Resenha: Meu Erro



Oi, Leitores!!!!



Eu já estava com esse livro no meu Kindle há um bom tempo e com o lançamento de Minha Rendição (terceira publicação vinculada a série), decidi iniciar a leitura de imediato e cá estou para falar dele com vocês.

Já aviso de imediato, caso decida fazer a leitura deste livro, tenha em mente que a mesma será tensa, carregada de sentimentos e por diversas vezes você irá parar para respirar, pois foi exatamente assim que me senti.

Errar é humano. Essa é uma das verdades absolutas da vida.



Carol e Gabriel são duas pessoas assombradas por seus traumas e medos, cada um a sua maneira tenta manter-se vivo, cada um escolheu o seu caminho (bem diferente, por sinal), mas isso não impediu que em uma situação indesejada e triste seus caminhos se cruzassem.

Enquanto Carol está fugindo de todas as formas da escuridão, Gabriel se afunda nela cada dia mais e mais. E mesmo assim eles se conectam de alguma forma, eles não compreendem porque e não conseguem, inicialmente, entender o porque de certos sentimentos. Mas também percebem que é meio difícil não assumir o que sentem e impedir-se de ir aonde a sua intuição os manda.
E esse foi meu maior erro. Meu erro mais que perfeito. Aquele que se transformou no meu recomeço e na minha salvação.


Carol precisa tomar uma enorme decisão, ela precisa decidir se quer continuar fugindo da escuridão ou se afunda novamente nela, diversos conflitos, medos e inseguranças estarão ao seu redor e a grande dúvida é "será ela capaz de voltar de lá quando assim for necessário?"


- Esse Gabriel que te salvou duas vezes não existe para mais ninguém, Carol, apenas para você. - Viro-me de frente para ela tentando compreender o que me disse.
- O que você quer dizer com isso?
- Que talvez você seja a única que conhece o cara que se esconde por trás do Iceman,
Carol decide ouvir o seu coração, ela se entrega ao amor, ela se enche de esperanças por acreditar que todos podem mudar, afinal ela também estava tentando e por muitas vezes tem conseguido.

Por mais criticada que fosse, por mais que todos achassem que ela fez escolhas erradas, ela não desistiu. Ela lutou, mas até que ponto vale lutar para salvar alguém? E se o outro não quiser ser salvo? E se ele não acredita que pode ser salvo? 

Durante a leitura, lembrei algumas vezes das minhas sessões de terapia e lembro bem de uma frase que a minha terapeuta me disse, em um dia que eu era puro medo e insegurança, ela me mostrou que é impossível não termos esses sentimentos, e que eu não poderia permitir que eles andassem nem a minha frente e nem atrás de mim, que eu devia mantê-los lado a lado e enfrentar a vida... E nesse dia, sai de lá com uma frase que carrego sempre comigo "Só tem medo, quem tem coragem".

Acredito que foi exatamente isso que a Carol vivenciou... Ela decidiu viver e encarar a vida, a realidade.

Gabriel tem muitas dificuldades para encontrar o seu caminho, ele teve uma infância difícil, perdeu a mãe, não teve um pai presente, foi afastado de uma das pessoas que mais amava na vida... Ele decidiu testar seus próprios limites, mas ele os ultrapassou e foi atropelado por uma realidade bem cruel.

Uma história dramática, que talvez sugue as suas energias, mas que nos oferece diversas lições e nos mostrar que o amor é o único sentimento capaz de ultrapassar certas barreiras.

Lido em: Fevereiro de 2017
Título: Meu Erro
Autora: Cinthia Freire
Gênero: Drama/Romance
Ano: 2016
Páginas: 380
Amazon


Em breve, volto para falar sobre o conto Minha e Minha Rendição. Prevejo mais e mais drama, e eu adoro!!!


4 comentários :

  1. Respostas
    1. Essa série é deliciosa... Em breve estarei aqui falando dos próximos livros...

      Excluir
  2. Respostas
    1. Que bom que você gostou!!! Feliz pelo carinho e confiança!!

      Excluir