Resenha: O garoto que eu abandonei



Oi, Leitores!


Quando li o primeiro livro da trilogia Encantados, O garoto dos olhos azuis, e conheci o Ian e a Barbara, achava que os irmãos dela mereciam que a gente conhecesse suas histórias, não fui a única, e para atender ao pedido das suas leitoras a Raiza Varella decidiu escrever sobre eles.

Quando li O garoto que tinha asas achei que seria impossível ter alguém mais lindo, sexy e incrível quanto o Monstro, a história dele e da Anna me emocionou de uma forma maravilhosa e ele já havia ganhado o posto de “o melhor” no meu coração, mas aí O garoto que eu abandonei, o Gustavo, decidiu que esse posto seria só dele e vocês precisam ler essa história, pois tenho certeza de que irão concordar comigo.

Porém, se você não leu os livros anteriores, pode acontecer dessa resenha te fornecer pequenos spoilers.

Gustavo estava namorando escondido há um tempo, afinal ele sabia que se contasse a sua família que estava namorando a Camila a casa iria cair, afinal a Bárbara, com muita razão, a odeia. Mas, como o velho ditado já diz “mentira tem perna curta”, a casa caiu para ele e Gustavo encontra-se dividido entre a sua adorável família e a mulher que ele ama. Enquanto isso, Bárbara assume a missão de acabar com esse relacionamento a todo custo, até mesmo ter conflitos com seu garoto dos olhos azuis, ela nunca aceitará essa mulher na sua família, ela tem certeza que a Camila destruirá o coração do seu irmão.

E como ela fará isso? Trazendo alguém do passado do Mala para o seu presente, ela nunca soube desta mulher e muito menos o que ela fez para partir o coração do seu irmão, mas algo lá no fundo lhe diz que ter a Marcela de volta é a solução para o problema de todos eles e ela irá escutar a sua intuição.

Marcela só perdeu na vida e hoje é uma mulher morta por dentro, que sobrevive sabe-se lá porque. Abandonou todo o seu passado e sonhos quando perdeu tudo de mais precioso que tinha. Atualmente, trabalha como detetive particular, mantem a sua língua afiada, mas adquiriu um peso que odeia, bebe mais do que deveria e é assombrada diariamente por uma saudade absurda.

Ela não sabe ou não se recorda, mas é a Branca de Neve de um belo príncipe. E a sua “fada madrinha” que só deseja que o seu príncipe não suba ao altar com a mulher errada, fará com que Marcela encare o seu passado... E com isso muitos encontros, desencontros, dores, medos, mentiras e inseguranças retornem como uma avalanche.

Ela se fechou, se anulou, se armou com seu sarcasmo para viver. Mas não poderia se esconder para sempre dentro da sua teia de mentiras e segredos, porque o príncipe estava se aproximando e, com ele, viria todo o amor que um dia ela jurou enterrar. Esse amor seria suficiente para que ela, finalmente, lhe contasse a verdade?

Será que tudo de bom que eles tiveram, irá sobreviver a maldição da maçã envenenada? Será que Bárbara terá agido corretamente ao colocar até o seu próprio “felizes para sempre” na jogada?

Essas e muitas outras perguntas que você se fará durante a leitura serão respondidas....




Gustavo é um homem peculiar, a sua honestidade e caráter são de encher o coração de orgulho, a forma como ele cuida e protege aqueles que ama, mais ainda. Com certeza, você irá se surpreender com o jeito doce e amoroso dele. Mas seu medo e insegurança marcaram muito as suas escolhas, alterando drasticamente o curso da sua vida e o fazendo viver com um "e se..." eterno em sua mente.

Ele é o garoto que eu abandonei.


Já Marcela é o tipo de pessoa que você irá admirar profundamente e sentirá a sua dor como se fosse sua, torcerá enormemente para que a luz ilumine a pessoa incrível que ela é e a faça enxergar que momentos difíceis e dolorosos existem, mas que o amor pode mudar muitas coisas, basta que a gente permita.

A leitura deste livro com certeza foi a mais intensa de todos os livros da trilogia, me vi envolvida profundamente com os personagens. Todos eles irão nos surpreender com atitudes e escolhas que não esperamos. Muitos pontos serão amarrados e por alguns momentos da leitura fiquei sem ar e com os olhos cheios de lágrimas.

- Não - Ele balança a cabeça em uma negativa. - Minha maior saudade é você - Sua voz é firme e seu olhar é duro.

Além dos dois primeiros livros de Encantados, também li o livro Caçadora de Estrelas, mas nenhum deles me emocionou mais do que esse. A Raiza tem evoluído mais e mais a cada história, conseguindo misturar um romance com drama e chick lit na medida certa, tornando a leitura envolvente e com uma mistura louca e gostosa de sentimentos.

Se você ainda não leu nenhum dos livros da trilogia, essa é a oportunidade certa, os três estão lançados. Aproveite e renda-se a histórias cheias de amor, união, muita confusão, risos e drama. E encontre muitos “felizes para sempre”.

- Não sou uma princesa - debocho, me sentindo sufocado. - Mas é um príncipe. O mais gentil dos meus encantados. - Ela sorri. - Um dia, você me disse que havia perdido essa moça, e eu lhe falei que, se fosse para ser sua, ela voltaria. O destino nunca erra, filho, quem erra são as pessoas.

O livro será lançado amanhã no site da Amazon, então fiquem de olho e não perca a oportunidade de adquirir todos os livros da Trilogia.

Lido em: Janeiro de 2017
Título: O Garoto que eu abandonei - Trilogia Encantados #3
Autor: Raiza Varella
Gênero: Literatura Nacional/Chick-lit/Romance
Ano: 2017
Páginas: 450
Amazon

Encontre-me

Posts relacionados

4 comentários

  1. Eu tenho os dois primeiros livros no meu Kindle, e não li mas agora estou com vontade de ler por causa da resenha do terceiro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lara, leia a trilogia, eu tenho certeza de que vc ficará apaixonada!

      Excluir
  2. Respostas
    1. Joyce, não fazemos distribuição de PDF, afinal é ilegal! Se tem interesse no livro, acesse a Amazon e realize a sua compra!

      Excluir