Resenha: Pequenos Cupidos


Oi, Leitores!!!

Estou por aqui de novo, para falar de mais um livro da Debbie Macomber. E claro, depois de realizar a leitura, precisava vir contar a vocês tudo o que eu achei dele.

Foto apenas da capa, peguei o livro emprestado e esqueci de tirar uma foto dele, afinal sou dessas cabeça de vento! rsrs
SINOPSE: Desde que ficara viúva, Dori Robertson criava seu filho sozinha. Agora, o menino de 11 anos começou a pressioná-la para encontrar um marido. E ele até já escolheu o pretendente: o ex-jogador Gavin Parker. A filha de Gavin também quer que ele se case de novo. Quando as crianças unem forças, Gavin sugere que ele e Dori comecem a sair juntos, apenas com o intuito de deixar os pequenos cupidos felizes. Ela não vê problema algum nisso, até sentir o calor do beijo dele...

Danny é o único filho de Dori, fruto de um amor que chegou ao fim após o falecimento de seu marido. Além de compreensivo e amoroso, o menino tem um jeitinho especial de cuidar da mãe - Ah gente, de inicio o menino é um fofo - Só que agora Danny quer um papai novo, mas não pode ser qualquer papai, tem que ser um cara atlético, alto, que ame a mãe (viu como ele é fofinho).

Mas não importa quantas qualificações o menino coloque em sua listinha para o pai perfeito, sua mãe sempre esta tentando driblar o menino para que ele tire isso da cabeça. O destino para pirraçar, faz com que ela esbarre exatamente com um cara bem mal humorado chamado Gavin Parker.

Gavin não esta a procura de uma esposa, ele já se apaixonou e quebrou a cara uma vez e não pretende que isso se repita em sua vida. Afinal de contas, ele é um famoso ex jogador de futebol americano e quer mais é pegar as mocinhas fúteis, ou como ele mesmo chama “cérebro encolhido”. Apenas isso. Nada sério, afinal as mulheres que querem sair com ele são todas interesseiras. Certamente Dori não se encaixa nesse estereótipo, mas Melissa, sua filha, acredita que ela daria uma boa mãe.

Duas crianças com carência de pai e mãe. Dois adultos precisando de um companheiro... Hum isso tá me cheirando mal.
Resultado de imagem para new year family picture ideas




















Dori e Gavin começam com o pé esquerdo, mas ao desenrolar da história acabam se entendendo, porém até que esse entendimento chegue a vontade de dar umas boas tapas nele me passaram pela cabeça, porque pense num homem complicado.

Tive que concordar com umas amigas que ele é um tipão bem rude, idiota e estúpido. Mas eu entendi ele perfeitamente, seus motivos e razões. Compreendo que é muito doloroso ter o coração partido, que ficamos com medo de arriscar outra vez, aceitar o amor de alguém, todavia generalizar é sempre um equívoco.

Danny deixa de ser um menininho fofo em determinadas atitudes no livro. Parece mais um adulto besta que uma criança de 11 anos.

Apesar dos altos e baixos, Pequenos Cupidos cumpre seu papel, além de uma história curta de amor e reconstrução tem aquela perspectiva sonhadora de contos de fadas que tanto nos encantam.

Resultado de imagem para crianças com pais


















Como esse livro também foi escrito há um bom tempo (seu lançamento foi em 1986), ele não tem passagens hots e nem momentos de pegação, o que não tira em nada a empolgação pela leitura. Uma ótima pedida para passar o tempo e se divertir com a história. 











Lido em: Fevereiro de 2018
Título: Pequenos Cupidos
Autora: Debbie Macomber
Editora: Harlequin Brasil
Gênero: Romance
Ano: 1986
Adicione no Skoob









Encontre-me

Posts relacionados

9 comentários

  1. Oi Luana tudo Bem?
    Que história fofa adorei, tudo que envolve crianças fica muito mais divertido. Parabéns pela resenha fiquei super curiosa em saber o final, obrigado pela dica. Bjs!

    ResponderExcluir
  2. Parece aquele bom e velho romanção de banca de jornal que eu tanto amo!
    Adorei sua resenha e sua dica!
    Anotadíssimo!! <3

    Beijinhos

    #Ana Souza
    https://literakaos.wordpress.com

    ResponderExcluir
  3. Que livro fofo meu Deus, sério! Já quero muito ler porque deve ser engraçado duas crianças tentando juntar seus pais, ao mesmo tempo que é lindo né? Amei

    ResponderExcluir
  4. Oi, Luana.
    Já li um livro da Debie que foi lançado há algum tempo pela Novo Conceito. Não conhecia este outro, mas fiquei curiosa. Adoro histórias que envolvem crianças. Fiquei encucada com essas atitudes do menino, não curto muito quando a personalidade dos personagens fogem a sua faixa etária. No mais, sua resenha me deixou bem curiosa.

    Um super beijo,
    Barb.
    www.segredosentreamigas.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oiii tudo bem??

    Não sabia que esse livro era de 86, mais velho do que eu. Mas não é muito diferente de alguns contemporâneos.
    Adorei conhecer a história mesmo apesar de não ser fã de romance, e esse lance de homem mal amado e etc.
    Não curto.
    Adorei a resenha.
    Bjus Rafa

    ResponderExcluir
  6. Oiiii!

    Adorei sua resenha!
    Já fiquei empolgada pra ler o livro e vou deixar ele na minha listinha dos que eu pretendo ler! ♥

    Beijinhos
    Wanessa

    ResponderExcluir
  7. Parece ser um livro muito lindo e não tem importância não cenas hots, hoje em dia muitos autores acham que devem colocar cenas mais quentes nos livros, mas não é sempre bom, eu realmente não gosto kkkkkk. Amo quando tem crianças no meio e principalmente quando tem um grande papel na trama. Ahhh amo essas fofuras.

    Um abraço!!!

    http://sussurrandosonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Ola Luana menina adorei a premissa do livro, assim como a fofura do menino, já quero ler, adoro histórias com esse tema, pois são leves e fofas ao mesmo tempo, já anotei a super dica. beijos

    Joyce
    Livros Encantos

    ResponderExcluir
  9. Oi Luana,
    Estava indo tudo muito bem até você dizer que o menino parece um adulto besta kkkkkk, péssimo isso. A autora deve ter se perdido e esquecido que o protagonista era uma criança, estava bem curiosa, mas confesso que vou passar.

    Beijos

    ResponderExcluir