Resenha: Serafina e a Capa Preta

Oi, Leitores!!!

Quem acompanha o blog, sabe que eu leio muito pouco do gênero fantasia, mas quando leio e venho aqui falar sobre o livro com vocês, uma garantia podem ter, o livro me agradou e muito!!!

Quando peguei Serafina e a Capa Preta, confesso a vocês, não esperava nada do livro, mesmo tendo recebido um ótimo feedback sobre ele, mas fui surpreendida. Achei a história incrível, amei a escrita do autor e agora acho que todo mundo deveria conhecer essa garotinha!

Serafina e seu pai moram no porão da Mansão Biltmore, escondidos dos patrões e por isso seu pai vive lhe dando muitas recomendações, afinal eles não podem ser descobertos. Ela costuma obedecê-lo, vive se aventurando pela mansão que é enorme e cheia de espaços para serem explorados, mas ela toma muito cuidado e nunca é vista pelos moradores da casa.

De cara, nós percebemos algumas habilidades diferenciadas da Serafina, sua agilidade, audição e visão são peculiares e por isso ela é a Caçadora Oficial de Ratos, a C.O.R, da Mansão e foi justamente em uma das suas caçadas, que ela presenciou uma cena inacreditável.

Um homem aterrorizante, vestido com uma capa preta, com um odor terrível, está perseguindo uma criança em um vestido amarelo e consegue capturá-la, ao se dar conta da presença de Serafina, ele também tenta pegá-la, mas ela consegue escapar, após uma bela luta. Ao perceber, que além desta criança, outras já haviam sumido, Serafina fica com a sensação de que precisa fazer algo, afinal mais nenhuma criança pode sumir e as que foram raptadas, precisam ser encontradas.

Por isso, ela começa a se aventurar pela casa de uma forma diferente e ao se encontrar com Braeden Vanderbilt, o sobrinho dos donos da casa, ela está decidida a contar a ele sobre tudo o que está acontecendo. Ele acredita nela e assim, eles unirão forças para descobrir quem é este homem, porque ele faz isso e onde estão as crianças.

Toda essa busca, levará Serafina ao lugar que ela mais teme, a floresta que circunda a Mansão Biltmore e que seu pai sempre mandou ela se manter longe. Mas indo a este lugar, mesmo cheia de medo e insegurança, encontrará um legado de magia, que pelo visto podem explicar como salvar as crianças e também descobrir mais coisas sobre a sua origem. Essas duas coisas, irão motivar Serafina a encarar todos os perigos e este homem misterioso.

A amizade construída entre ela e Braeden será fundamental para desvendar esse mistério. As aventuras que eles irão enfrentar são fascinantes e é justamente isso que nos envolve e nos faz não querer largar o livro para nada.

Além de amar a escrita do autor e todo o mistério criado por ele, gosto do fato dele ter dado um final para o livro e mesmo assim nos deixar extremamente curiosos para a continuidade. Você pode estar se perguntando, como ele deu um final a este livro? Bom, o mistério principal deste livro é solucionado e agora ele deve desenrolar nos próximos livros as consequências do que foi descoberto.

Serafina é uma personagem mais do que peculiar, apesar dela achar o contrário, é muito fácil gostar dela e querer tê-la como amiga. Esse é um outro ponto positivo do autor, ele construiu os personagens muito bem!

Eu estou mais do que ansiosa pela continuação desta história que deve nos reservar ainda muitos mistérios... Pelo que vi no Goodreads, o autor lançou este e mais dois volumes, então teremos uma trilogia. Espero que a Editora Valentina não demore muito para lançar o próximo volume.

Lido em: Setembro de 2018
Título: Serafina e a Capa Preta
Autora: Robert Beaty
Editora: Valentina
Gênero: Fantasia/Suspense e Mistério
Ano: 2018
Páginas: 240
Adicione no Skoob | Compre: Amazon
*Livro cedido pela Editora em parceria*


Encontre-me

Posts relacionados

11 comentários

  1. Não sou tão chegado em fantasia, mas essa resenha conquistou meu interesse pelo livro. Como uma Serafina pode desbravar tantas aventuras e ainda possuir esses dons invejáveis para caçar? A tacada do autor foi sensacional, e o que tem de tão misterioso capaz de criar desenrolares intrigantes? Preciso descobrir!
    Ótima sugestão!
    Abraços! 😊

    ResponderExcluir
  2. Oi! Eu adoro livros de fantasia, independente de eles terem uma pegada mais juvenil ou mais adulta. Fiquei curiosa com Serafina desde que soube da publicação do título, por envolver magia e mistério, dois elementos que muito me atraem nesse gênero em particular. Acho o máximo quando os protagonistas são crianças, as histórias se tornam mais leves e espontâneas e o lado lúdico nos envolve, deixando impossível a não identificação com a trama em sim. Ainda espero ler o livro, e o farei assim que surgir a oportunidade. Obrigada por compartilhar!

    Bjoxx ~ www.stalker-literaria.com ♥

    ResponderExcluir
  3. Olá
    Sou fã de livros de fantasia, da para ver o quanto o livro te cativou, eu não conhecia a obra mas sua resenha me deixou curiosa. Me parece ser um pouco juvenil mas que tem um mistério daqueles que nos prende até chegar ao final. Como você mencionou, parece mesmo que Serafina é o tipo de menina que eu queria como minha amiga, adorei a resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. nuca li nada da Valentina e esse livro é um que eu morro de vontade de ler porque TODO mundo que leu fala super bem dele, morro de vontade!
    Sua resenha ficou ótima, vou criar vergonha na cara e ir comprar esse livro logo antes que ele entre pra temida TBR infinita e fique lá o resto da vida kkk

    ResponderExcluir
  5. Serafina é muito amorzinho, adoro demais esse livro!
    Eu não tava esperando muita coisa dele, essa é a verdade. Mas como gosto de um livro infanto juvenil resolvi arriscar e me surpreendi. A história me prendeu tanto, aquele mistério de quem estava por baixo da capa preta foi me deixando curiosa pq eu queria saber que zorra era a maldita da capa. Hahahahaha
    Também estou ansiosa pelo segundo. Vem looogo!!!! Hahahaha
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Olá,
    Gostei muito da sua resenha. A história parece ser bem interessante. Eu ainda não li, mas está na minha lista de leitura.
    Abrçs

    ResponderExcluir
  7. Oie, o livro é muito mais fininho do que eu imaginei, poxa vida! Eu vejo muitos comentários sobre esse livro, arrisco a dizer que é um dos mais famosos da editora ne? A história em si não me chama a atenção, mas fico feliz em saber que o autor sobre como caminhar para o fim da narrativa e ainda assim dar brecha para a continuação.

    ResponderExcluir
  8. Oi Mara.

    Mesmo gostando da sua opinião, este livro ainda não conseguiu chamar minha atenção. Posso até mudar de ideia futuramente e arriscar aventurar nessa fantasia. Por isso vou deixar a dica anotada.

    Bjos
    http://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Oi Mara,
    Logo que esse livro foi lançado, coloquei ele na lista de desejados, mas quem disse que a oportunidade de ler surgiu? Fiquei muito curiosa com sua resenha, pois gosto muito quando os autores dão um fim a um livro e, ainda assim, conseguem nos deixar curiosos sobre o que vem depois.
    No entanto, o que mais me anima em ler esse livro é o mistério e a personalidade da protagonista.
    Espero que eu consiga comprar meu exemplar logo.
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Olá
    Eu não leio livros de fantasia também e esse me deixou curiosa por saber mais sobre essa floresta que Serafina vai ter que entrar e sobre as crianças desaparecidas. Dica anotada

    ResponderExcluir
  11. Oi Mara,
    Fiquei curiosa, por que eles estão escondidos na casa? Hahah, já vi Serafina em vários igs e blogs, e sempre fico com uma pontinha de curiosidade, mas estou esperando chegarem os próximos, porque meu cérebro está cheio de séries misturadas que não têm suas continuações lançadas nunca hahaha

    Vou anotar a dica, amo fantasia!

    Beijokas

    ResponderExcluir