Resenha: Grey



Oi, Leitores!

Eu estava super ansiosa para falar para vocês sobre o livro, finalmente esse dia chegou!!!

Lido em: Dezembro de 2015
Título: Grey - Cinquenta Tons de Cinza Pelos Olhos de Grey
Autora: E. L. James
Editora: Intrínseca
Gênero: Romance Erótico
Ano: 2015
Páginas: 524

Na voz de Christian, e através de seus pensamentos, reflexões e sonhos, E L James oferece uma nova perspectiva da história de amor que dominou milhares de leitores ao redor do mundo.
Christian Grey controla tudo e todos a seu redor: seu mundo é organizado, disciplinado e terrivelmente vazio – até o dia em que Anastasia Steele surge em seu escritório, uma armadilha de pernas torneadas e longos cabelos castanhos. Christian tenta esquecê-la, mas em vez disso acaba envolvido num turbilhão de emoções que não compreende e às quais não consegue resistir. Diferentemente de qualquer mulher que ele já conheceu, a tímida e quieta Ana parece enxergar através de Christian – além do empresário extremamente bem-sucedido, de estilo de vida sofisticado, até o homem de coração frio e ferido.
Será que, com Ana, Christian conseguirá dissipar os horrores de sua infância que o assombram todas as noites? Ou seus desejos sexuais obscuros, sua compulsão por controle e a profunda aversão que sente por si mesmo vão afastar a garota e destruir a frágil esperança que ela lhe oferece?

Eu já falei aqui em outras resenhas que alguns livros me despertam a vontade de saber o que a pessoa do outro lado pensa e sente. Sempre quis entender o que se passava na cabeça do Grey, afinal tínhamos apenas a visão da Ana e confesso a vocês que nem sempre concordava com os pensamentos dela, alguns eu percebi que acertei, mas em outros ele me surpreendeu de verdade.


Neste livro, temos a visão do Grey com relação ao livro 01 da trilogia 50 Tons de Cinza, os livros 50 tons mais escuros e 50 tons de liberdade não entrar na sua narrativa.


Mas confesso que tinha muito medo de a história e o encanto envolvido no Christian acabasse sendo destruído pela a autora e o nosso encanto fosse quebrado, confesso que para mim isso não aconteceu e quando a história acabou fiquei com aquele gostinho gostoso de quero mais.

Eu achava que Christian, mesmo com as suas demonstrações de "mais", não era doce, mas me enganei profundamente. A questão é que ele lutou tanto contra os sentimentos desconhecidos e assustadores que acabava fazendo questão de mostrar fatores diferentes do que ele realmente sentia, claro que nem sempre conseguiu.



Você veio até aqui. Vamos ver se a pequena Srta. Steele é atraente como você se lembra.
Hora do show, Grey.



Achei bacana conhecer mais de Elena na visão do Grey, mas meu nojinho e raiva dela permanecem, aliás até se intensificam, ela realmente consegue ser bem chata.

Confesso a vocês que na parte que eu tinha mais curiosidade em saber, que era como ele se sentiu quando ela o deixou, foi a que mais me surpreendeu e confesso: chorei!

Vamos ver um pouco do Dr. Flynn também, que na visão da Anastacia, só conhecemos no segundo livro. E foi difícil não admirá-lo um pouco mais... rsrsrs

- Você nunca sentiu saudade de nenhum das mulheres com quem se envolveu antes?- Não.- Então havia algo diferente nela - sugere ele.(...)- Já pensou em ter uma relação mais convencional com essa garota?

Por alguns trechos do livro, sentia como se estivesse lendo uma história diferente e isso me deixou bem satisfeita.... A escrita dela continua gostosa, envolvente... Uma outra coisa que gostei é que não houve um excesso de repetições. Em contrapartida, a mania dela de usar expressões do tipo "a deusa interior", meio que se repetiu nesse, mas de uma forma menos massante.

Achei que era impossível, mas me encantei mais ainda pelo Grey... Amei saber o que ele pensou a cada e-mail escrito, como ele planejava cada uma das coisas que fazia por ela... Fiquei tão encantada que até revi o filme para matar a saudade.







4 comentários :

  1. Eu gostei mais do livro do Gray do que da série original #ProntoConfesei Achei o livro mais enxuto e é envolvente, rapidamente a gente ler e termina com aquele gostinho de quero mais como assim acabou?!? Ou seja, adorei a resenha!


    Pandora
    O que tem na nossa estante "

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiii, obrigada pela visita!
      Realmente, esse livro é super envolvente e deixou esse querer mais...

      Excluir
  2. Não sua uma leitora de 50tons logo não li Grey, mas achei sua resenha muito bacana, o livro me pareceu até interessante, coisa que nunca pensei em relação a trilogia, enfim, parabéns pela resenha.
    Estou seguindo e adorando o blog!
    Beijos.
    Tenho um blog sobre filmes, series e cultura no geral. Se puder dar uma conferida eu ficarei muito grata: http://cineleva.blogspot.com.br/ :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Willma... Obrigada pela sua visita e pelos comentários...

      Um abraço!

      Excluir