Resenha: A Educação de Caroline #2



Oi Caros amigos leitores... o que temos pra hoje? 

Dez anos depois de seu primeiro romance, rompido de modo tão dramático, Sebastian e Caroline se encontram novamente, desta vez, em circunstâncias completamente diferentes, tendo como pano de fundo a guerra no Afeganistão.

Agora uma jornalista de sucesso e correspondente de guerra, Caroline encontra o oficial da Marinha Sebastian Hunter. Ele a havia esquecido ou ainda esperava por ela? Podem antigas paixões ser revividas?

Se você está lendo essa resenha, suponho que já leu o primeiro livro A Educação de Sebastian. Em A Educação de Caroline reencontramos nossos personagens principais dez anos depois do final do primeiro livro. Genteeeeee... O final do primeiro livro é dramático... Depois desse tempo Caroline correu atrás do tempo "perdido"... Tempo que ficou casada com o seu ex imprestável marido. Agora, ela está com seus quarenta anos de idade, tem amigas, uma casa para chamar de lar, e um emprego como uma das jornalistas mais renomadas do país... Ahhh suas escritas de história com milhares sendo reconhecidas.

Ela se aperfeiçoou em política e guerra, e agora viaja o mundo em busca de matérias que descrevem a realidade do dia a dia militar.

Em Genebra, antes de conseguir chegar ao Afeganistão ela encontra Sebastian! OMG... Sebastian que já não parece em nada com o garoto que ela conheceu anos antes.

O reencontro entre eles é doloroso, impactante e sentimental. Sebastian, acreditou por anos que Caroline desistiu do amor deles ao não ir procurar por ele nunca mais e para a minha maior tristeza ele ficou um mulherengo, e se reconfortava da sua tristeza no álcool. Quando eu li isso, minha memória se reportou imediatamente para o seu pai... Infelizmente.


Mas... ahhh sempre tem um "mas" para nos falar que o amor fala mais alto. Sebastian é o mesmo... O mesmo menino, o mesmo garoto, o mesmo homem apaixonado. Estava assustado com tudo o que estava acontecendo ao reencontrar Caroline, mas o amor não havia morrido em seu coração.

Antes de partir para o Afeganistão, ambos a trabalho, ainda restarão alguns dias que eles irão aproveitar muuuuito para se reconhecerem, descobrir como foram os dez anos separados, pra matar o tempo perdido né minha gente... E para fazer a viagem pela Europa pela qual sempre planejaram e desejaram há dez anos atrás. 

Olha... amei a narração dos lugares: França, Suíça e Itália. Queria eu está em viagem com um bonitão desse!!

Ahhh preciso contar pra vocês: Sebastian está bem melhor do que garoto inexperiente de 17 aninhos de idade. Um homem feito e cheio de experiências, de 27 anos... Mas será que a idade de ambos ainda irá atrapalhar esse amor? Afinal Caro não é mais nenhuma mocinha... Ela esta com 40 anos!

Novamente o livro tem sim cenas quentes e apimentadas... Creio que um pouco menos que o primeiro livro. Até a metade dele tem um pouco de drama, mas senti que tem mais história, bem mais história que o primeiro... Tive a sensação até de que o livro não iria acabar nunca.


                               
 A Capa do segundo livro... bem é uma bela capa, mas assim como a autora nos contou em uma entrevista... Sim... temos uma entrevista publicada que a Jane nos concedeu. (Para conferir clique AQUI) ... Voltando a Capa... Eu concordo com ela quando a capa poderia estar relatando mais um cenário de guerra, ao qual o livro trouxe bastante... Mas não deixa de ser uma bela capa.



Para quem ficou curiosa para saber a evolução do personagem, tanto fisicamente (e que físico viu) mas como sua maturidade e como seu amor desabrochou por Caro... Não vai perder essa duologia.






Lido em: Fevereiro de 2016
Título:  A Educação de Caroline 
Autora: Jane Harvey-Berrick
Editora: Novo Século Editora
Gênero: Romance
Ano: 2015
Páginas: 382





0 comentários :

Postar um comentário