Resenha: Um casamento conveniente

Oi, Leitores!!!

Não é novidade para ninguém o quanto eu amo a Tessa Dare, então não tinha como não querer ler logo o seu último lançamento, mesmo devendo tantos outros livros da séries anteriores.

Além do meu amor por ela, esse livro tem a pegada de A Bela e  Fera que é um dos meus contos de fadas favorito.
Neste livro, vamos conhecer Emma Gladstone e o Duque de Ashbury. Ela uma costureira e ele um Duque que tem metade do rosto completamente desfigurado após uma guerra. Atualmente, ele vive recluso da sociedade, pois odeia receber os olhares de pena e desprezo. E por causa deste sentimento é que ele decide sair a noite perambulando por Londres e assustando quem cruza seus caminhos.

Mas ele tem consciência que não pode ficar apenas nessa diversão, ele é um Duque e precisa dar continuidade ao seu título e linhagem. Então, está decidido a encontrar uma esposa com o único objetivo de ter um herdeiro. Quando a Emma entrou repentinamente na sua vida, ele acredita que encontrou a solução do seu problema.

As coisas não são tão simples assim, Emma só o procurou para cobrar uma dívida, precisa resolver alguns problemas financeiros imediatos e a última coisa que ela esperava era receber uma proposta de casamento. Ela considerou tudo aquilo tão louco, que só tinha uma resposta para o Duque, um belo e sonoro não!

Mas óbvio que nós teríamos um Duque teimoso e persistente e ele não aceitou a sua resposta, afinal ele estava lhe oferecendo muito e a única coisa que ele queria era um herdeiro.
- Não vou ser sua amante. Meu corpo não está disponível para negócio.
- Isso não pode ser totalmente verdade. Você é uma costureira, certo? Seus dedos podem ser alugados.
- Se você não sabe a diferença entre os dedos e o útero de uma mulher, com certeza não irei dividir uma cama com você. 
A insistência do Duque e algumas circunstâncias da vida da Emma fazem com que esse casamento acontecesse, então prepare o seu coração para cenas super engraçadas, excelentes brigas e um romance que brotará aos poucos e que conquistou o meu coração. Pois, por mais que eles negassem, a química entre eles é perceptível desde o primeiro encontro.

A história não se resume apenas a como será o casamento deles, mesmo sendo o ponto principal, teremos a oportunidade de conhecer as suas vidas e o que aconteceu para eles chegarem até ali. A forma como eles compartilham o seu passado e como cada um irá reagir diante disto me encantou profundamente. Pois, são através destas histórias que eu acredito que eles se apaixonam.
Aquela reserva de sonho que tinha fechado e escondido anos atrás... desfez-se nas emendas com o beijo dele. Uma torrente de emoções inundou Emma, dominando-a. Um surto de paixão e desejo... E algo mais. Algo que ela não quis reconhecer, muito menos dar um nome. Mais tarde analisaria esse sentimento, sem dúvida. A cabeça dela não lhe permitia fazer isso sozinha. Mas enquanto os lábios dele tocavam os dela, Emma podia adiar essa temida análise.
Os personagens secundários são de fundamental importância, além dos criados do Duque, que torcem
fortemente para que ele se apaixone por Emma, temos amigas dela de quando era costureira e algumas conquistadas após se tornar duquesa.
- São os criados. Todos eles. Eles se convenceram dessa ideia tola de que, se nos forçarem a ficarmos juntos, nós iremos...
- Iremos o que?
- Nós iremos nos apaixonar
Este livro fala da aparência e da importância que a sociedade dá a ela, mas ele vai além, quando nos deparamos com cenas de tamanha generosidade, empatia e compreensão. Quanto ao final, Tessa nos mostra que o que os outros dizem ou pensam, é apenas isso. As falas dos outros e o que pensam sobre nós não podem e nem devem ser assumidas como a nossa verdade, nosso valor. É nossa responsabilidade construir quem somos e quem queremos ser. 

Um romance de época encantador, com cenas maravilhosas e muitas lições que podemos trazer para a nossa realidade. Leiam e se apaixonem!


Com metade do rosto marcado e desfigurado pela guerra, não foi só a aparência do Duque de Ashbury que sofreu mudanças: a rejeição e o olhar de desprezo das pessoas mutilaram também o seu interior. E, já que precisa viver às sombras da sociedade, ele decide que passará seus dias perambulando por Londres durante a noite para assustar todos que cruzarem seu caminho.
Mas o tempo passa, e em posse de um grande título, o duque sabe que precisará cumprir o dever de conseguir um herdeiro para seu ducado. Para isso, só existe uma regra: encontrar uma mulher que aceite um casamento de conveniência, lhe dê um herdeiro e desapareça de sua vida.
Quando Emma Gladstone, uma costureira, aparece na casa de Ashbury para exigir o pagamento de uma dívida, ele vê ali uma grande oportunidade de acordo e lhe faz a proposta de casamento. Mas o duque deixa claro que, assim que Emma engravidar, ela deverá partir para o interior e sumir para sempre.
Ele precisa de um herdeiro. Ela precisa de um bom casamento. Os dois estão dispostos a tudo, desde que não envolva seus corações. Mas será que o amor cabe nas entrelinhas de um contrato?
Lido em: Maio de 2019
Título: Um casamento conveniente - Girl Meets Duke #1
Autora: Tessa Dare
Editora: Gutenberg
Gênero: Romance
Ano: 2019
Páginas: 256
Adicione no Skoob | Compre: Amazon
*Livro cedido pela Editora em parceria*

Encontre-me

Posts relacionados

5 comentários

  1. Olá, Mara!
    Por isso já tenho aqui anotado livros da Teresa para comprar da próxima vez, pois tenho adorado algumas sinopses que tenho lido. E vou seguir a sua dica porque adoro este tipo de livros :)
    Um beijinho grande :)


    http://tudosoblinhas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Ainda não li nada da autora, mas já peguei emprestado na biblioteca da minha mãe duas séries dela e depois pretendo completá-las comprando os lançamentos. Fico feliz que vc seja fã da autora e vou ler algo dela esse ano sem falta pode deixar. Esse lançamento parece ser bem interessante, também gosto da mensagem da Bela e a Fera!!!

    ResponderExcluir
  3. Oi Mara.

    Conheci este livro através da sua resenha e gostei bastante das informações que você deixou. Os romances de época tem conquistado cada vez mais entre minhas leituras e fiquei bem curiosa as cenas maravilhosas com lições importantes. Obrigada pela dica e parabéns pela resenha.

    Bjos
    https://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. E lá vou eu colocar mais um livro na minha lista de desejados, não resisto a um romance de época, ainda mais com essa vibe de a Bela e a Fera. Amei sua resenha e já quero fazer essa leitura.

    ResponderExcluir
  5. Gostei da sua resenha, principalmente da parte que você citou que vai além da importância da sociedade e aparência. Parece um bom livro. Fiquei com vontade de ler.

    Beijos,
    Blog PS Amo Leitura

    ResponderExcluir