Resenha: Amigos para a Vida

Oi, Leitores!!!

Sabe aqueles livros que você olha a capa e já ama, o título então aquece seu coração, aí você acaba lendo a sinopse e sua mente grita "EU QUERO ELE PARA MIM!!!". Pois bem, Amigos para a Vida me trouxe esses sentimentos, mas nada me preparava para essa história, fui completamente surpreendida e tomada por sentimentos diversos.
Comecei e terminei a leitura no mesmo dia, pois foi impossível não me ver completamente envolvida pela história.

E hoje vou fazer essa resenha de uma forma diferente, tudo que vocês precisam saber da história está na sinopse, então confira ela e logo depois vou dizer a vocês tudo o que eu senti durante a leitura.
Francis não tem amigos. Ele sofre bullying porque é diferente. Em casa, vive trancado no sótão, onde tem uma fabulosa coleção de bonecas vestidas com roupas que ele mesmo cria. Adora moda e pediu de aniversário uma máquina de costura.Um certo dia na escola, na hora do intervalo, Francis vai se sentar num banco, no lado mais afastado do pátio, porque prefere a solidão a ser zoado.
Mas nesse dia, sentindo-se triste, ele vê alguém atravessar o gramado na sua direção. É uma menina de mais ou menos a sua idade, embora não a reconheça como aluna da escola. Ela se senta na outra ponta do banco, em silêncio.
Francis fica curioso. E então lhe estende a sua caneca de chá. A menina olha para ele, surpresa e chocada. Afinal, ela é um fantasma, chama-se Jessica, e Francis é a primeira pessoa que consegue vê-la desde que ela morreu.
Entre os dois surgirá uma amizade extraordinária e transformadora.
Amigos Para a Vida é uma delicada história de amizade – e seu poder transformador – entre quatro adolescentes fora dos padrões dominantes, celebra o direito de ser diferente e é leitura obrigatória para todos que combatem o bullying. Um livro divertido, corajoso e genuinamente emocionante.
Conhecer esse quatro amigos foi uma experiência incrível. 

Primeiro porque acreditava que seria mais uma história que falaria sobre bullying, que traria um ou outro ponto a mais, mas no final fui completamente surpreendida. Pois, essa história foi de uma sensibilidade diferenciada, aliás todo o debate e reflexões que o livro nos traz é diferenciado.

A união de quatro pessoas bem diferentes e justamente por isso com esse ponto comum, por mais que sofressem discriminações diferentes, o sentimento, os medos, as inseguranças são as mesmas e aí eles encontraram a empatia, a similaridade e assim o companheirismo e amizade.

Eu acredito que qualquer adolescente, da idade do Francis e seus amigos, se identificaria com algum desses personagens, até eu me identifiquei aos meus 36 anos, vi sentimentos meus retratados de forma sublime e acho que é justamente aí que o autor foi tão feliz nas suas escolhas...

Um outro diferencial deste livro é que ele não fala só dos problemas de cada um deles e como eles se sentem, mas ele mostra caminhos e soluções e isso faz com que a gente perceba que os problemas existem e que podemos fazer com que eles não sejam maiores que nós.

Então, além de uma embalagem incrível com capa, diagramação e edição maravilhosas, temos um conteúdo diferenciado que merece chegar a todas as pessoas, é um livro para toda e qualquer idade. Minha Gratidão para essa editora que sempre nos surpreende com histórias tão tocantes.

Lido em: Dezembro de 2018
Título: Amigos para a Vida
Autora: Andrew Norris
Editora: Valentina
Gênero: Infanto juvenil
Ano: 2018
Páginas: 208
Adicione no Skoob | Compre: Amazon
*Livro cedido pela Editora em parceria*

Encontre-me

Posts relacionados

3 comentários

  1. Oi!
    Que bacana a ideia do livro! Fiquei bem curiosa para conhecer a história destes quatro amigos, ainda mais que a obra traz alguns ensinamentos e reflexões. Muito bacana. Dica anotada!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Oi Mara!
    Gosto muito de ler livros que falam de diferenças e de como saber lidar com elas, as reflexões sobre o diferente é que me deixou curiosa sobre a leitura, parabéns pela resenha fiquei muito instigada a ler, dica anotada. Bjs!

    ResponderExcluir
  3. Oi, Mara.

    Que resenha mais amorzinho. Adoro livros que acabam se conhecendo por alguma "obra do destino", mas que tem tudo em comum. Fiquei ainda mais curiosa pela leitura. <3

    Beijos,
    Blog PS Amo Leitura

    ResponderExcluir