Resenha: Checho de Anita






Oi, Leitores!!!

Primeira leitura concluída em 2016 e já vim contar a vocês tudo que achei do livro da Adriana Vargas.

Lido em: Janeiro de 2016
Título: Checho de Anita
Autora: Adriana Vargas
Editora: Modo/Editorial Ella
Gênero: Romance/Ficção
Ano: 2015
Páginas: 250

O livro é narrado por Anita, uma menina de 17 anos, que tem duas paixões: os livros e a música, ela toca violino. Uma bookaholics que mora em Campo Grande e tem um coração cheio de sonhos, apesar de tudo que vive. Ela criou o projeto Literando e não se cansa de sair pelas ruas de sua cidade, pedalando sua bicicleta, em busca de alguém a ser inspirado pelas histórias dos seus livros.

Um dia ela recebe uma carta, de um rapaz chamado Checo, só que a Anita do destinatário não era ela. Ao ler a carta e ser tocada por aquelas palavras, ela não pensou muito e quis ser a Anita do Checo e respondeu a sua carta e foi assim que iniciou a história dos dois, a cada carta trocada o sentimento entre eles apenas ia crescendo e quando se perceberam estavam apaixonados.

Lembro-me da primeira correspondência, que recebi há dois meses. (...) Não resisti... Respondi como se fosse a própria e adorada Anita de Checho. - página 13

Anita é filha de um militar, que viaja muito e sempre é acompanhado pela sua esposa, ou seja, Anita sempre ou na maioria das vezes está sozinha, a relação deles é vazia de sentimentos e isso a faz sofrer profundamente.


Checho tem uma ex, um filho que depende deles e pais com um fé cega e que acha que o fato dele não ter casado com a mãe de Bento, o faz alguém amaldiçoado.

Será capaz de apenas o sentimento de amor que existe entre Anita e Checho para que eles fiquem juntos?

Eles terão a oportunidade de se conhecer e vivenciar esse sentimento que cultivaram, mesmo que por pouco tempo, uma separação dolorosa e não desejada, faz com que os dois sofram bastante.

E é nesse momento que Anita é convidada pela vida a crescer... Afinal, os seus sonhos não estão tornando-se realidade e conviver com essa frustração, irá mexer com seus sentimentos e vida.

Como acontece com todos nós, sempre temos um alguém em quem nos apoiar, e Anita encontra Andreas, ele também toca violino e faz de tudo para aproximar-se dela... Com isso, uma amizade surge entre eles, de forma forte e intensa. Mas será que Andreas que ser apenas amigo de Anita?

O livro é narrado por Anita, mas teremos capítulos onde Checho e Andreas tomam a narração para eles. O livro é prioritariamente um romance, mas ele tem uma pegada de sobrenatural e isso me chamou muito a atenção, pois a mescla dos estilos funcionou e faz com que fiquemos curiosos sobre o tema.

A mensagem passada pelo livro é bem bacana, ele nos mostra como podemos superar dores, perdas, frustrações, mas também nos mostra as coisas boas da vida, os amigos, a união, o poder do perdão. Além disso tudo, nos mostra como os livros podem transformar a vida de pessoas, as cenas narradas nos momentos que a Anita está colocando o Literando em prática, foram as que mais mexeram comigo.



E comecei o ano bem, cumprindo a primeira leitura do #DesafioNacionais2016. E vamos que vamos...


1/25


2 comentários :

  1. O livro foi uma grata surpresa, até porque só pela sinopse não conseguimos ter a dimensão do quanto a história tem pra mostrar. Ao terminar d lê-lo fiquei com aquela sensação boa, com o coração leve.
    Beijos.
    http://recolhendopalavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A sinopse realmente não consegue demonstrar tudo que tem na história e isso nos surpreende!!!

      Obrigada pela sua visita!

      Excluir