Resenha: Contando estrelas



Oi, Leitores!!



Lido em: Abril de 2017
Título: Contando estrelas
Autora: Thati Machado
Gênero: Infantojuvenil/LGBT/GLS
Ano: 2017
Páginas: 90
Amazon

Este livro é um spin-off de Com outros olhos, e foi nele tivemos a oportunidade de conhecer um pouco do Leo, seu irmão, mas não foi o suficiente para entendermos que ele é, como as coisas se desenrolaram em sua vida. 

Nesse livro entenderemos os dilemas vividos pelas pessoas que assumem uma orientação sexual diferente daquela que acreditam ser a comum e correta.

E é exatamente isso que Leo nos contará!

O livro começa com Leo, em um relato tão simples, singelo e emocionante, contando sobre o dia em que contou a sua família sobre o fato de ser homossexual. Ele não teve problemas ao contar como se sentia com relação a sua orientação sexual, enquanto Davi, seu namorado, até hoje não se assumiu e vive uma relação não pública com Leo. E esse é o maior conflito do relacionamento deles.

Pelo Leo, ele já teria colocado em todos os outdoors da cidade, anunciado na TV e no rádio, tudo o que ele sente e o que o Davi representa para ele, mas também sabe que se deseja encontrar um final feliz, ele precisa respeitar e entender as escolhas do seu amado.

Não parece extremamente injusto termos que esconder um sentimento tão lindo quanto o amor pelo fato de que algumas pessoas simplesmente não conseguem aceitá-lo? Por que é mais fácil aceitar o ódio, a falta de empatia? O que há de errado em duas pessoas que se amam expressarem o que sentem uma pela outra?

Cada vez que leio livros que abordam essa temática, por mais que tenha a convivência com homossexuais, nunca terei a noção do que essas pessoas sentem, nunca entenderei seus medos e inseguranças, mas isso também não me impede de me solidarizar com as suas dores e entender a importância de abordarmos essa temática e mostrar a sociedade que somos todos iguais e devemos ser tratados com respeito.

No conto teremos questões familiares e religiosas sendo abordadas, como algumas das situações que permeiam a vida deles e de tantas outras pessoas que passam pela mesma situação. Uma outra coisa que está bem presente no livro, é a presença do amor puro, pois é isso que une esse casal de jovens com uma vida inteira para ser vivida, mas que só ocorrerá de forma plena quando dentro deles assumirem todos seus sentimentos e quem realmente são.

Um livro com uma escrita maravilhosa, que nos envolve, que mexe com nossas crenças e verdades, que nos faz refletir sobre nossos preconceitos e na forma injusta como julgamos o outro. Um livro que merece ser lido, por todos e para todos. Um livro que me emocionou e que me mostrou que contar estrelas é uma das ações mais simples e mais renovadoras que podemos fazer por nós.


Mas se as pessoas simplesmente entendessem que amor é só amor, não haveria tanto medo e nem a necessidade desse lance de se assumir. A gente assume um crime, um delito... Não o amor!

Encontre-me

Posts relacionados

0 comentários