Primeiras Impressões: Dez Coisas que Aprendi Sobre o Amor



Oi, Leitores!!!


Mais uma vez a Editora Novo Conceito nos presenteou com um livro degustação e dessa vez vamos falar de Dez Coisas que Aprendi Sobre o Amor.

Preciso dizer que de cara que amei o título do livro, acho que todos nós aprendemos coisas sobre o amor né? Aprendizado é um delícia e o amor... Ah, desse eu nem falo! rsrs

Título: Dez coisas que aprendi sobre o amor
Autora: Sarah Butler
Lançamento: Setembro/2015
Gênero: Drama

Sinopse: Por quase 30 anos, quando a brisa de Londres torna-se mais quente, Daniel caminha pelas margens do Tâmisa e senta-se em um banco. Entre as mãos, tem uma folha de papel e um envelope em que escreve apenas um nome, sempre o mesmo. Ele lista também algumas coisas: os desejos e o que gostaria de falar para sua filha, que ele nunca conheceu. Alice tem 30 anos e sente-se mais feliz longe de casa, sob um céu estrelado, rodeada pela imensidão do horizonte, em vez de segura entre quatro paredes. Londres está cheia de memórias de sua mãe que se fora muito cedo, deixando-a com uma família que ela não parece fazer parte. Agora, Alice está de volta porque seu pai está morrendo. Ela só pode dar-lhe um último adeus. Alice e Daniel parecem não ter nada em comum, exceto o amor pelas estrelas, cores e mirtilos. Mas, acima de tudo, o hábito de fazer listas de dez coisas que os tornam tristes ou felizes. O amor está em todas as partes desta história. Suas consequências também. Sejam boas ou más. Até que ponto uma mentira pode ser melhor do que a verdade?


Essa degustação, contém 28 páginas e já digo a vocês, com isso já fiquei muito, mas muitoooo curiosa sobre o livro e todo o seu desenrolar.

O livro é narrado em primeira pessoa, porém tem dois narradores: Alice é a filha mais nova das três filhas de Daniel que perderam sua mãe muito cedo. De todas, Alice foi a que menos conviveu com ela, e muitas das suas "memórias" foram contadas/compartilhadas por outras pessoas... O outro narrador, acredito eu que seja o Daniel, mas ainda tenho as minhas dúvidas.

Alice estava em uma longa viagem, mas precisou voltar para casa repentinamente. Seu pai Daniel está com câncer no pâncreas.

No primeiro encontro deles, percebemos o quanto eles se amam, mas também percebemos o quanto eles estão afastados. O que realmente aconteceu para que exista esse afastamento de pai e filha? Como Alice se sente por ter ficado tanto tempo fora de casa e só retornar agora nessa situação tão difícil?

Além destas, com certeza fiquei com muitas outras perguntas na cabeça, mas uma certeza eu tenho, Alice não se sente amada pelo seu pai e com certeza essa é uma das razões desse afastamento.

— Você sabe... que eu amo... você — diz ele. — Tanto... quanto as outras.
Gostei muito da escrita da autora, apesar de carregada em drama, consegue ser leve ao mesmo tempo e nos retrata de forma bem singela a relação familiar e todas as teias deste relacionamento.

No livro, existirão diversas listas com 10 coisas listadas e pelo que pude ver terão temas variados.... Achei isso tão gostoso que me peguei fazendo algumas listas rsrsrsrs E resolvi trazer para vocês uma das minhas listas... O que acha de entrarem na brincadeira também?

10 coisas que aprendi sobre o amor

  • É o maior dos sentimentos.
  • O amor próprio é o melhor e maior dos amores.
  • É o sentimento que dá suporte a todos os outros.
  • É companheiro, tolerante, respeitoso e paciente.
  • O amor é livre.
  • Os melhores momentos da minha vida estão todos relacionados ao amor.
  • É cultivado/regado pelos menores gestos.
  • É de pai, mãe, irmãos, amigos, tios, tias, primos, primas, avô, avó, parceiro, de você mesmo.
  • Mesmo que a gente acredite, não sabemos de metade do que o amor é capaz.
  • É o sentimento que move a vida!


Estou bem ansiosa por esse lançamento, preciso urgente saber o que mais irá acontecer... E você??

Beijinhos e até mais....



Encontre-me

Posts relacionados

2 comentários

  1. ja estou super instigada com essa história, a história de Daniel ja esta me fazendo lágrimas! Segredos e emoções não vão faltar!
    felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, essa história vai nos arrancar lágrimas!!!!

      Excluir