Maio Especial dos Romances de Época



Oi, Leitores!!!!

Neste mês de maio, teremos um especial delicioso, vamos dedicar um pouco do nosso espaço para falar sobre as delícias dos romances de época...

E esse projeto está sendo desenvolvido junto com algumas amigas blogueiras, então não deixem de conhecer os blogs Compulsivamente LiteráriaDiário de uma Leitora CompulsivaModernagem e O Caos Feminino.


Como funcionará? Durante todo o mês teremos postagens especiais nos blogs participantes sobre esse mundo que tanto nos encanta, então fiquem de olhos abertos e não deixem de nos acompanhar!

E hoje eu gostaria de bater um papo com vocês sobre este período tão marcante para os nossos romances...
Como já percebemos a maioria dos livros de romance de época e romance histórico se passam nos anos 1800, mas o que acontecia de interessante no mundo nesse período?

  • Em 1822, ocorreu a Independência do Brasil;
  • Em 1831, D. Pedro I abdicou do Trono;
  • O primeiro recenseamento oficial do Brasil ocorreu em 1872 e o País contava com 9.930.478 habitantes;
  • Entre 1803 e 1814, ocorreu uma grande Guerra entre Reino Unido e França, sob o comando de Napoleão;
  • Entre 1811 e 1820, o rei George III foi considerado impróprio para assumir o trono e então seu filho George IV foi proclamado, por procuração, Príncipe Regente e estes anos ficaram conhecidos como período regencial e estendeu-se até 1837;
  • Em 1837 iniciou-se a Era Vitoriana na Inglaterra, quando a Rainha Vitória iniciou o seu reinado, que durou até 1901.
Curiosidade: Os romances da autora Júlia Quinn se passam no período regencial, enquanto os da autora Loretta Chase se passam no período vitoriano.

Vocês perceberam que eu falei de romance de época e romance histórico? Existe mesmo diferença entre eles? Te garanto que sim, vamos descobrir quais?

Antes de qualquer coisa vamos entender o que o Romance Writers of America conceitua como romance.
Todos os romances têm uma história de amor central e um final emocionalmente satisfatório. Além disso, um romance pode ter qualquer tom ou estilo, ser definido em qualquer lugar ou tempo, e ter diferentes níveis de sensualidade indo desde doce a extremamente quente.
E é por esta denominação que acabamos encontrando tantos subgêneros para romances e os romances de época e históricos fazem parte desta categoria.

Fazendo algumas pesquisas na blogosfera, encontrei o seguinte conceito para Romances Históricos:
Romance histórico é um gênero literário, no qual a narrativa ficcional se relaciona com fatos históricos. A composição das personagens e dos cenários é feita de modo que estejam em concordância com documentos e dados históricos, oferecendo assim ao leitor uma noção da vida e dos costumes da época. (Fonte)



Além disso deve seguir algumas características, como:
  • O fato histórico deve ser o ponto de partida para a construção da ficção, ambos interagindo;
  • Uso de temas heroicos e personagens representando valores éticos e morais;
  • A narrativa é construída no tempo passado, em detrimento ao tempo em que escreve o autor;
  • Busca de legitimação dos fatos históricos através de documentos e referências históricas;
  • Tentativa de recuperar estruturas sociais, culturais, políticas e estilos do passado



Já os Romances de Época são:
Esse gênero também busca retratar e resgatar os costumes e vida de uma determinada época, entretanto não há necessidade de haver uma relação com acontecimentos ou personagens reais da história, ou seja, a construção da ficção não precisa ser legitimada por dados históricos, pois não há preocupação com datas ou pessoas que existiram de fato. Portanto, as personagens como as situações em que elas vivem são criados pelo próprio autor, e inseridos num universo e modo de vida de uma sociedade de uma determinada época. Nesse caso, e na maioria das vezes, retrata a sociedade londrina do século XIX. (Fonte)
As principais características que encontramos são:
  • Tem como foco principal narrar histórias de amor, sendo o foco principal um casal que se apaixona no início ou descobre esse amor ao longo da trama, e que passa por diversos obstáculos durante a história;
  • Há diversos personagens secundários que ajudam a compreender o ambiente que se passa o romance, apresentando os costumes, aspectos culturais e sociais da época;
  • Na maioria das vezes, as mocinhas destes romances tomam atitudes “à frente de sua época”;
  • A história aborda eventos sociais (principalmente bailes); educação da época; etiqueta; diferenças sociais; moda; tipos de diversão e lazer; os incríveis duelos; comportamento, fragilidade e ingenuidade feminina; a importância de um título; casamento por conveniência, romance ardente e sedutor; e a descoberta do verdadeiro amor.

Acho que a partir de agora não teremos mais dúvidas quanto a diferença entre os dois gêneros né? Espero que eu tenha ajudado vocês... E que, como eu, estejam bem animados para este especial, pois ele será realmente especial...

Preparem seus corações para conhecer muito mais sobre esse período encantador... Teremos muitas surpresas para vocês!

Beijos e até mais!





Posts relacionados

7 comentários

  1. Adorei o post, amiga! Romances de época, não tem como não gostar! <3 Muito amorzinho! Estou louca para os próximos posts do mês!

    ~ Compulsivamente Literária

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amiga, tô super feliz por vc ter gostado!!! De verdade!!!! Estou louca pelos próximos posts tb!!!

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mara, amei o post e fiquei mega curiosa para ler os romances de época, nunca li nenhum acredita..kkkkk pois vc despertou em mim essa vontade! Amei amiga e até os próximos post.

      Excluir
    2. Mulherrrr, vc precisa resolver isso, tem muitooo livro bom!!! Fica de olho nos post, pois daremos muitas dicas de livros!
      Adorei te ver aqui!!
      Beijão!

      Excluir
  3. Antigamente eu tinha um pouco de preconceito pelo gênero, achava que seriam livros chatos e difíceis de fazer a leitura. Mas foi graças a Loretta Chase com o livro O Príncipe dos Canalhas que eu me apaixonei pelo gênero. Gostei bastante do post e das recomendações, beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Luan! Que delícia te ter aqui acompanhando nosso especial!

      Excluir