Resenha: O Jogo do Amor "Ódio!"

Oi, Leitores!!!

Recebi esse livro em uma das Caixa Skoob, talvez nunca comprasse ele, então recebê-lo na caixa foi realmente um presente! Foi uma leitura extremamente divertida, cheia de amor e uma pitada clichê. Acabou que fui presenteada por uma leveza que eu desejava para esse momento.

A escolha do livro rolou depois que eu e alguns outros leitores nos juntamos para fazer um clube do livro virtual, Clube Literando, e você pode acompanhar tudo lá no Instagram.

Lucy e Joshua trabalham juntos em uma editora, desde que se conheceram após a fusão das empresas em que trabalhavam, eles se odiaram. Josh parece ter sido o primeiro a demonstrar que não estava ali para fazer amigos e Lucy por mais gente boa que fosse, embarcou na onda.
Sentado á minha frente está o assistente executivo do senhor Bexley. Seu capanga e servo. A segunda coisa, a coisa mais essencial que qualquer pessoa precisa saber a meu respeito é: eu odeio Joshua Templeman.
Os dias deles eram regados a troca de farpas e provocações, com um certo humor negro até. Mas eu sou daquelas que acredita na linha tênue entre amor e ódio, e é justamente sobre ela que estes dois estão caminhando.
É isso que você pensa que nós dois fazemos? Flertar? Moranguinho, se nós dois estivéssemos flertando, você saberia.
Apesar de todo esse ódio, eles se observam muito. Lucy entende perfeitamente o padrão de roupas do Joshua. Ele fica enlouquecido com suas roupas estampadas e coloridas e se irrita muito quando ela é tão boazinha com os colegas. E aos poucos, fui percebendo o quanto eles se conhecem e ao mesmo tempo são estranhos um para o outro, isso gerou uma curiosidade: é tudo fachada ou eles são assim mesmo?

Então, quando surge uma possibilidade de promoção, onde eles serão concorrentes, comecei a entender o que rola entre essas duas criaturas e é aqui que a diversão começa. Eu particularmente, adoro quando eles não entendem que se amam ou um sabe, mas não tem coragem de se declarar, por receio de como o outro lado irá receber a notícia.

Muitas coisas vão acontecer, situações para aproximá-los ou afastá-los de vez, tudo isso regado a muito humor, uma certa dose de drama e cenas estranhas, mas românticas. E toda essa coisa estranha combina perfeitamente com eles e isso que me fez apaixonar.
A vida começou a parecer uma grande chance de transformar cada momento em uma memória.
A escrita da autora no início me pareceu confusa, mas logo depois me encontrei e me rendi completamente ao livro. Uma história leve, divertida, com boas lições sobre o amor e a vida. 
Se eu achava que era viciada antes, o vício não passava de um enorme eufemismo. Quero ter uma overdose de Joshua.
Durante a leitura, descobri que o livro ganhou uma adaptação literária e eu amei, é o tipo de história perfeita para um filme, agora tô louca para ver todo o jogo de Lucy e Josh nas telonas.


Sally Thorne surge na cena literária apresentando um ambiente de trabalho hilário e sensual em uma comédia sobre aquela conhecida linhazinha tênue entre o amor e o ódio. Lucy Hutton e Joshua Templeman se odeiam. Não é desgostar. Não é tolerar. É odiar. E eles não têm nenhum problema em demonstrar esses sentimentos em uma série de manobras ritualísticas passivo-agressivas enquanto permanecem sentados um diante do outro, trabalhando como assistentes executivos de uma editora. Lucy não consegue entender a abordagem apática, rígida e meticulosa que Joshua adota ao realizar seu trabalho. Ele, por sua vez, vive desorientado com as roupas coloridas de Lucy, suas excentricidades e seu jeitinho Poliana de levar a vida. Diante da possibilidade de uma promoção, os dois travam uma guerra de egos e Lucy não recua quando o jogo final pode lhe custar o trabalho de seus sonhos. Enquanto isso, a tensão entre o casal segue fervendo, e agora a moça se dá conta de que talvez não sinta ódio por Joshua. E talvez ele também não sinta ódio por Lucy. Ou talvez esse seja só mais um jogo.

Lido em: Junho de 2019
Título: O Jogo do Amor "Ódio"
Autora: Sally Thorne
Editora: Universo dos Livros
Gênero: Romance
Ano: 2017
Páginas: 400
Adicione no Skoob | Compre: Amazon

Encontre-me

Posts relacionados

2 comentários

  1. Amei esse seu texto, realmente é um dos melhores blog que estou acompanhando. Suas postagens são excelente! Parabéns!

    Já até salvei em meus blogs favoritos ❤️..

    Meu Blog: Caruaru da Sorte Resultado

    ResponderExcluir
  2. Oi Mara.

    Adoro história com uma pitada de clichê bem construido e cheia de amor. Pela sua resenha o livro parece ser uma leitura bem divertida e com certeza será muito bem vinda na minha meta de leitura. Obrigada pela dica.

    Bjos
    https://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com/

    ResponderExcluir