Resenha: Eu deveria ter confiado em você







Chegou ao fim, galera...


Onwwwwwttt essa é uma trilogia que vai deixar saudade. Pra quem acompanhou essa arrebatadora historia vai saber como foi intensa. Então vamos resenhar o ultimo livro? #partiu! 





No último volume da série, descubra a verdade sobre o misterioso passado de Andrew e acompanhe seu acerto de contas com Alyssa! Nesta série, a autora best-seller do The New York Times e do USA Today, Whitney Gracia Williams, mistura os mundos do Direito e da dança em uma narrativa apaixonante e erótica que vai fazer o leitor rir, chorar e querer (sempre) um pouco mais. No último volume da trilogia, Andrew finalmente deve enfrentar os fantasmas de seu passado e buscar seu futuro, ainda incógnito. Dividida entre a dança e o Direito, caberá também à Alyssa acertar as contas com o passado e decidir o verdadeiro peso de cada coisa, de cada sonho e de cada pessoa. Todos os atos têm um preço, resta saber quem estará disposto a pagá-lo... Confira os excitantes momentos decisivos da série Reasonable Doubt!



*** Esta é a continuação de "Uma Noite e Nada Mais" e "Ela Nunca Será Minha".

OMG... tenho que confessar que a autora escreveu muito bem de trás pra frente. Eu explico. Ao decorrer da leitura, os livros foram melhorando. Geralmente as trilogias vão ficando mais chatas e massantes, essa foi ao contrário.

Aubrey conseguiu quase o impossível. Fazer com que Andrew quebrasse suas próprias regras. Sem que ele percebesse, ela foi chegando de mansinho e conquistando cada vez mais o bonitão e entrando em sua vida. Mas quando pensamos que não, Andrew se lembra exatamente o motivo de não querer um relacionamento... (isso vimos no livro 2) e assim ele arrebenta de vez com o pobre coração de Aubrey.

“Não seja simplesmente bom; seja bom por um motivo.”

A decisão de Aubrey de abandonar o emprego e consequentemente Andrew por não aguentar mais sofrer por ele muda tudo (Eitaaaaa que orgulho dessa mocinha).  Aubrey se muda para Nova York e com essa viagem os dois, cada um de sua forma, sofre com a separação e fingindo que não estão, mas os dois estão completamente destruídos.



Somos mais do que amigos… sempre fomos. Eu só não posso ficar com você agora.

Andrew fica perdido sem Aubrey e finalmente decide lutar por ela. Ele é um bastardo arrogante, boca suja e de um humor bem ácido, isso parece até que é o charme (admito) e ao mesmo tempo definitivamente divertido, sexy e misterioso.

Seu passado sofrido e calejado, o deixou traumatizado e mesmo assim, ele manteve seu caráter intacto. Isso que é o apaixonante nesse homem.

Quando ele finalmente permite que seus sentimentos venham à tona, se torna um homem que começa a cuidar das necessidades de Aubrey em primeiro lugar. Esse é um dos poucos personagens que eu digo "Esse existe na vida real"

Este último livro é o meu favorito dos três, mas eu ainda acho que poderia ter sido um livro só. Nos EUA as autoras escrevem e publicam por partes (pequenas partes) e esse livro foi assim, e a publicação no Brasil se deu da mesma maneira, mas está valendo. O livro é classificado como erótico, mas tem mais palavrão que sexo.


Lido em:
Dezembro de 2015
Título: Eu deveria ter confiado em você
Autor: Whitney G
Editora: Universo dos Livros
Gênero: Romance Erótico
Ano: 2015
Páginas: 250





Encontre-me

Posts relacionados

0 comentários