Resenha e Tópicos para Discussão: Caixa de Pássaros



Olá leitores e leitoras dos nossos corações! 

E por falar em coração... Ele precisar ser forte para aguentar todo o suspense do livro de hoje...

Além disso, é a primeira vez que a Camila e a Mara escrevem uma resenha juntas, na conversa do Whatsapp elas perceberam que iam começar a ler o mesmo livro e na mesma hora combinaram de escrever juntas... Então, coloquem os cintos de segurança e se preparem...

Lido em: Maio de 2015
Título: Caixa de Pássaros
Autor: Josh Malerman
Editora: Intrinseca
Gênero: Suspense/Terror
Ano: 2015
Páginas: 264

Sinopse: Romance de estreia de Josh Malerman, Caixa de Pássaros é um thriller psicológico tenso e aterrorizante, que explora a essência do medo. Uma história que vai deixar o leitor completamente sem fôlego mesmo depois de terminar de ler. Basta uma olhadela para desencadear um impulso violento e incontrolável que acabará em suicídio. Ninguém é imune nem sabe o que provoca essa reação nas pessoas.
Quatro anos depois do surto ter começado, restaram poucos sobreviventes, entre eles Malorie e seus dois filhos pequenos. Ela sonha em fugir para um local onde a família possa ficar em segurança, mas a viagem que tem pela frente é assustadora: uma decisão errada e todos morrerão.
Caixa de Pássaros é um livro de suspense, ambientado num cenário pós-apocalíptico.  Ele conta a trajetória de Malorie em um mundo onde olhar é perigoso. Há algo em toda parte que faz com que as pessoas cometam atrocidades e se matem em seguida. E para que isso aconteça basta que se olhe para essa coisa.

Dá pra imaginar então, como é tenso viver em mundo assim, né? Você não sabe para o quê você não deve olhar, só sabe que não deve. Viver com o medo de encontrar alguém que tenha olhado ou de olhar e se tornar perigoso para aqueles que você ama e para si mesmo.

O suspense desse livro se baseia nesse medo. E sim, você vai sentir medo. A história é muito bem narrada e você sente o tempo inteiro a apreensão dos personagens e sente como se estivesse sendo observado e perseguido. O medo do desconhecido! O terror psicológico é a base desse livro.

É muito interessante como o autor faz uma narrativa que não é linear, ele alterna o presente e o passado e assim vai montando a história. Dessa forma, o leitor acompanha a mesma história como se fossem duas, a gente quer saber (e logo!) o que aconteceu antes para que Malorie estivesse no rio e o que acontecerá em sua viagem e depois dela.

Haja nervos! Eu li o livro inteiro em um único dia porque não consegui esperar para saber o final das "duas" histórias.

Eu adorei esse livro, não tinha lido nada neste estilo, meio filme de suspense, em que a gente fica com aquele medo o tempo todo e amei!! Gostei mais ainda porque o livro é bem escrito, não tem uma narrativa linear e por ser em 3ª pessoa, o que permite que o leitor possa saber do que está acontecendo em vários locais diferentes.  Eu também gosto muito de histórias pós-apocalípticas, de pessoas tentando sobreviver, buscando recursos, se agrupando, fazendo varreduras nos locais abandonados, se escondendo, tentando fugir... adoro essa atmosfera!  

Quando o livro termina fica aquela sensação de alívio, de que o objetivo foi atingido. No entanto, eu creio que se o autor quiser, é possível que haja uma continuação.

A leitura vale muito à pena, é um suspense muito grande, que te deixa com medo, mas ansioso para saber o final. Excelente leitura! Super recomendo!





Bom, conheci esse livro na 4ª Turnê Intrínseca e quando acabou eu e minha amiga Marta saímos loucas para comprar o livro (ainda mais que tinha desconto rsrsrsrs).

A Camila já falou bem para vocês sobre a história, mas eu preciso falar rsrsrs, colocar para fora certos sentimentos...

Primeiro, eu absorvi demais os sentimentos que a Malorie sentia durante o decorrer da história, o autor nos transporta literalmente para dentro do livro, e você sente tudo, você realmente vivencia a história.

Segundo, a forma incrível com a qual ele fez a viagem do tempo nos capítulos, pois ele conseguiu escrever de forma que não confunde a nossa mente e ficamos naquela ansiedade para o momento que passado e presente irão se cruzar e saberemos o que o futuro reserva aos personagens a partir dali.

Terceiro, o final nos permite imaginar o que acontecerá dali para frente, adoro finais que me permitem pensar, analisar e criar a minha própria história e final.

Esse livro acabou entrando no meu desafio, acreditem o suspense é tão, mas tão bom que eu simplesmente não conseguia lê-lo a noite.... Gente, minha mente divaga e eu vejo as coisas de forma muitoooo real. 

#DesafioLiterário2015
Categoria:  Um livro que te assuste ou de terror.


Sei que o livro é de suspense e mistério, mas ele me assustou e muito e por várias vezes....

Eu mais do que recomendo essa leitura, é daqueles livros que você pode ler em um único dia ou levar dias lendo, ele com certeza te dará o mesmo prazer.






Daqui pra frente vou falar de alguns SPOILER's (não leia se não quiser estragar a surpresa):

Gente, para quem leu o livro, quero saber a opinião de vocês: o que vocês acham que causa tudo isso? Pra mim, é algum tipo de bicho, monstro, meio alma, sei lá, alguma coisa assim. Algo que possa voar ou flutuar (no livro, eles usam muito os termos “a criatura”, “a coisa”).

E o que vocês acham de Gary? Na minha opinião, ele já era louco e por isso conseguia ver as criaturas sem se afetar. Ô raiva dele, viu? Afff! Que maluco. 

É sempre assim nesse tipo de história, é como em The Walking Dead: por pior que sejam as criaturas aterrorizantes, o ser humano ainda é o inimigo a ser combatido! 

Posts relacionados

5 comentários

  1. Mara, eu como eu li em um dia só, quando eu acabei já era tarde e fiquei morrendo de medo na hora de dormir! KKKKKKK
    Delícia de livro, fiquei louca para ler outros no mesmo estilo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mila, tadinha de você... Depois do primeiro dia de experiência da leitura a noite, eu simplesmente desisti de fazer isso de novo.....

      Tb estou doida por outro assim! :)

      Excluir
  2. Hello! Gente, esse livro é maravilhoso demais. Li em 1 dia e uma madrugada rsrs Me fez sentir como se eu estivesse lá. A tensão dos personagens... De tirar o fôlego. Nas partes em que eles tinham que pegar água no poço do lado de fora da casa meu coração disparava. Perturbador! Sensacional. Recomendo muito. Esperava mais no final mas o desenrolar da história valeu a pena com certeza.

    ResponderExcluir
  3. E na minha opinião não tinha "criatura" nem nada. Era tudo psicológico mesmo... O pior inimigo do ser humano: sua própria mente que lhe prega peças. :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Milena, esse é o bacana do livro na minha opinião, podemos analisar e conjecturar sobre a "criatura" e sobre o futuro dos personagens...

      Obrigada pela sua visita! :)

      Excluir