Resenha: Azul da cor do mar


Oi, Leitores!!!

Depois de anos com esse livro na minha estante, eis que finalmente eu o leio. E gente que livro puro amor... Eu consegui rir, gargalhar, me emocionar, suspirar e todas aquelas outras coisas que uma pessoa apaixonada faz sempre que vê ou pensa no seu amor.
E durante a leitura, enquanto eu lia e me encantava com a história e os personagens, só pensava em uma frase do meu querido e amado Chaves.
Palhaçadas a parte, vamos para a parte boa né? Vou contar um pouquinho a vocês sobre a história e tudo o que senti durante a leitura.

Primeiro, tenho que falar da Rafaela... Ela como eu, adora escrever sobre seus sentimentos e desde que ela viu aquele garoto da mochila xadrez de frente para o mar, quando era uma adolescente e passou a sonhar com ele e escrever sobre milhões de maneiras possíveis de se reencontrarem. Aí você deve estar pensando "nossa, que garota sonhadora!!!". Sim, a Rafa é uma menina sonhadora, mas ela não é triste e muito menos viveu na ilusão deste garota, ela é alegre, viveu a sua vida e acabou de conquistar algo que ela tanto queria. Como estudante de jornalismo, seu grande sonho era trabalhar em um jornal bem conceituado e ela conseguiu, agora era estagiária do melhor jornal de Minas Gerais. 

Ela é meio destrambelhada (como eu, será que me identifiquei demais??) e meio que se mete em umas furadas (oi, azar!). Então, é obvio que apesar de ter conseguido uma vaga de estágio incrível, na área que mais desejava, tinha que ter algum problema né? E o dela tem nome e sobrenome: Bernardo Venturini.

Caramba, o cara não sabe ser simpático. E como tutor dela no estágio, era um grande pé no saco. Por dias, ele evitou dar qualquer tipo de trabalho interessante para a Rafa e isso me irritava de um jeito, que só a madrugada! Até que ela com seu jeito peculiar, o "convenceu" que ela merecia uma oportunidade. 

E entre trancos e barrancos, a Rafa mostrou toda a sua competência e mostrou ao Bernardo que eles são uma dupla e tanto... Mas acho que não foi apenas como profissionais que eles perceberam que podiam dar certo... Mas não irei contar a vocês como essa descoberta irá acontecer... Só posso dizer a vocês que é incrível e que com isso, o garoto da mochila xadrez e todos os textos escritos para ele, ganhará um novo espaço na vida da Rafa, ele será resignificado.

Eu simplesmente amei a escrita da Marina e a forma como ela desenvolveu a história, quando vi estava completamente envolvida e não conseguia fazer outra coisa a não ser pensar em como aquilo tudo iria acabar. Sem contar que é um hino de amor, cumplicidade e companheirismo, com um pouco de drama, mas não sabemos viver sem um né?

Lido em: Maio de 2018
Título: Azul da cor do mar
Autora: Marina Carvalho
Editora: Novo Conceito
Gênero: Romance
Ano: 2014
Páginas: 334
Adicione no Skoob | Compre: Amazon

Encontre-me

Posts relacionados

14 comentários

  1. SUA RESENHA É MUITO BOA, ME DEIXOU BEM CURIOSA.VOU ADICIONAR A MINHA LISTA.

    ResponderExcluir
  2. Olá tudo bem, adorei sua resenha livro que nos arrancam emoções costumam me agradar muito, a capa do livro é linda e sugestiva, beijos!

    ResponderExcluir
  3. Oiii tudo bem??

    Estive com esse livro na minha estante por muito tempo, e quando comecei a ler tomei pavor da personagem principal desde o inicio, não consegui evolui na leitura.
    Além de não ter gostado da escrita da autora, tomei realmente pavor.
    Que bom que sua experiencia foi outra.
    Bjus Rafa

    ResponderExcluir
  4. Eu li essa obra assim como voce mas lembro com carinho do quanto ela me fez rir, que história mais amorzinho! Marina sabe como ninguém como encantar o leitor, fiquei até meio nostalgica, deu vontade de reler haha.

    ResponderExcluir
  5. Adoro livros assim, que deixa quentinho no coração do leitor.
    Fiquei curiosa para saber como a descoberta de sentimentos se dá entre Rafa e Bernardo e porque os textos ganham espaço na vida da protagonista. A história realmente parece ser puro amor, quero ler.

    Abraços.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Gosto de histórias apaixonantes, mas fiquei na dúvida se iria gostar desse livro. O que me chamou atenção foi o fato do livro falar sobre valores importantes como amor, companheirismo. Por esse motivo, daria uma chance a obra.
    Tenho muita vontade de conhecer esse selo da Novo Conceito.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  7. Aí que delicia ler uma resenha desse livro. Li a muito tempo atrás e amei tanto. Ainda não li a sequência, mas tenho um carinho especial pelo trabalho da Marina Carvalho, já li quase tudo.
    Seu texto fico ótimo de ler. Parabéns pela leitura e pela escrita.
    Quem ainda não leu deve ler.

    ResponderExcluir
  8. Olá, tudo bem? Um livro que preciso retirar dos não lidos da vida haha Adoro a Marina Carvalho e sua escrita, então esse livro sempre esteve na meta e só não surgiu oportunidade. Sua resenha só me deixou mais animada ainda e com expectativas do que irei encontrar. Adorei!
    Beijos,
    http://diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Olá, tudo bem?

    Acho que sou a única que ainda não leu nada dessa autora, e não é por falta de vontade ou curiosidade. Já tinha ouvido falar desse livro e esqueci de anotar o nome e fiquei eras procurando sem achar. Agora que achei vou providenciar e ler, porque pela sua resenha o livro é maravilhoso e o tipo que amo ler!

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. É maravilhoso quando nos envolvemos com a leitura, né?
    Já vi algumas resenhas deste livro, e tenho curiosidade em ler. Adorei seus comentários sobre a obra.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Oiee Mara ^^
    É tão bom quando a gente se identifica com algum personagem assim de cara, né? Parece que fica ainda mais fácil se envolver e gostar do livro. Eu já tinha visto várias resenhas desse livro antes, mas a história não me chama muito a atenção, então eu não fiz nenhum esforço para tê-lo...haha'
    Fico feliz em saber que você gostou tanto, mas não sei se o leria tão cedo *-*
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir
  12. Oi Mara!
    Apesar de amar a Marina Carvalho, confesso que não li esse, mas li o segundo que é a mesma história contada pelo ponto de vista dele, e analisando com os outros livros dela achei ele bem fraquinho, mas ainda sim amo a autora e fico feliz que tenha gostado da leitura e desencalhado um livro da estante!!

    Beijokas

    ResponderExcluir
  13. Ai que linda sua resenha!
    Ainda não li , mas queroooo
    amo livros divertidos que me fazem bem.
    amei a capa também , super maravilhosa!
    um beijo

    www.chuvanojardim.com.br

    ResponderExcluir
  14. Amo a escrita da Marina, mas confesso que esse é um livro dela que não me chama tanto a atenção. Adorei a sua resenha, linda!
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir