Resenha: Ousadas

Oi, Leitores!!!

Já comentei com vocês do interesse que fui criando pela leitura de HQs e já falei de algumas delas por aqui. Queria poder falar mais, então prometo que farei o possível para que isso aconteça.

Ousadas, desde o seu lançamento, me chamou muito a atenção e durante a resenha vou explicar para vocês o porquê. Fiquei completamente encantada pelas histórias que pude conhecer e mais do que recomendo a leitura.
Essa HQ é uma verdadeira lição, nela vamos conhecer a história de vida de 15 mulheres e acredito que você passará pela mesma situação que eu, não são mulheres tão conhecidas, apesar das suas histórias serem marcantes e emocionantes.

Com bastante sagacidade, a autora nos mostrará que apesar das adversidades, pressões, medos e inseguranças, cada uma delas decidiu se tornar dona de sua vida e dos seus destinos. Por mais que tudo contribua para que a gente desista dos nossos sonhos e desejos, não podemos ceder, precisamos ter a capacidade de lutar e não desistir. E foi exatamente isso que essas mulheres fizeram.

Essas mulheres não foram estrelas, mas com muita ousadia, contribuíram de forma significativa nos tempos em que viviam, deixando as suas marcas, encorajando outras mulheres e melhorando o mundo em que vivemos.

Todas as histórias me marcaram de alguma forma, mas as histórias de Nzinga (Rainha do Ndongo e da Matamba), Leymah Gbowee (Trabalhadora Social) e Giorgiana Reid (Guardiã do Farol) aqueceram meu 💗 e me emocionaram demais.
Imagem retirada do Blog do Grupo Autêntica
Uma leitura fluida e rápida, mas extremamente marcante. Com doçura, humor, ousadia e um quê de heroísmo.

Lido em: Dezembro de 2018
Título: Ousadas - Mulheres que só fazem o que querem #1
Autora: Pénélope Bagieu
Editora: Nemo
Gênero: História em Quadrinhos
Ano: 2018
Páginas: 144
Adicione no Skoob | Compre: Amazon

Encontre-me

Posts relacionados

4 comentários

  1. Oi Mara, que demais!
    Estou lendo mais graphic novel e Hqs e estou adorando encontrar novas indicações. Eu já tinha visto uma resenha sobre esta e fiquei super curiosa pela leitura <3

    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir
  2. Oi Mara!
    Não leio muito HQ, gostaria de ler mais, gostei bastante da sua resenha vou anotar a dica. Fiquei curiosa em saber mais dessas heroínas que foram de importância na sua época, bjs!

    ResponderExcluir
  3. Oi, Mara.

    Não sabia que este livro era uma HQ. Isso me chamou muita atenção, principalmente por mostrar diversas coisas através de suas páginas. Adorei a dica!

    Beijos,
    Blog PS Amo Leitura

    ResponderExcluir
  4. Tai um gênero que só lia quando adolescente mas, depois dessa resenha ,vou procurar (re)conhecer.
    Acho que vou me apaixonar de novo😊

    ResponderExcluir