Resenha: Um sedutor sem coração


Oi, Leitores!!!

Essa foi a minha segunda tentativa de ler um livro de romance de época da Lisa Kleypas, quando fiz a primeira, foi quando ainda não era muito ligada neste gênero literário e não consegui me conectar a história. Quando ganhei este livro, percebi que era a oportunidade perfeita para uma nova tentativa.

E desta vez, tive uma ótima experiência e hoje vim contar a vocês tudo o que eu achei dessa história.
Devon Ravenel nunca quis fazer parte da sociedade, queria apenas viver uma vida livre e sem grandes responsabilidades. Até o dia que ele herda um condado, ganhando assim um título e muitas responsabilidades, coisas que ele nunca quis.

Ao ter mais informações, além de uma viúva e três irmãs mais novas do conde falecido, a fazenda está abarrotada de dívidas e poucas possibilidades de se reerguer. Então, para ele só existe uma solução, vender todos os bens, pagar as dívidas e voltar a sua vida como se nada nunca tivesse acontecido.

Mas depois de conhecer as três irmãs e principalmente a viúva Kathleen, as decisões de Devon não parecem mais estar tão certas e ele decide tentar resolver os problemas existentes.

Um desses problemas, é a sua atração pela Kathleen. Desde o primeiro encontro deles, a sua inteligência e determinação chamou a sua atenção e quando pode ver seu rosto de forma mais clara, percebeu o quanto ela era incrível. Já ela, percebeu que não podia confiar em um cafajeste como ele, até mesmo quando se sentia tão atraída por ele, a sua fama era das piores e seu comportamento fora do padrão, não existia a possibilidade de ele ser confiável.

Ao perceber que ele não iria se desfazer de tudo e daria um suporte para as três cunhadas, Kathleen achou que ele não era tão canalha assim. Com o fato dele decidir não vender a fazenda, a aproximação entre eles irá acontecer e com isso o jogo de sedução do Devon, ela não sabe até que ponto irá resistir e enquanto o dilema desenrola, alguns acontecimentos interessantes vão acontecer.
É muito mais fácil fazer um coração parar de bater em definitivo do que evitar amar a pessoa errada.
E é justamente nestes acontecimentos que vamos conhecer melhor cada um dos personagens, e confesso a vocês, essa foi a parte que eu mais gostei... Me encantei com as gêmeas arteiras Pandora e Cassandra, com a doçura da Helen e a lealdade do West... Só não fiquei muito fã do Winterbone, mas pode ser que esse "ódio" vire amor rsrsrs

A relação de Devon e Kathleen é bem gostosa, mas acho que ela poderia ter sido mais explorada, acabou que o romance deles foi dividido com outras coisas, mas nem por isso foi ruim, aliás eu achei ótimo conhecer todas as estratégias e negociações para reerguer a fazenda.
Às vezes é preciso amar algo antes que ele se torne digno de amor.
A narrativa da Lisa é deliciosa, cheia de romance, detalhes na medida certa, cenas de amor de tirar o fôlego e envolvente. Assim que a gente acaba a leitura, já quer ler os próximos livros. Os personagens, tanto principais quanto secundários, possuem personalidades fortes e marcantes e isso para mim é uma das melhores coisas da história.

Apesar de ter gostado deste livro, sinto que ele foi o abre alas da série, que a melhor parte é conhecer os personagens que neste livro foram visto apenas como secundários.


A série é composta de cinco livros, até o quarto livro a editora já divulgou as capas. Quanto ao quinto e último, o mesmo ainda não foi publicado fora do Brasil e segundo o Goodreads tem a previsão para 2019.


Lido em: Maio de 2018
Título: Um sedutor sem coração - Os Ravenels # 1
Autora: Lisa Kleypas
Editora: Arqueiro
Gênero: Romance/Romance de Época
Ano: 2018
Páginas: 320
Adicione no Skoob | Compre: Amazon


Encontre-me

Posts relacionados

14 comentários

  1. Oiiii,

    Eu gosto bastante da escrita da Lisa, um dos primeiros livros que eu li de época foi dela e acho mesmo a escrita dela bem gostosa. Já tem um tempinho que quero ler este livro, mas já irei ler sem esperar grandes coisas já que ele é só a porta de entrada rs.

    Beijinhos...
    http://www.paraisoliterario.com

    ResponderExcluir
  2. Romance de época é aquele clichezinho que a gente ama, eu comprei alguns livros da Lisa, mas ainda não pode ler, mas tenho a impressão de que vou gostar.

    ResponderExcluir
  3. Ola Mara eu amei esse livro, as gêmeas assim como o irmão de Devon são personagens de grande destaque, sou apaixonada pela escrita da Lisa ela dose romance com pitadas de bom humor. beijos

    Joyce
    Livros Encantos

    ResponderExcluir
  4. Fico satisfeita em saber que nesse segundo contato com a autora você gostou. Gostei do que apresentou de Devon e Kathleen e fiquei curiosa para saber como as gêmeas te encantou. Não conheço a narrativa da autora, mas só em saber que finalizou a leitura querendo mais já me anima bastante, então vamos anotar o nome da série e ver se consigo algum livro.

    Abraços.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem?

    Eu adoro os livros da Lisa. Li a série Os Hathaways em menos de uma semana, comecei a ler As quatros estações, mas "parei" porque na época só tinha o primeiro. Ganhei esse de aniversário, porém não o li ainda, esperando os outros. Depois de ler sua resenha, acho que esse vai ser o livro do fim de semana. Fiquei mega curiosa com a história, e o bom é que mês que vem já tem o segundo.

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Olá eu estou curiosa para ler esse livro só li um livro da Lisa e amei o livro sua resenha só aumemtou ainda mais minha vontade de ler

    ResponderExcluir
  7. Oi, Tudo bem?
    achei a foto do livro linda, parabéns pela resenha, parece um bom livro mas irei deixar passar essa dica, quem sabe no futuro eu voltei a ler romances nesse estilo.

    abraços.

    ResponderExcluir
  8. Oi Mara.

    Mesmo achando sua resenha muito legal, o livro ainda não conseguiu despertar meu interesse. Quem sabe futuramente eu possa mudar de ideia, mas obrigada pela dica.

    Bjos
    http://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Olá Mara,
    Recentemente li meu primeiro livro da Lisa e foi um romance contemporâneo. Foi impossível não me apaixonar completamente pelo livro e, principalmente, narrativa da autora. Eu estou bem curiosa pra ler essa série, mas vejo várias pessoas falando que é mais um livro abre alas e que tem outros melhores dela e acabo sempre prorrogando a leitura. Em vista disso, vou passar a dica por enquanto.
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Já li duas séries de romance de época da Lisa Kleypas. Amei cada livro delas. E com certeza essa nova série será lida em breve. Já tenho o primeiro livro e amei ler suas impressões.
    Confesso que a autora é uma das minhas favoritas no estilo e tem um canto especial no meu coração pq foi a primeira que li nesse estilo. Depois foi que conhecia a Júlia Quinn e passei a amar também!!!
    Enfim amei suas fotos e sua resenha. Beijos

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir
  11. Ainda não li nada da Lisa, mas amo um bom romance de época, daqueles que deixam nosso coração quentinho. Gostei de saber mais sobre essa história é que ela vai além do romance, que mostra as estratégias pra reerguer a fazenda tbm. Bjs

    ResponderExcluir
  12. Olá, tudo bem? Já li uma série da Lisa Kleypas, Os Hathaways, e estou para conhecer essa. Sempre vejo comentários positivos sobre o mesmo, por isso fiquei meio receosa com a nota que deu, mas entendi o porquê hehe Espero me apaixonar novamente pela escrita da autora. Adorei!
    Beijos,
    http://diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Eu li esse livro e gostei muito do enredo e da forma como os personagens foram construídos. Também não gostei muito do Winterbone, vamos ver se no segundo livro ele melhora. Gosto muito dos livros da Lisa e com certeza vou acompanhar a série.
    Adorei a sua resenha.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  14. Olá, Mara.

    Em geral os livros da Lisa são muito bem recomendados, eu nunca tive a oportunidade de ler nenhum livro dela, mas tenho vontade.
    Achei meio estranho ele ficar apaixonado pela mulher que era casada com a pessoa que deixou os bens para ele, mas como não li e não sei a árvore genealógica dessa família, não irei julgar.
    Se eu tiver a oportunidade, com certeza lerei esse liveo.

    ResponderExcluir