Resenha: Anne de Green Gables

Oi, Leitores!!!

Quando vi essa edição da Autêntica, fiquei tão apaixonada que foi difícil não desejar este livro para mim. Mas o que eu não esperava mesmo é que eu me apaixonaria tanto por essa história.
Muitas pessoas já conhecem a Anne devido a série da Netflix, então se você assistiu a série, mas não leu o livro, aviso: LEIA, vale mesmo a pena.

Anne é uma órfã e vive em um orfanato, seu coração se enche de alegria e esperança quando descobre que será adotada. Quando ela chega em Avonlea e conhece Green Gables, não poderia se sentir mais grata a Deus. Além de Matthew Cuthbert, com quem ela se deu bem de cara e já o considera uma alma irmã.

Porém, toda a sua felicidade vai por água abaixo quando descobre que os irmãos Cuthbert queriam mesmo um menino. Marilla até tenta desfazer o engano, mas mesmo sem admitir, ela já havia se encantado pela garotinha.
- Vou dizer uma coisa sobre essa criança - Marilla falou, quando Anne já tinha ido para seu quarto. - Ela não é egoísta. Fico contente com isso, pois, de todos os defeitos, o que mais detesto em uma pessoa é o egoísmo. Céus, tem só três semanas que ela chegou e parece que sempre esteve aqui. Não consigo imaginar este lugar sem ela.
A chegada de Anne não irá transformar apenas a vida dela e dos Cuthbert, mas sim de todos aqueles de Avonlea que cruzarem os seus caminhos com os dela.

Anne não é apenas uma menina faladeira e com uma imaginação sem igual, ela é doce, leal, companheira, dedicada e comprometida. E assim, durante a leitura vemos lições importantes sobre solidariedade, amizade e honestidade.

Durante a leitura, me lembrava de Pollyana, já que Anne tem aquele jeito de ver sempre o lado positivo das coisas, mas existe algo mais nela e acho que é o fato de não negar a realidade e por lutar para conquistar o seu lugar no mundo.

Esse é o tipo de leitura que aquece seu coração,  me emocionei demais em diversas partes, me diverti muito em tantas outras e derramei algumas lágrimas nas partes finais.

Assim que conclui a leitura, corri para ver a série na Netflix e estou louca para ler os próximos livros para saber mais sobre a Anne.


E este livro entrou no hall dos favoritos de 2019.

Quando os irmãos Marilla e Matthew Cuthbert, de Green Gables, na Prince Edward Island, no Canadá, decidem adotar um órfão para ajudá-los nos trabalhos da fazenda, não estão preparados para o “erro” que mudará suas vidas: Anne Shirley, uma menina ruiva de 11 anos, acaba sendo enviada, por engano, pelo orfanato.
Apesar do acontecimento inesperado, a natureza expansiva, sempre de bem com a vida, a curiosidade, a imaginação peculiar e a tagarelice da menina conquistam rapidamente os relutantes pais adotivos. O espírito combativo e questionador de Anne logo atrai o interesse das pessoas do lugar – e muitos problemas também.
No entanto, Anne era uma espécie de Pollyanna, e sua capacidade de ver sempre o lado bonito e positivo de tudo, seu amor pela vida, pela natureza, pelos livros conquista a todos, e ela acaba sendo “adotada” também pela comunidade.
Publicada pela primeira vez em 1908, esta história deliciosa, que ilustra valores fundamentais como a ética, a solidariedade, a honestidade e a importância do trabalho e da amizade, teve numerosas edições, já tendo vendido mais de 50 milhões de cópias em todo o mundo. Foi traduzida para mais de 20 idiomas e adaptada para o teatro e o cinema.


Lido em: Dezembro de 2018
Título: Anne de Green Gables
Autora: L M Montgomery
Editora: Autêntica
Gênero: Infantojuvenil / Ficção / Jovem adulto / Literatura Estrangeira
Ano: 2019
Páginas: 320
Adicione no Skoob | Compre: Amazon
*Livro cedido pela Editora em parceria*


Encontre-me

Posts relacionados

6 comentários

  1. Oi Mara,
    só conheci Anne por causa da Netflix, sói algum tempo depois descobri que era uma adaptação kkkk, mas mesmo assim não vi a série e nem procurei saber dos livros e bom, lendo sua resenha me arrependi de tal decisão, a história de Anne pare ser bem gostosa de ler/acompanhar, assim que tiver oportunidade eu vou conferir ao menos a serie.

    Beijos!
    Eita Já Li

    ResponderExcluir
  2. Oi Mara!
    Eu ainda não li e nem assisti na Netflix, mas escuto muitos comentários sobre o livro, eu anotei sua dica, vou procurar o livro para ler, é tão bom quando o livro nos trás emoções. Parabéns pela resenha, obrigado pela dica, bjs!

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia essa edição só a coleção da editora Pedra azul.
    Todos elogiam essa série e pretendo ver e ler um dia, mas ainda não tive oportunidade. Amei conferir um pouco do seu encantamento pela história. Achei interessante a diferença dela para a famosa Pollyana.

    ResponderExcluir
  4. Olá..
    Adorei a sua resenha!
    Ainda não conhecia a obra em questão, mas pelos seus comentários pude perceber que com certeza é um livro que me agradaria. A premissa é bem legal e, é claro, já anotei a sua dica!
    Bjo

    http://coisasdediane.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Oi Mara.

    Eu não conhecia essa versão da Autêntica apenas da editora Pedra Azul. Eu ainda não tive a chance de assistir a série, mas pela sua resenha eu fiquei curiosa para lê -lo. Vou adicionar o livro na lista de desejados e vou aproveitar as férias de Janeiro para assistir a série.

    Bjos

    ResponderExcluir
  6. Eu tô encantada por essa edição! Ainda não tive oportunidade de ler a obra, mas eu amo a série e só pelo o que você comentou, sem dúvidas fiquei totalmente curiosa para dar essa chance. Quem sabe após finalizar, eu pegue esse livro?! Ainda mais nessa versão linda.

    Beijos,
    Blog PS Amo Leitura

    ResponderExcluir