. 




Três Leitoras: Conte um pouco sobre Adriana Brazil.


Sou casada, mãe, esposa e escritora. Sou sonhadora ao extremo e ainda vou viver cada um dos meus muitos sonhos. Sou romântica, amiga, conselheira, tímida... Sou apaixonada por Jesus. Amo livros, música e dias frios...

Três Leitoras: Quando começou o seu amor por livros?


Sempre li, desde pequena. Meu pai foi uma forte influência para que eu gostasse de livros, pois quase sempre ele sentava na calçada da nossa casa e mandava que eu chamasse os coleguinhas da rua e nos contava histórias fantásticas que nos deixavam de boca aberta! Mas foi no início da adolescência que li A marca de uma lágrima de Pedro Bandeira e Meu pé de laranja lima de José M. Vasconcelos fazendo com que meu amor pela literatura explodisse no peito.

Três Leitoras: Ao escrever uma história o que você considera mais fácil? E o mais difícil?


Acho que o mais fácil é você pegar o livro depois de pronto. Enquanto se escreve sempre é uma tarefa difícil, são pesquisas, revisões e mais revisões. Até ir para a editora, eu por exemplo, não paro de revisar o texto.

Três Leitoras: Como foi o processo de escrever a série “Foi assim que te amei”?


Foi muito gostoso, prazeroso e inesquecível. São personagens que marcaram um tempo incrível na minha vida e que certamente deixará muita saudade em mim.

Três Leitoras: Sei que o último livro da série “Foi assim que te amei” tem data prevista para agosto e o lançamento oficial na Bienal do Rio de Janeirofale um pouco sobre Verão de Conquistas.


Verão foi o livro mais difícil de ser escrito. Além de ter que fechar as pontas soltas deixadas nos outros volumes, foi a despedida dessa turma que andou ao meu lado durante tantos anos. O final reserva muitas surpresas e emoções especiais que os leitores jamais poderiam imaginar.





Três Leitoras: Depois do lançamento de Verão de Conquistas, quais os novos projetos?

Antes de Verão está previsto o lançamento do meu primeiro romance teen Além dos Sonhos, escrito em 2011.

Três Leitoras: Existe algum grande sonho a ser realizado como Autora?

São tantos... Que meus livros vierem filmes... Que eu conheça o mundo todo... e por aí vai.
Três Leitoras: Deixe aqui uma mensagem para os seus fãs.


Quero agradecer ao carinho que sempre demonstram, pelas mensagens e mimos. Vocês são muito especiais na minha vida! Desejo que seus sonhos mais lindos se tornem realidade e que minhas histórias sempre colaborem para isso, para lembrar que vale a pena sonhar. Um grande abraço.











Três Leitoras: Adriana, super obrigada pelo bate papo... Estamos ansiosas pela finalização da série... Beijo grande!!!!


Entrevista: Daya Maciel
Edição: Mara Santos



Se você ainda não conhece o trabalho da Adriana Brazil, clica aqui e leia a resenha do primeiro livro da série Foi assim que te amei.

Posts relacionados

0 comentários