Corrigir o erro de português de alguém? Sim ou Não?


Quem nunca foi vitima de um coredor ortográfico? Oops corretor!

Nessa nova era digital todos estamos sujeitos a passar por isso. Mas até que ponto é um erro de digitação rápida e uma mudança de palavras pelo corretor ortográfico?

Ninguém (ninguém mesmo) está livre de cometer erros gramaticais, principalmente mesmo com a correção automática dos smartphones.


Mas e quando o erro vai ALÉM de um erro de digitação.
O que fazer?

Sim, um simples erro de português (às vezes nem tão simples assim) pode comprometer seriamente a competência que você deseja transmitir, abalando a confiança com seu público. Vide, que estou mencionando algo um pouco mais profissional. Como seria ter um relatório, uma ata ou quem sabe uma petição inicial sendo encaminhada para um juiz (não que um juiz seja a o expert em português) com erros gramaticais.

Mas a ideia central desse post, não é ir tão a fundo nisso, afinal, acredito eu que, essa questão é ou deveria ser consciente para todos.

Mas quando isso ocorre em uma rede social, um app de bate papo, entre amigo.

Corrigir ou não corrigir?
Vamos ser bem sinceros, você já corrigiu mentalmente (ou não) “alguém”... Seja ao ler algo, ou escutar ela falar algo do tipo “pra mim fazer”

Mas você já corrigiu essa pessoa DIRETAMENTE?

“Não é pra mim fazer... e sim pra eu fazer”

 
Foto retirada da fanPag Português da Depressão
Pra algumas pessoas esse erro é “simples”, não saber realmente que estão errados, ou não sabem empregar a palavra corretamente. Assim acabam sendo motivos de criticas.

Mas quando o erro é pra lá de grotesco.
Exemplo:
  • Nada a ver ou Nada haver
  • Senão ou Se não
  • Menos ou Menas
  • Agente ou A gente
  • Mal ou Mau
  • Nacer

Acredito que dá sim para corrigir aqueles a quem gostamos, mas isso precisa ser feito de maneira correta. Questione-se antes:

1.    Você tem liberdade para corrigir?
2.    É necessário?
3.    Se fosse com você, iria gostar?


Caso algumas dessas respostas seja NÃO... Repense ou não corrija. Mas se para elas as respostam foram sim, fique atenta a alguns tópicos.

·         Nunca corrigir na frente dos outros, ou em grupo (no caso de app).
Ao corrigir alguém, deve-se chamá-lo a sós, fechar a porta da sala ou do quarto, e conversar com firmeza, mas com polidez, sem gritos, ofensas e ameaças, pois este não é o caminho do amor. Não se pode humilhar a pessoa.

·          Escolha o momento certo
 Não se pode chamar a atenção de alguém no momento em que a pessoa errada está cansada, nervosa ou indisposta. Espere o melhor momento, quando ela estiver calma. Os impulsivos e coléricos precisam se policiar muito nestes momentos porque provocam tragédias no relacionamento. 

·         Não insista na correção do mesmo erro. Você acabará sendo o chato.

·         Use palavras corretas

Antes de corrigir alguém, saiba ouvi-lo no que errou; dê-lhe o direito de expor com detalhes e com tempo o que fez de errado, e por que fez aquilo errado. 


Mas alguns erros são irreversíveis (rsss)


  
Outra coisa...
Esses dias eu escrevendo algo, me bateu a dúvida...

Qual usar: Vim ou vir

Como se escreve: FIXAR - isso mesmo... Sem mais nem menos eu achava que Fixar era com Ch. Ficxar, fichar ou fixar. Recorri.
  
Por fim, termino com a frase a ser refletida.



Obrigado, amigo, pelos erros que me emprestastes, pois com eles pude corrigir os meus.

Encontre-me

Posts relacionados

0 comentários