Resenha: Todo Seu



Olá, leitoras!

Finalmente Sylvia Day deu fim à história de Eva e Gideon Cross. E, bem, não vou aqui discorrer sobre o que achei da autora ter estendido em cinco livros o que antes era uma trilogia, rsss.

A história de Gideon e Eva nos apresenta um casal que não consegue resolver seus problemas com um diálogo. Tudo termina em sexo dos bons, e após a morte de Nathan e o casamento às escondidas, eles ainda enfrentam alguns obstáculos.

O principal deles é estabelecer um diálogo e domar seu instinto de proteção. Eles vão precisar fazer concessões, estabelecer uma relação de equilíbrio dentro e fora dos lençóis. E com a ajuda do Dr. Petersen, Lucky e as elucidações de traumas do passado que o casal Crossfire vai finalmente poder viver o seu amor.
Mas, é assim que acaba?

O que mais você esperava? Um ataque de rebeldia de Corine Giroux? Um crime? Mais mentiras? Um ataque sórdido do casal Lucas? Noite quentes de sexo? Um casamento oficial com festa e vestido de noiva? Uma família nova? Um destino que se estendeu e que terminou como imaginávamos que deveria ser?
Bem, nem tanto ao céu nem tanto ao mar. A autora pesou a mão ao nos preencher de expectativas e talvez não correspondê-las.

Se vale a pena a leitura?

Bem, segundo o Poeta “tudo vale a pena quando a alma não é pequena”.

Lido em: Maio de 2016
Título: Todo seu – Quinto volume da Série Crossfire
Autora: Sylvia Day
Editora: Paralela
Gênero: Romance Erótico
Ano: 2016
Páginas: 317


0 comentários :

Postar um comentário