Resenha: Adivinhe quem sou esta noite



Adivinhe quem sou essa noite...



Proibido para menores!!!



Se você já leu Adivinha quem sou (resenha aqui no blog) não sabe o que perde sem ler a continuação da história de Yanira e Dylan.

Esse é mais um daqueles casais pelos quais não tardamos em nos apaixonar, ter raiva, querer dar conselho e no fim das contas chorar e rir com as atitudes que tomam.








Lido em: Abril de 2015
Título: Adivinhe quem sou esta noite
Autora: Megan Maxwell
Editora: Planeta
Gênero: Ficção alemã/Erótico
Ano: 2015
Páginas: 439          









Para além de mais um romance caliente e romântico, Yanira e Dylan acentuam as fragilidades humanas e escancaram nosso preconceito e pudor mais tenros.

Cada página lida nos revela o que por trás de uma relação na qual a mídia, ou as pessoas de modo geral (família, amigos, vizinhos, a fofoqueira ou o colega tirado a paparazzi), tendem a transformar o que é particular em público, manipulam o que chamam de informação e destroem uma relação baseada em confiança, amor e sexo selvagem.

Sim, nosso casal segue brincando quando pode, mas Yanira decide fazer algumas escolhas que estão relacionadas a quem ela é e não a quem os outros desejam quem ela seja. Afinal, a brincadeira de adivinha fica apenas para ela e seu delicioso moreno.

Entretanto, a conexão sensual que eles possuem não é suficiente para mantê-los juntos e finalmente a carreira de ambos dá espaço para as brigas intermináveis, palavras que magoam, ferem e partem um coração apaixonado.



Fico por aqui com a descrição da história dessa autora que a cada página mexeu mais uma vez com a minha estrutura e forma como a vida pode ser, Megan põe a lente de aumento nas coisas mais comuns: trabalho, sexo, amor, amizade, traição, cumplicidade, ética, sucesso, fracasso, filhos, família, paixão e perdão. Pois:

“O primeiro a pedir perdão é o mais corajoso.
O primeiro a perdoar é mais forte.
O primeiro a esquecer é o mais feliz...”




Encontre-me

Posts relacionados

0 comentários