Resenha: O Último Suspiro

Oi, Leitores!!!!

Eu virei uma fã incondicional do Robert Brindza e a cada livro dele que tenho lido, ele está melhor. Continua me surpreendendo e me deixando de queixo caído.

Apesar de ser uma série e você poder ler os livros de forma independente (eu mesma primeiro li o segundo e terceiro, para só depois ler o primeiro), te aconselho a ler na ordem de publicação, para que compreenda melhor que é Erika Foster.
Desta vez, temos um caso onde o corpo de uma jovem foi encontrado em uma lixeira, com olhos inchados, diversos cortes e com muito sangue a vista. A detetive Erika Foster foi uma das primeiras a chegar ao local, só que desta vez o caso não é dela, pois mais uma vez, ela foi transferida.

Mas quem já leu os outros livros, sabe o quanto a Erika é teimosa e como se interessou pelo caso, fará de tudo para entrar para a equipe de investigação e foi justamente assim que nas suas pesquisas encontrou um outro caso, que não foi solucionado, que pode ter uma ligação com o crime que acabou de acontecer. As duas vítimas foram deixadas em lixeiras, com ferimentos idênticos e a incisão na artéria femoral que as levou a morte, com a perda rápida de sangue.

Desta vez, em determinado momento do livro, vamos conhecer o assassino, como ele escolhe suas vítimas e o que faz para encontrá-las. Ele se utiliza das redes sociais e aplicativos de paquera. Acreditem, é chocante a forma como ele articula a criação dos perfis e a forma com a qual se aproxima delas.

A detetive Erika, por circunstâncias inesperadas, assumirá o caso. E aí a coisa começa a esquentar, pois por mais improvável que seja, ela começar a descobrir alguns pequenos furos na ação do sujeito, mas ainda não está sendo suficiente para descobrir quem ele é. E mais uma garota some, após sair de casa para um encontro às escuras, e Erika precisa correr contra o tempo para descobrir quem é este serial killer e onde esta garota se encontra.

Mais uma vez, o Robert mandou bem, como dizemos aqui na Bahia "ele broca". O livro é narrado em terceira pessoa, com uma escrita que nos envolve completamente no enredo, percebemos claramente o trabalho de pesquisa realizado pelo autor, as pontas são completamente amarradas e tudo é muito bem explicado.



Para quem acompanha a série, o final nos deixa uma pitada de curiosidade sobre a vida pessoal e profissional da Érika Foster, tanto que hoje fui ver a sinopse do próximo livro e preciso dizer a vocês, estou mais do que curiosa por ele e espero que a editora lance ele ainda no primeiro semestre de 2019.

Achei a capa maravilhosa e pela sinopse o título Cold Blood (Sangue Frio) faz muito sentido.

Lido em: Novembro de 2018
Título: O Último Suspiro
Autora: Robert Bryndza
Editora: Gutenberg
Gênero: Crime/Suspense e Mistério
Ano: 2018
Páginas: 304
Adicione no Skoob | Compre: Amazon
*Livro cedido pela Editora em parceria*




Acompanhe as resenhas da série Detetive Érica Foster

A Garota no Gelo #1
Uma sombra na escuridão #2
Sob águas escuras #3
O Último Suspiro #4

Encontre-me

Posts relacionados

5 comentários

  1. Achei bastante interessante a premissa. Primeira porque é um homem desenvolvendo um persobagem feminino- o que não é fácil. Segundo, que a detetive é mulher e isso não é muito comum no gênero policial, e gostei duplamente! Parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Michelle!
      Eu também acho interessante esses pontos que você levantou!
      Que bom que curtiu a resenha!
      Obrigada pela visita!

      Excluir
  2. Oi Mara! Esse autor parece ser mestre em deixar seus leitores curiosos, ne? Voce nao é a primeira pessoa que vejo comentando isso haha. Eu morro de curiosidade de ler algo dele, espero fazer isso em breve e gostar assim como voce!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dayhara, se você gosta do gênero literário, com certeza precisa conhecer o trabalho dele, é realmente incrível!!! Leia assim que puder!
      Obrigada pela visita!

      Excluir
  3. Oi Mara.

    Ainda não li os outros livros do autor, mas confesso que eles me despertam interesse pelas capas maravilhosas e sua resenha instigou ainda mais a minha curiosidade.

    Mas gostei de saber que dá para ler o livro de forma independente, mas quero ler a série toda agora hahaha

    Beijos,
    Blog PS Amo Leitura

    ResponderExcluir