Resenha: Por Toda Eternidade



Olá, leitores!

Tully Hart é uma mulher ambiciosa, movida por grandes sonhos que, na verdade, escondem as lembranças de um passado de abandono e dor. Ela acredita que pode superar qualquer coisa ao esconder bem fundo os sentimentos de rejeição que carrega desde a infância... Até que sua melhor amiga, Kate Ryan, morre. Então, tudo começa a mudar para Tully, que se vê escorregando em um precipício cheio de memórias melancólicas e remédios para dormir...Dorothy Hart — ou Cloud, como era conhecida nos anos 1970 — está no centro do trágico passado deTully. Ela abandonou a filha repetidas vezes na infância. Até que as duas se separaram de uma vez por todas. Aos dezesseis anos, Marah Ryan ficou devastada pela morte da mãe, Kate. Embora seu pai e seus irmãos se esforcem para manter a família unida, Marah transformou-se numa adolescente rebelde e inacessível em sua dor. Tully tenta aproximar-se de Marah, mas sua incapacidade para lidar com os sentimentos da afilhada acaba empurrando a menina para um relacionamento infeliz com um rapaz problemático.A vida dessas mulheres está intimamente ligada, e a maneira como elas vão rever seus erros e acertos constrói um romance comovente sobre o amor, a maternidade, as perdas e o novo começo. Onde há amor, há perdão...


Este livro é a continuação do livro: Amigas para Sempre, e nele vamos descobrir um pouco mais da vida da Tully, o porquê da sua Mãe tê-la abandonado, e conhecemos Dorothy, suas razões, suas dores e arrependimentos, me emocionei com sua história de vida! E mostra como Tully superou sua grande perda!




Algumas pessoas esperam a vida inteira por uma relação assim, mas as histórias chegam ao fim. A gente perde as pessoas que ama e tem que encontrar uma maneira de seguir adiante...















A diferença deste livro para o primeiro é que ele é um pouco mais emocionante e mais místico, mas a mensagem de superação e os laços de amizade são os mesmos, vale a pena conferir este desfecho! 

Em vez de ignorar a dor, você precisa mergulhar nela, usá-la como um casaco quente num dia frio. Havia paz na perda, beleza na morte, liberdade no arrependimento. Ela aprendera isso da forma mais difícil.

Finalizei a leitura completamente tocada e maravilhada com mais esse livro que entrou para minha lista de favoritos!

- Há quanto tempo você finge não estar sofrendo?A pergunta machuca.- Por que você me pergunta isso?- Porque, Tully, às vezes o poço se enche de lágrimas. E a água começa a transbordar



Lido em: Abril de 2016
Título: Por Toda Eternidade
Autora: Kristin Hannah
Editora: Novo Conceito
Gênero: Romance
Ano: 2014
Páginas: 400

Encontre-me

Posts relacionados

0 comentários