Resenha: Notas de Liberdade

Oi, Leitores!!!

Notas de Liberdade é uma nova fase do Fred Elboni enquanto escritor, pela primeira vez, ao invés das famosas e queridas crônicas, ele trará a história de três mulheres, com as quais você com certeza se identificará de alguma forma.

Elas são completamente diferentes, em idade, vivências, realidade, mas com algo em comum: as três querem encontram o seu lugar no mundo, querer se sentir felizes e realizadas.
Quando iniciei a leitura não sabia muito o que esperar, sabe aquele pensamento "para que mexer em time que está ganhando"? Confesso, eu amo as crônicas que ele escreve e tinha realmente muito receio deste desafio não dar certo, mas assim que comecei a ler a primeira história, a da Mari, cheguei a conclusão que eu tive um medo bobo, ele podia não estar escrevendo crônicas, mas a sua sensibilidade em falar de sentimentos não mudou, aliás para mim ela só expandiu...

Mesmo que eu não tenha vivido os mesmos dramas e dilemas que a Mari, a Sofia ou a Luiza, eu estou em busca do meu lugar no mundo como elas, também tenho medos e inseguranças, mas um dia aprendi que só tem coragem, quem tem medo... 

E é assim que temos que encarar esse livro, a história de três mulheres, envoltas em suas conquistas e perdas, lutando pelos seus sonhos, confiando nas suas escolhas e colhendo pelo caminho crescimento, amadurecimento e a liberdade de ser quem elas querem.

Acho que por já ter passado dos 30 anos, ou não, esse livro me tocou de uma forma que quando o fechei após a leitura da última linha, comecei a refletir sobre a minha vida, minhas escolhas e meus sonhos. Por alguns momentos me vi franzindo a testa, por mais que os momentos difíceis terem passado, eles não deixam de nos tocar de alguma forma, mas no final, eu tinha um sorriso orgulhoso, por ter sido capaz de me reinventar, de voltar atrás, de pular fases do jogo ou até mesmo de ficar em algumas por mais tempo do que deveria.
Lido em: Abril de 2018
Título: Notas de Liberdade
Autora: Fred Elboni
Editora: Benvirá
Gênero: Ficção
Ano: 2017
Páginas: 232
Adicione no Skoob | Compre: Amazon

Encontre-me

Posts relacionados

17 comentários

  1. Olá, Mara!
    Este foi um dos primeiros livros que li no início do ano e foi uma grata surpresa. Comprei numa promoção, por causa da capa, que é maravilhosa! Mas, depois descobri que não era apenas a capa, pois amei a história dessas três mulheres e me vi um pouco em cada uma delas. Foi muito bom e fiquei até triste quando terminei, queria mais... rsrsrsrs
    Adorei sua resenha!
    Um abração,
    Drica.
    https://testelivroseideias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amo essa capa também, Dri! Já sou leitora do Fred desde o seu primeiro livro e esse é realmente uma experiência maravilhosa!

      Excluir
  2. Acho que me identifiquei com as mulheres pelo simples fato de desejarem ser felizes, Saber que o autor expandiu a sensibilidade para para falar de sentimentos me agrada e pelo visto ´livro é feito de dilemas bem reais. Vou anotar essa dica, quero ler, ainda mais por ter chegado aos 30 meio perdida, procuro meu lugar ao mundo como você e como as protagonistas do livro.

    Abraços.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiiii, o Fred é incrível e a cada livro só fica melhor, espero que você leia, se envolva, reflita e ame as três histórias como eu!

      Excluir
  3. Adoreo crônicas, adoro me identificar com histórias e mais ainda de fechar o livro e ficar refletindo. Tambem já passei dos 30 e imagino que vá ter os mesmos pensamentos que vc.
    Dica anotada com certeza
    Bjos flooooor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Pri! Que bom que curtiu a dica, espero que leia e curta as histórias!

      Excluir
  4. Olá
    Que resenha ótima, fiquei com vontade de ler e saber sobre os dramas de vivencia das personagens. Adoro livros que retratam personagens femininas reais com problemas reais como os nossos. Tenho 20 anos e vou me arriscar nessa leitura sim.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá tudo bem? Essa capa está tão linda adorei de cara, o livro parece abordar uma temática sensível e acredito que iria gostar de ler ele, dica anotada beijos!

    ResponderExcluir
  6. Mara que legal saber que o autor arriscou outro estilo e agradou os leitores antigos (que já o conheciam). Não conheço, mas achei bem interessante o enredo. Todos nós chegamos na fase que estar procurando nosso lugar no mundo. Enfim, dica anota.

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bem? Não conhecia o autor, mas realmente sair da sua zona de conforto foi realmente arriscado. Pelo jeito deu certo haha como não sou muito fã de crônicas, se fosse dar chance seria nesse livro, que aliás tem uma história pelo jeito interessante. Dica anotada! Ótima resenha!
    Beijos,
    http://diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Eu adoro esse tipo de livro e pelo que percebi "Notas de Liberdade" me parece uma obra inspiradora.
    Esse tipo de leitura pode ajudar muitas mulheres, e homens também, porque sempre estamos em busca de algo novo e tem muita gente que ainda não encontrou seu lugar no mundo.
    Adorei a dica!

    Abraço!

    ResponderExcluir
  9. Oi Mara.

    Eu gosto de livros para refletir e pela sua resenha este livro consegue isso facilmente. Com certeza é uma leitura que vou querer e será uma ótima oportunidade para conhecer a escrito do autor, pois ainda não conheço. Obrigada pela dica.

    Bjos
    http://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oie...
    Ainda não conhecia esse livro que você resenhou, mas, pelo que pude perceber é exatamente o tipo de leitura que curto. Adoro livros que mexem com nossa mente e nos fazem refletir, portanto, dica anotada!

    ResponderExcluir
  11. Oi! Eu não conheço o enredo, mas fiquei bem interessada. Que bom que o autor conseguiu cativar seus antigos leitores. Gostei bastante da proposta. Espero poder ler em breve.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Que capa mais linda! O fato de ter mulheres reais sendo retratadas já me cativou, sem falar que amo tramas que me fazem refletir. Dica anotada.

    Bjo
    Tânia Bueno

    ResponderExcluir
  13. Olá Mara,
    É muito legal quando um livro nos faz refletir e fiquei muito animada por esse livro trazer essa sensação. Ainda não cheguei aos 30 anos, mas tenho muita curiosidade para saber como vou lidar com esse livro e com essas personagens, que parecem ser maravilhosas.
    Adorei sua resenha e vou anotar a dica, sem dúvidas.
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Oii, tudo bem?
    Fico feliz que você se surpreendeu com o livro e com as personagens principais, é sempre bom quando nos identificamos com a historia dos personagens em alguma parte do livro ou na historia inteira rsrs.

    ResponderExcluir