Hora do Leitor "Compro, leio, dou!"


Oi, Leitores!!!

 
Hoje, na Hora do Leitor, vamos conhecer Gladys Maris de Brasília. Uma leitora que exerce a profissão mais bonita na minha opinião, ela é professora e junto com tantas outras está construindo o futuro do nosso país. Além disso, ela é minha amiga pessoal, parceira e que alegra meus livros constantemente... Ela tem uma característica como leitora que admiro demais e ela vai nos contar aqui... No final, eu volto a esse assunto....

Vamos conferir o seu depoimento???



Livros!!!

Desde meus 12 anos eles são os satélites que me cercam o mundo!

Não que eu tenha iniciado a leitura aos 12, porém foi nessa idade que os romances me raptaram, sem pedido de resgate e me tornei viciada em vivê-los! Não meu povo, não errei o verbo. Porque a cada livro vivo uma nova vida e uma nova aventura. Um novo amor e uma nova forma de amar. Ficção ou não, são os romances que eu amo ler!
Já li pra lá de 1000 livros nesse tempo, mas devo ler mais um tanto ainda, já que estou esse ano a completar 44 anos e deve haver por volta de uns 1000 livros aguardando serem lidos... Dos que estão publicados, é óbvio, outros ainda virão!
 Compro livros, leio livros, doo livros. É isso aí que vocês leram: Compro, leio, dou.

Livro só tem graça nas mãos de leitores. Livro para fazer número, para enfeite ou por algum distúrbio psicológico de acumulação, não é comigo!



Tenho muitos! A maioria ainda na fila (Todo viciado em leitura conhece a famosa “Fila de livros que quero ler”), outros estão com dedicatória de autores ou amigos, pois esses não teria a mínima lógica repassar e ainda tem aqueles que REleio... É gente... eu releio livros... Tem os que já li 8 vezes (Cristiane F. – Drogada e Prostituída; De Francisco de Assis, para você), os que li 3 vezes (Outlander – A Viajante do tempo; Perdida), os que li 2 vezes (Toda a série dos Novas Espécies, O príncipe do Canalhas). Esses não serão repassados, pois provavelmente, em algum momento, irei ler novamente...
Antes que entrem no circuito aqueles que gostam de desprezar quem lê, já vou logo dizendo que trabalho sim, tenho amigos sim, saio e viajo, porém para mim não há diversão melhor que um bom livro e sou capaz de trocar uma saidinha por uma boa história, sem peso na consciência.

Louca? Minha terapeuta diz que os livros são o meu termômetro, se estou lendo, estou bem. Se parei de ler... Alerta máximo!
 
 No final das contas eles são meu equilíbrio e os receito para todos a minha volta. E se tem uma coisa que gosto tanto quanto ler é presentear meus livros para as pessoas que amo!
Raro são aquelas que me conhecem e não receberam um livro de mim. Tá triste? Mando um livro. Ficou doente? Livro. Aniversário? Livro. Não gosta de ler? Livro para aprender a gostar! Já viciei algumas por esse caminho...

Então é isso. Leia um livro, doe um livro e seja feliz!




E você, costuma doar livros? Repassá-los? Dando assim a oportunidade de outras pessoas viajarem nesse nosso mundo mágico??

Como disse no início, amo o fato da Gladys doar livros, assim ela está propagando o gosto pela leitura e permitindo que outras pessoas adquiram o mesmo amor.

Gostou da coluna e quer participar também? Envie um e-mail para tresleitoras@gmail.com.br com o assunto "Hora do Leitor" e nos conte a sua história.

Posts relacionados

1 comentários

  1. Ahhh minha nossa... meu sonho ser desapegada assim
    kkkkkkkkkkkkkkkkkk não sei se serei assim... quem sabe?!

    ResponderExcluir