Resenha: Storm

Oi, Leitores!!!

Vocês já devem ter visto por aqui o quanto sou apaixonada pelos Irmãos Walker... Rainbow e Sunshine conquistaram meu coração, mas o lindo Storm nunca passou desapercebido pelo livro delas  e eu estava super curiosa para ver o que ele iria aprontar. Eu esperava muitas coisas dele, mas nada parecido com o que ele nos mostrou em sua própria história.
Storm cresceu, agora está em Princeton dando o primeiro passo para realizar o seu sonho de ser um grande jogador de futebol americano, por enquanto ele é apenas o reserva do seu cunhado Thomas, mas isso não faz com que ele não se esforce para conquistar o seu espaço.

Quando não está treinando para os jogos ou assistindo as aulas, ele está curtindo a vida (leia-se garotas) e deixando a sua marca registrada na Universidade, mas não achem que ele deixou de ser ciumento e protetor com as irmãs, pois não deixou, mesmo percebendo o quanto os cunhados cuidam delas muito bem.

Tudo está indo super bem até ele ser atropelado pelo furacão Taryn, que mesmo com todo seu jeito introspectivo e tímido, abalou as suas estruturas e mostrou uma nova perspectiva de vida para Storm.

Por mais que ainda fosse mulherengo, percebi o quanto ele já tinha amadurecido, ainda não era o suficiente, mas por muitas vezes fomos percebendo os sinais de mudança e amadurecimento. Eu jurava pra mim que no dia que esse garoto se apaixonasse, ele fosse surtar, mas que nada, quando ele entendeu tudo o que ele sentia, assumiu e correu atrás do que desejava.
- O problema, Taryn, é que não há outro lugar onde eu queira estar. Com aquela simples frase, Thunder Storm conseguiu quebrar um pedaço da muralha que eu tinha erguido contra toda e qualquer possibilidade de não me apaixonar por ele.
Storm leva tudo isso de uma forma muito simples e natural, como se estar com Taryn fosse a coisa certa e a única coisa que ele precisa fazer é estar ao seu lado, lhe oferecendo amor, amizade, companhia e lealdade.

Storm nos mostrou toda o seu altruísmo, bondade e alegria. Ele nos mostra um lado encantador e gentil, uma hombridade que poucos possuem. Tudo o que ele faz por Taryn, por ele e todos que estão ao seu redor tocou meu coração de uma forma profunda e foi aqui que percebi que mesmo com toda aquela vibe hype e nômade dos seus pais, eles criaram filhos incríveis, seres humanos excepcionais.

Mas não ache que ele mudou da água pro vinho não, Storm continua intenso, brincalhão e cheio de ciúmes das irmãs, sem contar a sua forma peculiar de cultuar os seus músculos, ele não perdeu a sua essência, apenas revelou uma nova faceta.
- Você me enche de orgulho, Torm. Você é daquele tipo de pessoa que muita gente só vê a embalagem, o exterior, mas quase não para e foca no que leva no interior. Sua camada de zoeira, gaiatices, pirraças e encheção de saco não poderiam encobrir a pessoa maravilhosa que você é, e sabe... - Ela passou a mão no meu cabelo. — Você é lindo. Puro, na expressão da palavra. 
Taryn é uma garota incrível que vai nos mostrar como se vive apesar de todos os seus problemas, com valores familiares e um jeito doce de ser. Ela causará em Storm uma paixão avassaladora como a força de um trovão. Eles se complementam, se apoiam, mas também farão umas burradas.

Desde que iniciei a leitura, queria que ela fosse lenta, para saborear de forma sutil a despedida destes irmãos, mas Storm é Storm e em determinado momento ele dominou meus dias e não me permitiu fazer nada até chegar a última página.

Além de tudo, ele me mostrou que sonhos podem ser alterados e que não existe problema nisso, afinal o mais importante é estar feliz.
Meu propósito nesse mundo havia sido definido. O futebol era apenas um meio para alcançar as vitórias profissionais e conquistar bens materiais, porque os tesouros maiores dessa vida eu já havia conquistado e faria de tudo para mantê-los.
Para quem já conhece a Martinha, sabe como a escrita dela é leve e divertida e que dos seus romances só podemos aguardar os melhores desfechos. Em Storm, ela ousou, mexendo com a nossa imaginação e assim me fez suspirar mais do que o esperado.

Uma trilogia que se encerra com chave de ouro (mas que podia rolar um conto aí né?), nos contando a história de três irmãos tão diferentes, mas com um sentimento que os une: o amor!
Thunder Storm era único de diversas maneiras. Ele era a expressão da palavra amor em sua mais ampla concepção. Quem tinha a sorte de conhecê-lo, não conseguia sobreviver à tempestade de emoções que ele despertava. 


Storm Walker. Thunder Storm. Seu nome era tão intenso quanto ele próprio. Tinha como meta de vida dificultar a vida das irmãs, ao se promover o protetor da pureza das mesmas. Zeloso, ciumento e dotado de um carisma único, ele era a alegria da festa. Como diziam: Ele era a festa.
Ao entrar na Universidade de Princeton, Storm tentava correr atrás do sonho de se transformar em um grande jogador de futebol americano. A decisão de levar a vida numa boa, sem grandes dramas e problemas o tornavam o típico cara que todos queriam ao redor.
Até que seu caminho se cruzou com o de Taryn. De um singelo gesto de solidariedade surgiu uma paixão devastadora e tão tempestuosa quanto seu nome. Storm já não era o mesmo. E nunca mais seria. Assim como aqueles que tiveram a sorte de cruzar seu caminho.

Lido em: Maio de 2019
Título: Storm
Autora: M. S. Fayes
Editora: Pandorga
Gênero: Romance/Nacional
Ano: 2019
Páginas: 336
Adicione no Skoob | Compre: Amazon

Encontre-me

Posts relacionados

4 comentários

  1. Olá!
    Parece-me a ser uma série, certo?
    O importante é livro após livro vejamos o crescimento e mudança das personagens com certas situações que os tenham levado para isso. Num bom sentido, claro!
    Não conheço a saga, mas parece que você gostou e isso é o mais importante :)
    Beijinho


    http://tudosoblinhas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Mara!
    Que linda história achei fofo o Storm só de ler sua resenha, vou procurar os outros primeiros livros para não ficar boiando. Adoro livro assim com a construção dos personagens bem feitos, me parece uma leitura muito agradável. Obrigado pela dica estou curiosa sobre a trama, parabéns pela resenha, bjs!

    ResponderExcluir
  3. Tem como ficar ainda mais apaixonada por um personagem da Martinha?! *-* preciso ler urgente esse livro! Tenho quase certeza que vou me apaixonar muito mais por ele. Adorei sua resenha!

    Beijos,
    Blog PS Amo Leitura

    ResponderExcluir
  4. Oi! Eu não conheço nenhum dos irmãos e já estou apaixonada por este! É fácil imaginar este homem lindo e forte, e carinhoso, cheio de amor pra dar! Adorei que ele consegue ser um cara engraçado, curtidor, mas que na hora certa, soube entender seus sentimentos e quis vivê-los sem medo. Amei a resenha!

    Bjoxx ~ Aline ~ www.stalker-literaria.com ♥

    ResponderExcluir