Resenha: Surpreendente! #NovembroAzul #LivroAzul



Oi, Leitores!!!


Hoje vim contar a vocês tudo sobre a minha escolha de livro em apoio a campanha do #NovembroAzul e eu falaria dele independente de qualquer coisa, sou uma fã do Maurício Gomyde, acho que todos devem ler seus livros e se puderem, devem conhecê-lo também.

O primeiro livro lido por mim este ano foi A Máquina de Contar Histórias que foi escrita por ele e eu contei aqui para vocês tudo que eu achei da história.

Mas vamos falar desse livro que tanto me surpreendeu (sim, eu sei, é clichê... Mas não me importo! rsrs)

Lido em: Novembro de 2015
Título: Surpreendente!
Autor: Maurício Gomyde
Editora: Intrínseca
Gênero: Romance
Ano: 2015
Páginas: 272


Sinopse: Pedro Diniz tem um desafio e um problema pela frente.

O desafio: filmar um roteiro magnífico capaz de surpreender o público e conquistar o maior prêmio do cinema brasileiro. O problema: não ter ideia de como fazer isso.

Aos 25 anos, recém-formado, Pedro está convencido de que é um sujeito muito especial, que tem a missão de usar o cinema como instrumento para melhorar o mundo. Diagnosticado na adolescência com uma doença degenerativa que o condenaria à cegueira, ele contraria a lógica da medicina quando a perda de sua visão estaciona de forma inexplicável. Enquanto comanda o último cineclube de São Paulo e trabalha em uma videolocadora da periferia, Pedro planeja seu próximo filme, a obra que vai consagrá-lo. E, para animar as coisas, conhece a intrigante Cristal, uma ruivinha decidida, garçonete e estudante de física nuclear, que mexe com seu coração.
A perspectiva idealista de Pedro, porém, sofre sérios abalos. Atormentado por um segredo, ele parte com os amigos Fit, Mayla e Cristal numa longa viagem até Pirenópolis, em Goiás, a bordo de um Opala envenenado. Com câmeras nas mãos e espírito de aventura, a equipe técnica improvisada está disposta a usar toda a sua criatividade na filmagem feita na estrada ao sabor de encontros inesperados e de sentimentos imprevisíveis. E o jovem cineasta descobre que, quando o destino foge do script, nada supera o apoio de grandes amigos.

Não fiquem chateados comigo, mas hoje decidi fazer uma resenha diferente do que tenho costume, tudo que vocês precisam saber sobre a história está escrito na sinopse, hoje eu quero falar apenas das sensações e sentimentos despertados em mim ao ler cada um dos capítulos.


Abrir o livro e ver todo esse azul já me trouxe uma paz para os dias agitados que tenho normalmente, então só de abrir o livro meu coração já se aquietou e entrou em um clima de tranquilidade. 

Começo a ler a história e percebo que ela será dividida em partes ou momentos, prefiro a segunda opção, e no decorrer da leitura descubro que são cinco e todas elas são importantes para que possamos amarrar essa história e entender tudo que acontece na mente e no coração do Pedro.

Ah, o Pedro! Ele é daqueles personagens que eu queria que existisse na vida real, certeza que seríamos amigos, ele puxaria minha orelha por gostar de filmes, mas me dedicar tão pouco a eles, e com certeza me infiltraria nos filmes clássicos e me contaria o que cada um deles trouxe de sensações e aprendizado para ele. Só para vocês entenderem um pouco quem é esse lindo cineasta de 25 anos, vou trazer dois trechos do livro que só me fizeram amá-lo. (quem me conhece, sabe que existe um pouco de Pedro em mim!)


Nossa vida é feita de um monte de momentos esquecíveis,entremeados por pouquíssimos inesquecíveis. Por que nãodarmos a nós mesmos o presente de tentar viver um inesquecível? - página 49

Sabe, acho que sou um caçados de sentimentos felizes. Um Indiana Jones, com meu chapéu e meu chicote. (...) E minha retribuição é falar sempre sobre coisas boas, sobre felicidade, sobre como olhar pelo ângulo bom da vida. - página 77

Muito mais que a história de um garoto que quer escrever e gravar um roteiro, muito mais que a história de um filme, muito mais que uma simples viagem. 

Para mim esse livro fala da amizade e do quanto ter bons e melhores amigos podem nos transformar. Esse livro fala sobre as chances que a vida nos oferece, todos nós merecemos primeiras, segundas e terceiras chances, é assim que aprendemos, que crescemos e formamos a nossa história.

Aí você pode me perguntar, o que existe de surpreendente em uma história comum, com personagens comuns? E eu te digo, é no simples e na singularidade que as melhores coisas da vida surgem.

Um livro cheio de referências do cinema e da música (confira aqui a playlist do Spotify), que irá em um único capítulo te fazer sorrir, rir, gargalhar, mas também parar, respirar, refletir, lacrimejar os olhos e em algum momento deixá-las cair! 

Um livro que nos traz superação, o desejo de mudar o mundo, o desejo de realizar um sonho, inseguranças, dúvidas, medo, obstáculos... Mas que nos traz o amor, e não o amor romântico, mas o amor entre amigos, aquele que é capaz de te tirar do abismo, ou mesmo te impedir de cair nele.

Porque somos seus amigos. E se uma pessoa passar toda a existência sem fazer algo realmente excepcional por um amigo, a vida não terá valido a pena... - página 184

Os últimos capítulos foram difíceis de ler, me emocionei... Com os olhos cheios de lágrimas, consegui sentir em mim o amor que existe entre os personagens, com grandes lições gravadas na memória de uma leitora ávida, uma mulher que acredita sempre no melhor, mesmo que os caminhos da vida não o sejam. Surpreendente! me encheu de esperança... Entrou na minha lista de livros da vida, daqueles que dificilmente irei esquecer.


E para fechar a resenha, para quem já leu e para quem não leu, confira o melhor Book Trailer que já vi na vida... Se você não leu veja, leia e reveja, com certeza você verá além...





Encontre-me

Posts relacionados

2 comentários

  1. Oi Mara!
    Lendo sua resenha pue escutar você falando e aquele nosso dia especial com o Maurício.
    Eu adorei essa "resenha diferente", cheia de sentimentalismo e doçura que você escreveu. Surpreendente é tocante e o Gomyde é "expert" em criar histórias assim. Eu também sou fã declarado e á espero pelo próximo livro ansioso.

    Bjux, Mara. Estou seguindo o blog.

    Diego, Blog Vida & Letras
    www.blogvidaeletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Diego!! Tão feliz em ouvir essas suas palavras, a resenha foi bem o que o livro me trouxe, muitos sentimentos e uma doçura profunda... Obrigada pelas suas palavras, pela visita e por estar nos seguindo.

      Beijo grande!!!

      Excluir